RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

ENTREVISTA: JÓRIO CÉSAR FOI ELEITO COM 401 VOTOS E SEGUNDO COMENTÁRIOS É UM DOS HERDEIROS POLÍTICOS DE NICODEMOS FERREIRA.

401 VOTOS, SENDO O MAIS VOTADO O CREDENCIA PARA O EXECUTIVO, EM BREVE?
Não. Sou vereador. Apenas isso. Meu objetivo no momento é defender o mandato que a população me credenciou. Credibilidade é um ponto que todo político que sonha com um futuro maior, tem  dever de ter e isso é o que fez a diferença em 2008 e também hoje, diante da parceria que há entre mim e o povo. Gozo da confiança deste povo. Seja da zona rural ou urbana. E estou para servi-lo. Foi para isso que elegeram-me.                                                                                                                  

Não posso colocar a carroça na frente dos bois. Tudo tem seu tempo. O povo é quem julga.

A SITUAÇÃO PERDEU UMA PEÇA, AO VER DO BLOG, CRUCIAL PARA A SUCESSÃO 2012. QUAL O GRAU EM QUE A VEREADORA LÍVIA FAZ FALTA, JÁ QUE FOI DO BLOCO GOVERNISTA?
Um só eleitor faz muita falta. Dirá um vereador. Lívia tem seus méritos e isso é inquestionável. Mas será que não houve prejuízos políticos maiores para ela, em deixar quem ajudou-a a eleger-se?  Cada pleito é uma história e essa resposta saberemos em 2012. Como disse, o povo julga. Não a venho como crucial ou fundamental. Seria bom tê-la como companheira de ala, mas caso não seja possível, como o desenho político do momento leva à crer, não será um fator decisivo.

SEGUNDO A VEREADORA LÍVIA, O DESCASO ADMINISTRATIVO E O NÃO APOIO AOS CANDIDATOS DO PT A NÍVEL DE MUNICÍPIO, FOI O QUE CONTRIBUIU PARA O ROMPIMENTO. QUAL A VERSÃO DA SITUAÇÃO?
Não creio que tenha sido este motivo. Talvez a pretensão da vereadora Lívia seja maior do que ela é merecedora no momento. Reconheço seu trabalho, sua dignidade, mas está cedo para o que na verdade é o interesse dela.                                                                                                                

Com relação ao citado descaso administrativo, que na entrevista concedida por ela a ete blog, foi tratado como incoerência, eu não concordo. Participo da administração e vejo que é feito o que é possível e até o impossível para atender os anseios e necessidades dos nossos munícipes.        Herdamos uma cidade que em termos administrativos estava notoriamente "quebrada e individada". Mais de três anos sem ser digna de receber nenhum convênio, devida a inadimplência cometida pelos administradores passados. Todos estes descasos interferiu e ainda interfere na nossa administração. Hoje, Rafael Fernandes tem empenhada e sendo já liberadas mais de 5 milhões em obras, como exemplo: abastecimento d'água para a zona rural; passagens molhadas; construção de uma checre; poços artesianos em toda zona rural; 40 casas populares; urbanização e arborização da Avenida Egídio Chagas, que no momento, pela má administração do antecessor é vista por todos com um verdadeiro abandono, dificultando nossa imagem diante dos visitantes.                           

Isso é o que já está empenhado e sendo liberado, incluíndo neste motante o que já está sendo feito. Então, não pode-se dizer que há descasos na administração. O que há são dificuldades administrativas causadas pelo que narrei anteriormente.
MAS A AUSÊNCIA DO PREFEITO NICO JÚNIOR NO MUNÍCIPIO É NOTORIAMENTE A MAIOR CAUSA DE RECLAMAÇÕES. O QUE VOCÊ TEM A DIZER SOBRE ISSO?
Na verdade, reconheço que a distância do prefeito da cidade é sentida pela população. Mas Nico Jr. viaja com o intuito de trazer melhorias para o nosso município. Também tem o fato de ser universitário em Direito e ele tem um futuro pela frente. Não será prefeito o resto da vida. Mas nem por isso a cidade fica sem administrador. Temos uma equipe que trabalha para suprir as necessidades do nosso povo e as responsabilidades do município.

MAS VOCÊ É VISTO COMO UMA ESPÉCIE DE "PRIMEIRO-MINISTRO" EM RAFAEL FERNANDES. AQUELE QUE TEM ACESSO A TUDO COM MAIORES FACILIDADES. ISSO LHE AJUDA DE QUE FORMA?
Sinto-me lisonjeado com este termo. Primeiro-Ministro, nem tanto. O que sou em termos políticos, devo ao povo, não só aqueles que votaram em mim, mas todos que de uma forma ou outra contribuIram para esse meu primeiro mandato. Mandato esse que teve a votação recorde em Rafael Fernandes. O que tenho é responsabilidade, coisa que trouxe de berço, não necessitei programar-me para isso. Colaboro com o município não só como legislador, mas também como um cidadão que tem a preocupação de ver sua cidade no rumo do desenvolvimento de forma transparente.

O PODER LEGISLATIVO DE RAFAEL FERNANDES PODE SER VISTO DE QUE FORMA POR VOCÊ?
Um descaso. Esse é o adjetivo que melhor se adequa a Câmara de Vereadores do município. Elegemos por duas vezes presidentes que não tiveram o interesse de empregar a democracia naquela Casa. A desorganização no primeiro biênio foi uma constante. Dois anos de descaso administrativo.                                                                                                                                 

Neste segundo, a perseguição é o carro-chefe. Me sinto decepcionado e até envergonhado de integrar uma Casa que impera o autoritarismo, a arrogância e a prepotência. Debate entre os vereadores, não existe. As decisões são compactuadas dentro de quatro paredes, especificamente na sala da presidência, quando na verdade o plenário Antônio Justino de Oliveira seria o palco ideal. Fomos eleitos pelo povo e para legislar em prol do povo. Não em prol de poucos que integram a Câmara de Vereadores.                                         
Por que nenhum projeto vindo do executivo é aprovado? Mesmo sendo de grande interesse da população, vetam sumariamente. O povo de Rafael Fernandes tem que ir as sessões para coibir atos desta natureza. Cobrar de seus representantes posturas dignas de quem na verdade é seu porta-voz.

O QUE VOCÊ ESPERA DE GUSTAVO FERNANDES PARA ESTE ANO, NO TOCANTE A VERBAS QUE POSSIBILITEM MELHORIAS PARA O POVO DE RAFAEL?
Como citei anteriormente, dentre esses 5 milhões de obras, parte é fruto do trabalho do deputado Gustavo Fernandes. Mas eu não posso deixar de frisar que o deputado federal Henrique Alves tem uma parcela mais considerada, assim como de Garibaldi Alves, atual ministro de Dilma que em muito colabora conosco na busca incansável por obras. Mas pertinente a pergunta, Gustavo tem postado-se com inteiro desprendimento e sua atenção, sua simplicidade é o que faz a diferença. Sei que o que puder ser feito por ele, Rafael Fernandes estará bem assistido.

DE FORMA RÁPIDA, FAÇA UMA SINOPSE À CERCA DESTES NOMES:
ANTÔNIO FILHO: Muito coragoso. Trabalhador. Vem de uma família numerosa e é importante para o contexto político de nosso município.

MÁRIO DE OLIVEIRA: Um cidadão de bem, mas na política deixou muito à desejar pela falta de responsabilidade para com o município.

LÍVIA DO PT: Uma jovem de responsabilidade, inteligente. Mas o momento de galgar graus maiores não é esse. Está indo com "muita sede ao pote".

NICODEMOS: Baluarte. Melhor adjetivo não há. O velho Nicodemos é uma rocha, aliás, a rocha da política de Rafael Fernandes. Igual a ele, dificilmente haverá outro em Rafael. Nenhum político, hoje, tem a audácia e a coragem que Nicodemos teve. Está velho e seus discípulos políticos que quiserem ter em sua biografia um terço de quem é Nicodemos Anastácio, terá que se desdobrar. Nossa cidade sentirá falta, um dia, de homens da grandeza de Nicodemos.

NICOLAS: Um jovem de bom caráter, boas ideias. Já teve propostas para crescer na política, mas deixou passar. Por ter uma família numerosa, pode ser que resurga para a política.

VANDILSON: Admiro a pessoa de Vandilson. Sua simplicidade e humildade são características que o dignifica. Mas foi candidato numa hora errada, pela ala errada. Foi programado para perder uma eleição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.