RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

sábado, 17 de junho de 2017

VEREADOR É ACUSADO DE AGRESSÃO DURANTE VIAGEM.

A pequena cidade de Piraí, berço político do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) e com pouco menos de 22 mil eleitores, ficou em polvorosa com o escândalo protagonizado por um de seus mais conhecidos políticos durante uma viagem oficial a Brasília.
Depois de participar da Marcha dos Vereadores, Paulo César Leandro Simplício, conhecido como Cesinha (PDT), se envolveu em um baita quiprocó no Hotel Brasília Imperial e voltou para casa acusado de agredir uma moça contratada para ajudá-lo a relaxar depois dos compromissos.
Na ocorrência registrada na 5ª DP do Distrito Federal, consta que a vítima tinha lesões no rosto e no braço esquerdo, e realizou exame de corpo de delito no dia 28 de abril.
Só que a notícia rapidamente se espalhou pelas redes sociais com imagens e denúncias da moça, causando um reboliço na cidade. Pela internet, ela também citou os nomes de Juninho Rocha (DEM) e Flavio Banana (PTdoB), mas os dois não aparecem na queixa registrada.
Cobrado pela população e diante de uma plateia maior do que o normal na sessão desta terça-feira (2), Cesinha foi ao plenário para se defender, dizendo que "acabando os compromissos, eu sou cidadão".
Ele ainda tratou do caso como "uma coisa indesejada no caminho", e afirmou que o ocorrido teria sido bem diferente da história divulgada.
"Não vou ser capacho de ninguém para as pessoas tentarem passar por cima de mim", terminou o nobre.
A Câmara Municipal de Piraí também se pronunciou sobre o assunto, em uma nota lida pelo 1º secretário, Ricardo Campos Passos. Leia a íntegra:
"A Câmara Municipal de Piraí vem a público, por meio desta nota, esclarecer sua posição em relação aos fatos veiculados em redes sociais sobre o episódio envolvendo um vereador desta casa legislativa. Primeiramente, vale ressaltar que os vereadores se deslocaram para Brasília no intuito de participar da 15ª Marcha dos Vereadores, evento este que conta com a participação de mais de dois mil vereadores de todo o país, no qual são ministradas palestras por ministros do STF, ministros de Estado, juízes, e demais autoridades competentes dentro das matérias explanadas. Todavia, os fatos que circulam nas redes sociais, os quais deverão ser apurados pela autoridade competente, supostamente teriam ocorrido fora do horário em que os vereadores exerciam suas atividades e prerrogativas parlamentares. Ou seja, estavam na condição de cidadãos, como quaisquer outros. Desta forma, a Câmara Municipal de Piraí, além de não ter sido questionada por nenhum órgão externo, não nos cabe discutir qualquer ato da vida pessoal de qualquer cidadão. Comprometidos com a verdade e a ética, que sempre pautou nossa linha de procedimento, tenha a certeza de que a credibilidade desta casa de leis não ficará manchada, pois a nossa filosofia de trabalho sempre foi pautada na verdade e na ética."

Fonte: Aline Macedo - Extra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.