RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

PROFESSOR DA USP ELOGIA DITADURA E CHAMA UNIÕES HOMOAFETIVAS DE "ABERRAÇÕES".

Um professor da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP) divulgou nesta segunda-feira, 25, texto aos alunos de graduação em que defende a ditadura militar no Brasil e critica uniões homoafetivas. O material foi alvo de protestos por parte dos estudantes. A direção da faculdade também repudiou a manifestação de preconceito.
Eduardo Lobo Botelho Gualazzi distribuiu uma mensagem de doze páginas aos estudantes na aula inaugural da disciplina optativa de Direito Administrativo Interdisciplinar. Gualazzi menciona que a disciplina foi criada por ele em 2014 e, na segunda página do documento, faz referência a um episódio daquele ano.
“Parece-me necessário, conveniente e oportuno tecer referência a minha aula Continência a 1964, de 31 de março de 2014”, escreveu. “Mais uma vez, afirmo, reafirmo e reitero o inteiro teor de minha aula Continência a 1964”, disse.
À época, a aula em questão, em que o professor defendia a ditadura militar, motivou um protesto de estudantes dentro de sala de aula. Com capuzes pretos e camisas manchadas de vermelho, em alusão à violência durante o regime militar, os alunos invadiram a classe.
Na mensagem distribuída aos estudantes nesta segunda, Gualazzi cita ainda uma série de características pessoais: aristocratismo, burguesismo, capitalismo, direitismo, euro-brasilidade, família, individualismo, liberalismo, música erudita, pan-americanismo, propriedade privada e tradição judaico-cristã.
No tópico em que discorre sobre a família, o professor diz que “não é família, mas apenas aberração” agrupamentos discrepantes do que considera “padrão ideal de família conjugal”, constituído pela união de um homem com uma mulher “da mesma etnia”.
Na parte em que se refere ao “burguesismo”, ele destaca que tal característica exclui “aquela eterna minoria de submundo que se recusa a trabalhar e produzir qualquer bem, material ou imaterial”. Segundo ele, “tal minoria é a escrófula da sociedade”.
O texto causou reação entre os estudantes. Em nota, o Centro Acadêmico XI de Agosto, que representa alunos da Faculdade de Direito, repudiou o material. “(Eduardo Gualazzi) reafirma o discurso de ódio à população LGBT brasileira, com ideias ultrapassadas”, escreveu o grupo, que também lembrou a “perseguição, tortura e morte de diversos brasileiros” durante a ditadura.
LEIA MATÉRIA COMPLETA AQUI

Fonte: Estadão Conteúdo/IstoÉ
Foto: Reprodução You Tube

APÓS POLÊMICA SOBRE HINO, ALUNOS CONFRONTAM MEC: 455 DAS ESCOLAS NEM SEQUER TÊM BIBLIOTECA.

Problemas reais batem à porta do ministro Vélez, que, após dois meses de gestão, não mostra metas claras para pasta; muito criticado, ele desistiu de pedir que estudantes sejam filmados.

A carta do ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, recomendando, na última segunda-feira, que as escolas enviassem vídeos de alunos perfilados durante a execução do Hino Nacional, teve efeito inusitado. E acabou escancarando para o novo frequentador da Esplanada dos Ministérios a realidade das instituições de ensino brasileiras. Em reação à orientação, estudantes de todo país começaram a se organizar para enviar a Brasília gravações revelando mazelas cotidianas, da estrutura precária dos colégios aos baixos salários dos professores.
Depois de toda a polêmica, em explicação ao Ministério Público Federal (MPF), o MEC afirmou, na noite de quarta-feira, dia 27, que remeterá novo ofício às escolas, desta vez desistindo do pedido inicial “por questões técnicas e de segurança”.
42% dos colégios sem banda larga
A insatisfação dos alunos é revelada em matizes claras nos dados compilados pelo próprio governo: quase 45% das escolas de ensino fundamental não têm biblioteca, 42% não contam com banda larga. Cerca de 4% nem sequer possuem banheiros, segundo números do Censo Escolar 2018. Nas escolas de ensino médio, a situação é um pouco melhor.
Presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), Pedro Gorki lançou a campanha #MinhaEscolaDeVerdade, que incentiva alunos e professores a filmarem as condições degradantes de seus colégios.
— Há um sucateamento crescente da rede pública. Faltam quadras, bibliotecas, salários— critica. — Diante da falta de recursos, os docentes levam papel higiênico para as escolas.
No Ciep Aarão Steinbruch, em Duque de Caxias, uma aluna conta que os professores fizeram vaquinha para a reforma dos banheiros:
— Tudo bem cantar o Hino, mas os problemas precisam ser resolvidos. Não temos bebedouro adequado, levamos água de casa.
LEIA MATÉRIA COMPLETA AQUI

Fonte: Paula Ferreira e Renato Grandelle/O Globo
Foto: Fabiano Rocha/Agência O Globo

MPC ENCONTRA INDÍCIOS FORTES DE EXCESSO DE COMISSIONADOS NAS ENTIDADES DE ADMINISTRAÇÃO INDIRETA DO RN

O Ministério Público de Contas, por meio da Procuradora Luciana Ribeiro Campos, além de constatar fortes indícios de desequilíbrio econômico financeiro do Instituto de Gestão de Águas do Rio Grande do Norte, também verificou, salvo provas em sentido contrário, a existência de graves indicativos de irregularidades em seu quadro de pessoal que, entre 2013 a 2018, foi composto quase exclusivamente por servidores comissionados, o que pode representar um gasto anual de mais de 500 mil reais aos cofres públicos.
Ocorre que a contratação de servidores comissionados, que possui caráter provisório e não obedece a avaliações de mérito mediante concurso público, deve ser tida como uma excepcionalidade pelo Poder Público, além de se destinar apenas às atribuições de direção, chefia e assessoramento, sendo descabida em todas as demais hipóteses.

LEIA MATÉRIA COMPLETA AQUI 

Fonte: Ministério Público  de Contas

GOVERNADOR DIX SEPT ROSADO: MARCELO NEVES, SECRETÁRIO DE TURISMO, JUVENTUDE E DESPORTO, É ENTREVISTADO PELO RN POLITICA EM DIA.. E O TEMA É CARNAVAL.

GOVERNADOR DIX SEPT ROSADO TEM SE PREPARADO DESTE DEZEMBRO, PARA FAZER O MELHOR CARNAVAL DE TODOS OS TEMPOS.


SECRETÁRIO, QUAIS OS TEMAS QUE O CARNAVAL DE GOVERNADOR DIX SEPT ROSADO TRARÁ, NESTE ANO?
Este ano, tivemos o concurso de Rei e Rainha do carnaval. Resgatamos o que em todo o brasil é tradição. Elegemos o Rei Momo e a Rainha do carnaval 2019 e nomeamos nossos festejos carnavalescos como "AQUI É SÓ ALEGRIA". Buscamos fazer com que, todos os nossos munícipes possam brincar e celebrar o carnaval, com harmonia, paz e tranquilidade.

GOVERNADOR DIX SEPT ROSADO TEM MUITOS BLOCOS CARNAVALESCOS. ISSO SERÁ O DIFERENCIAL ESTE ANO?
O diferencial será todo o conjunto. A integração de todos os blocos dixseptienses é que dará o charme, a elegância e o estilo do povo. Temos 22 blocos de carnaval, onde todas as classes sociais se encontram e comungam do mesmo propósito, que é fazer da festa de Momo, o maior de todos os tempos. A nossa secretaria de Turismo, Cultura e Desportos, está fazendo de tudo, para que seja o sucesso que almejamos.

QUANTO A ORNAMENTAÇÃO E PROGRAMAÇÃO, HÁ A COLABORAÇÃO DE OUTRAS PASTAS, NA QUESTÃO DE TORNAR ESTE, O MELHOR CARNAVAL DOS ÚLTIMOS ANOS?
A administração do prefeito Antônio Bolota, é fundamentada em uma união muito grande. Somos coesa, em busca de melhor gerir o município de Governador Dix Sept Rosado. Assim, não tem como fazer um evento desta envergadura, somente com a responsabilidade da secretaria de Turismo, Cultura e Desportos. Todas as pastas, estão engajadas nos trabalhos pertinentes a este carnaval. A sintonia é a dinâmica do governo municipal de nossa terra. E é por isso, que estamos colhendo os frutos diariamente. Governador Dix Sept Rosado, em muito breve, estará no lugar que nunca deveria ter saído. O lugar de destaque que merece. E essa retomada do crescimento, do progresso, somente está sendo possível, graças a excelente comunicação que temos entre os auxiliares em todos os setores, do prefeito Antônio Bolota.

ENTÃO NÃO HÁ O QUE DUVIDAR, QUE TEREMOS UM GRANDE PÚBLICO NO CARNAVAL DIXSEPTIENSE?
Nossa expectativa é a melhor possível. Nossa programação está bastante diversificada e isso também compreende como ponto positivo, para o sucesso que esperamos. Afinal, são 12 bandas, nos quatro dias de carnaval. A segurança também é uma das grandes preocupações do nosso trabalho, para garantir ao folião de nossa terra e os visitantes,o melhor em termos de tranquilidade e paz.

QUAL O APARATO DE SEGURANÇA QUE O GOVERNO MUNICIPAL OFERECERÁ?
Teremos o acréscimo de 30 policiais militares. Na nossa cidade, dispomos de sete PM's, diariamente. Destarte, contaremos no período carnavalesco, com 37 policiais militares. Além de que, contratamos 25 seguranças particulares, que darão o apoio necessário. Contamos também com os cinco guardas municipais, que somado a todo este aparato, teremos 67 profissionais na área de segurança, com um só objetivo: manter a paz e a ordem em nossa cidade, neste período.

NA QUINTA-FEIRA, JÁ TEREMOS O PONTA PÉ INICIAL DOS FESTEJOS DE MOMO, COM A REALIZAÇÃO DO BAILE DO IDOSO. QUAL A IMPORTÂNCIA DESTE EVENTO INICIAL.
É um enlace social de grande valia. Os idosos, que são muito bem assistidos pelos programas sociais de assistência a terceira idade, rotineiramente participam de evento alusivo aos festejos que temos anualmente. e no carnaval, não tinha por que ser diferente. O Baile do Idoso, mostra a nossa preocupação com essa classe que tanto nos orgulha. É a questão da inclusão social. A secretaria de Assistência Social tem feito um trabalho primoroso com os idosos de nossa terra. É dever de qualquer governo, valorizar estes verdeiros exemplos de dignidade e de amor.

A CULTURA PASSANDO PELO RESGATE DOS EVENTOS CARNAVALESCO TÊM SIDO MANTIDO PELA ADMINISTRAÇÃO ANTÔNIO BOLOTA. VALOROSA IDEIA, QUE RATIFICA O RESPEITO POR TODAS AS CAMADAS DA SOCIEDADE DO MUNICÍPIO. COMO VOCÊ VER ESSA QUESTÃO?
É difícil fazer uma explanação para tudo que tem sido feito em Governador Dix Sept Rosado. Sabemos que muito ainda tem por fazer. Porém, no que tange a questão da cultura, asseguro que nossa administração tem concretizado, por meio de muito planejamento, todas as ações que já existiam e alavancando outras tantas que foram esquecidas nas gestões passadas. E nossa populaçõa pode ser certeza, que no que depender do prefeito Antônio Bolota e de nós, secretários, faremos de tudo para avivar nossa cultura, sempre. 

QUAL A MENSAGEM QUE O SECRETÁRIO DE TURISMO, CULTURA E DESPORTOS DEIXA AOS FOLIÕES DIXSEPTIENSES E DE OUTRAS CIDADES QUE VIRÃO BRINCAR O CARNAVAL EM GOVERNADOR DIX SEPT ROSADO?
Um dos maiores receios do povo, nos dias atuais, é quanto a segurança. Pois bem, nesse quesito, como falei acima, providenciamos para que essa questão seja suprida da melhor forma possível. A programação, eclética, diversificada, abrangerá todos os estilos, todos os gostos. E quanto a hospitalidade, isso é mais do que conhecido por todos, que nós, dixseptienses, somos anfitriões acima de tudo. Desejo uma boa festa e que todos brinquem em paz, com respeito ao diferente, com a certeza de que preparamos tudo com muito carinho para todos. Sejam filhos da terra, sejam "filhos postiços", Governador Dix Sept Rosado os abraçará por igual.

ALMINO AFONSO: PRESIDENTE DA CÂMARA ENVIA AO BLOG POSTAGEM DE FACEBOOK DETONANDO ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL.

O presidente do legislativo da cidade de Almino Afonso, José Alves Pontes Júnior, "Júnior de Mourão", enviou ao blog postagem como supostamente de uma jovem do município, onde críticas é o que não faltam. 
Na postagem, a jovem citaria que por duas semanas os alunos de algumas comunidades rurais estão indo a escola de pé, por está os ônibus escolares, sem pneus e sem bateria. A jovem afirma que é pretexto."Foram quase dois meses de férias, viram que esse ônibus estava nesse estado e não mandaram consertar? Cadê o dinheiro que vem para o conserto dos ônibus?" Pergunta a jovem.
Em contato com o presidente da Câmara, Júnior de Mourão, ouvimos algo que nos deixa pensativos, se verdadeiramente seria esse o cenário: "Nenhuma cidade se sustenta por muito tempo, com uma administração pífia e descompromissada como a gestão atual. Nossa cidade pede por socorro imediato. Ou se muda a forma de administrar ou o próximo gestor encontrar Almino Afonso na UTI, respirando por aparelhos", disse o chefe do legislativo municipal de Almino Afonso.
Júnior de Mourão foi eleito com quase 15% dos votos válidos em 2016, sendo o mais votado. Cresceu em votação entre os pleitos 2012 e 2016, mais de 30% no número de votos. Com a palavra, a gestão municipal.

E-MAIL DE BANCO SUIÇO DIZ QUE CLIENTE PEDIU CARTÃO PARA ALOYSIO NUNES.

E-mails do banco Bordier & Cie, de Genebra, revelam que o ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza teria encomendado um cartão para o ex-ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes (PSDB). De acordo com a troca de mensagens entre funcionários da instituição financeira, a pedido do "cliente", o cartão, que foi carregado com 10 mil euros, deveria ter sido enviado ao tucano, mas não colocado em seu nome.
As trocas de mensagens fazem parte dos documentos obtidos pela força-tarefa da Lava Jato em cooperação internacional com bancos Suíços. Vieira de Souza foi preso na fase de número 60 da operação, batizada de Ad Infinitum, apontado como suposto operador de políticos do PSDB e também da Odebrecht na geração de dinheiro para seu departamento de propina.
Os documentos em nome da offshore Grupo Nantes revelam que Vieira de Souza chegou a ter a cifra de R$ 130 milhões na Suíça. Boa parte dos papéis está em nome do ex-diretor da Dersa apontado como operador tucano. Pagamentos a esta conta teriam vindo das empreiteiras Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa e Odebrecht. Investigadores querem saber se outros políticos teriam sido beneficiários de 11 cartões emitidos pelas contas de Vieira de Souza.
Um dos cartões emitidos teria Aloysio Nunes como seu beneficiário - ele foi alvo de buscas e apreensões. O documento foi emitido em 2007, quando o tucano era chefe da Casa Civil do governo José Serra (PSDB), em São Paulo. O cartão, de acordo com as informações do banco suíço, foi enviado ao hotel Majestic, em Barcelona, e recebeu crédito de 10 mil euros.
Além do documento que mostra a emissão do cartão e seu envio a Barcelona, trocas de e-mails também indicam para a entrega do cartão a Aloysio, a pedido de Paulo Vieira de Souza.
Defesas
A reportagem entrou em contato com a defesa do ex-ministro. O espaço está aberto para manifestação. No dia 19 de fevereiro, quando foi deflagrada a Ad Infinitum, Aloysio Nunes disse que ainda "não teve acesso às informações" da investigação que fazem parte da fase 60 da Lava Jato.
Segundo o tucano, o delegado da Polícia Federal que conduziu as buscas em sua residência "foi muito cortês" mas não revelou a ele os motivos da diligência. "O inquérito está em segredo, eu estou buscando saber o que há."
Aloysio Nunes negou ter recebido cartão de crédito da conta do operador do PSDB Paulo Vieira de Souza, preso na Ad Infinitum.
A reportagem entrou em contato com a defesa de Vieira, mas também não obteve resposta. O espaço está aberto para manifestação.

Fonte: Estadão Conteúdo/Jornal do Brasil
Foto: José Cruz/Agência Brasil

EX-PADRE PARTICIPOU DE DESVIO DE R$ 52 MILHÕES ENVOLVENDO A IGREJA.

Wagner Portugal, ex-braço direito de Dom Orani Tempesta, cardeal arcebispo do Rio, vira delator e confessa participação em fraude na Pró-Saúde, uma entidade católica.

O ex-padre Wagner Augusto Portugal foi, durante anos, o braço direito do cardeal arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta. Portugal, que perdeu o direito de usar a batina, agora, é um dos principais colaboradores da Operação S.O.S. — um dos desdobramentos da Lava Jato no Rio. Como delator premiado, ele confessou sua participação em um desvio milionário dos cofres estaduais que envolveram a organização social católica Pró-Saúde, em 2013.
O homem forte da Pró-Saúde, quem chamava Dom Orani de você — muito distante do protocolar “Eminência” reservado aos demais cardeais — e que frequentava a residência oficial do cardeal arcebispo, contou o que sabia aos procuradores do Ministério Público.
A investigação corria em segredo, até o ex-governador do estado Sérgio Cabral, em uma nova estratégia da defesa, falou ao juiz Marcelo Bretas: “Não tenho dúvida de que deve ter havido esquema de propina com a OS (organização social) da Igreja Católica, da Pró-Saúde. Não tenho dúvida. O Dom Orani devia ter interesse nisso, com todo respeito ao Dom Orani, mas ele tinha interesse nisso. Tinha o Dom Paulo, que era padre e tinha interesse nisso. E o Sérgio Côrtes nomeou a pessoa que era o gestor do Hospital São Francisco. Essa Pró-Saúde certamente tinha esquema de recursos que envolvia religiosos. Não tenho a menor dúvida”.
A Pró-Saúde é uma das maiores entidades de gestão de serviços de saúde e administração hospitalares do país. Sediada em São Paulo, a organização encontrou no Rio de Janeiro um local para se desenvolver. Os contratos com a administração fluminense chegaram a representar 50% do faturamento nacional da entidade, que cresceu de R$ 750 milhões, em 2013, para R$ 1,5 bilhão, em 2015. Formação de quadrilha; organização criminosa; peculato; lavagem de dinheiro; constrangimento ilegal com emprego de arma de fogo; e corrupção ativa e passiva. Estes são alguns dos crimes apurados pela Operação S.O.S..
ÉPOCA dessa semana, conta, a partir da delação de Wagner Augusto Portugal, como funcionavam os negócios suspeitos da saúde pública do Rio de Janeiro envolvendo a Igreja e o governo do estado.

Fonte: Chico Otavio e Vera Araújo/Época

4º DISTRITO DE POLÍCIA RODOVIÁRIA ESTADUAL EMITE NOTA.

NOTA

O Comando de Policia Rodoviária Estadual- CPRE, através do 4°DPRE com sede em Pau dos Ferros, dará inicio nesta sexta-feira dia 1º de março a diversas ações em virtude do período carnavalesco.
A Operação Carnaval 2019, terá seu início exatamente sábado dia 2 de março, onde serão realizados barreiras fixas e itinerantes, com o foco na preservação de acidentes e maior sensação de segurança local, visando uma maior redução no número de vítimas no trânsito.
Durante a Operação Carnaval, também serão realizadas revistas no interior de veículos e abordagens (busca pessoal), a condutores, passageiros e usuários da via de maneira geral, com o propósito de inibir/coibir a incidência da criminalidade na Região do Alto Oeste potiguar.
O efetivo do 4° DPRE, estará mais presente em algumas cidades do Alto Oeste, estas onde normalmente acontecem as maiores concentrações de foliões. As cidades de Martins, Frutuoso Gomes e Alexandria serão as contempladas para receber esse incremento no Policiamento local.

Pau dos Ferros/RN; 28/02/2019.
Major Brilhante
Comandante do 4°DPRE

Fonte: CB/PM Pimentel (P5) Assecom/4°DPRE


ALEXANDRIA: NO SUPERMERCADO PENHA, ECONOMIA TAMBÉM NOS FESTEJOS CARNAVALESCOS.


Caia na Folia, aproveitando o Carnaval de Preços Baixos no Supermercado Penha, em Alexandria.

BANCADA FEMININA FAZ PRIMEIRA REUNIÃO PARA DEFINIR PAUTA PRIORITÁRIA.

A primeira reunião da bancada feminina do Senado, nesta terça-feira (19), foi o passo inicial que as doze senadoras deram para ocupar mais espaços na Casa, desde a participação nas comissões até a luta por uma pauta de interesse das mulheres. Projetos prontos para a votação no Plenário ou em tramitação serão apresentados como prioridade para o presidente do Senado, Davi Alcolumbre.
Dentro da chamada pauta positiva, a igualdade de gênero aparece como tema importante que a bancada quer ver avançar no Senado.
— Nós vamos priorizar junto com o presidente as lutas das mulheres que muita gente não conhece, projetos que ficam engavetados por muito tempo, porque tem problemas de concepção, de valores de cada um, de ideologias, e a gente quer aplainar essa questão de gênero — explicou a senadora Rose de Freitas (MDB-ES), que participa de sete comissões nesta legislatura.
LEIA MATÉRIA COMPLETA AQUI 

Fonte: Wllana Dantas

JUSTIÇA DETERMINA BLOQUEIOS MENSAIS NA CONTA DO GOVERNO PARA ASSEGURAR RECURSOS DA SEGURANÇA PÚBLICA.

Decisão da 3ª Vara da Fazenda Pública de Natal determinou o bloqueio mensal do valor de R$ 9.539.083,33 da conta única do Estado do Rio Grande do Norte. Os bloqueios deverão ocorrer no dia 20 de cada mês e perdurar até o mês de dezembro de 2019. Os valores serão revertidos para o sistema da segurança pública estadual.
Em caso de descumprimento, foi estabelecida multa pessoal para a governadora Fátima Bezerra e para o secretário de Planejamento, Aldemir Freire, no valor de R$ 20 mil para cada hipótese de descumprimento.
A medida atende pedido de cumprimento provisório de decisão pleiteado pelo Ministério Público Estadual. A decisão, proferida no âmbito da Ação Civil Pública nº 0821032-04.2018.8.20.5001, em tramitação naquela unidade jurisdicional, determina “ao Estado do Rio Grande do Norte que cumpra integralmente com a destinação de recursos públicos para a segurança pública, em conformidade com o que for aprovado na Lei Orçamentária Anual, para o exercício de 2019”.
Segundo o MP, apesar da decisão – mantida na instância recursal com o indeferimento do recurso movido pelo Estado – a governadora do Estado, Fátima Bezerra, de forma superveniente, editou o Decreto Estadual nº 28.708/2019, determinando o contingenciamento de verbas para todos os órgãos da segurança pública estadual.
O Ministério Público argumenta que a medida reduziu em 53,04% o orçamento para os órgãos de segurança pública, saindo de R$ 114.469.000,00 para R$ 53.752,382,75, totalizando uma redução de R$ 60.716.617,25. Para o MP, a medida é desarrazoada e ignora os altos índices de violência e criminalidade imperantes no Estado, cuja notoriedade já é verificada, inclusive, internacionalmente.
Decisão
A determinação proferida na Ação Civil Pública visa salvaguardar direito fundamental constitucionalmente previsto, “de uma atual, patente, contínua e indesejada violação, convolando para o rechaço do Estado de Coisas Inconstitucional no qual vive – e é obrigado a viver – a população potiguar, em função da lesão e da ofensa deliberada do referido direito”.
A decisão adverte ainda que a realização dos direitos e garantias fundamentais não se encontra no âmbito de discricionariedade governamental.

Fonte: Heitor Gregório

CRESCEM NA AMÉRICA LATINA OS LINCHAMENTOS ORGANIZADOS PELAS REDES SOCIAIS

Essa modalidade de agressão, originada por rumores nas redes sociais, está sendo denominada de 'linchamento 2.0'.

Em 19 de outubro de 2015 os irmãos José Abraham e Rey David Copado Molina, estudantes da Cidade do México, estavam na cidade de Ajalpan, no leste do país, fazendo bico como pesquisadores para uma empresa de marketing. Eles percorriam a cidadezinha, com seus formulários, fazendo perguntas. Nessa mesma manhã circulavam pelas redes sociais informações indicando que criminosos haviam tentado sequestrar uma menina em Ajalpan. Subitamente, uma pessoa na rua, ao ver os dois jovens, gritou: “Eles sequestraram a menina!”. As pessoas ao redor concluíram que, se não eram conhecidos da cidade, logo deveriam ser de fora. E, como estavam fazendo “perguntas esquisitas” — sobre o consumo de tortillas —, só poderiam ser os criminosos que haviam sequestrado a criança.
Quando lhes perguntaram o que faziam ali, responderam que eram “encuestadores” (pesquisadores). Alguém gritou: “Estão vendo? Eles admitem que são sequestradores!”. Diversas pessoas começaram a bater nos dois rapazes. A polícia deteve os dois e os levou para a delegacia, onde comprovaram sua real identidade. Enquanto isso, nas redes sociais, a população era convocada, pelo WhastApp, a ir imediatamente até a delegacia linchar os supostos criminosos.
A polícia optou por não liberá-los, já que uma multidão cercava o prédio. A turba invadiu a delegacia, carregou os dois irmãos para fora, espancou-os, cortou-os com “machetes” (peixeiras), jogou-lhes gasolina e ateou-lhes fogo em praça pública. Depois, descobriu-se que a menina sequestrada nem sequer existia. Para analistas, os irmãos foram vítimas colaterais da irritação popular com a impunidade de 98% dos crimes no México.
Essa modalidade de linchamento, originada por rumores nas redes sociais, está sendo denominada de “linchamento 2.0”. O formato está em acelerada expansão na América Latina, região que é terreno fértil para esse estilo de vendetas populares, além de receptiva às chamadas fake news. Uma pesquisa do Barómetro de las Américas feita em 2016 indicou que na América Latina os linchamentos contam com a aprovação de 32,1% da população — o índice no Brasil é de 23,5%.
Os linchamentos 2.0 acontecem em três etapas: 1) as redes sociais são usadas para espalhar rumores sobre pessoas, apontando-as como autoras de supostos crimes; 2) convoca-se o linchamento dos supostos criminosos; 3) após torturar e matar os supostos criminosos, participantes dos linchamentos se ufanam da ação pelas redes sociais, às vezes postando vídeos do assassinato.
Entre 2013 e 2017, o número de linchamentos no México subiu de 40 para 245 casos. Só no primeiro semestre deste ano foram registrados 162 linchamentos e tentativas de linchamento.
Na Colômbia, o aumento dos linchamentos estimulados pelas redes sociais levou a polícia de Bogotá a fazer uma campanha pedindo à população que não confiasse em todas as denúncias que circulam no WhatsApp. Um relatório da universidade Libre aponta que 64% dos bogotanos aprovam a justiça “pelas próprias mãos”. Entre 2014 e 2017 mais de 300 pessoas foram linchadas no país.

Fonte: Ariel Palacios/Época
Foto: Marco Ugarte/AP

OPERAÇÃO CONJUNTA DO MPRN E PM COMBATE FACÇÃO CRIMINOSA QUE AGE DENTRO FORA DE PRESÍDIOS POTIGUARES.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e a Polícia Militar deflagraram nesta quinta-feira (28) a operação Cancão, com o objetivo de combater uma facção criminosa que age dentro e fora de unidades prisionais potiguares. Ao todo, estão sendo cumpridos mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão em 15 municípios.
O nome da operação é referência a uma ave típica do semi-árido nordestino. A ação é fruto de uma investigação iniciada em 2017 para apurar a atuação da organização criminosa principalmente em cidades da região Seridó. As investigações apontam que a principal atuação do grupo é a aquisição, transporte, armazenamento e distribuição de drogas ilícitas na região. Além disso, a facção também é responsável por homicídios, roubos, furtos e lavagem de dinheiro.

Fonte: Política em Foco

CARGA COM 80 MIL LATAS DE CERVEJA ROUBADA É RECUPERADA.

A Polícia Civil recuperou ontem (27) uma carga de aproximadamente 80 mil latas de cerveja – avaliada em torno de R$ 140 mil – que havia sido roubada.
Os produtos foram encontrados em um galpão na cidade de Macaíba. No local estava Bento Cardoso Dantas Filho, de 43 anos, que foi preso em flagrante pelo crime de receptação qualificada. Com o homem, ainda foi encontrada uma pistola calibre 380 e munições, razão pela qual ele também foi autuado pelo crime de porte ilegal de arma de fogo.
O roubo da carga aconteceu no dia 20 de fevereiro, por volta das 6h30, quando o caminhão que realizava o transporte da cerveja foi abordado por dois homens, um deles armado, no posto de gasolina Pinheiro Borges, em Parnamirim.

Fonte: Robson Pires

PROCURADOR CITA POSSÍVEL PECULATO POR BOLSONARO ENVOLVENDO FILHA DE QUEIROZ.

O procurador da República do Distrito Federal Carlos Henrique Martins Lima enviou à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma representação que trata de suposta prática de peculato e improbidade administrativa por Jair Bolsonaro (PSL). A suspeita é de que, quando ainda era deputado federal, o presidente tenha mantido uma funcionária fantasma em seu gabinete na Câmara.
O caso está relacionado à contratação de Nathalia Queiroz, filha de Fabrício de Queiroz, ex-assessor do hoje senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente. Ela era lotada no gabinete de Jair Bolsonaro na Câmara no mesmo período em que trabalhava como personal trainer no Rio de Janeiro, entre dezembro de 2016 a outubro de 2018.
É a primeira vez que o presidente é alvo de um procedimento que pode resultar em investigação formal relacionada ao caso de Queiroz. Como revelou o jornal O Estado de S. Paulo, Nathalia é uma das pessoas citadas no relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) que aponta movimentação financeira atípica na conta do ex-assessor.
Caberá, agora, à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, decidir se dará andamento à investigação. Na representação, o procurador cita o fato de a Constituição estabelecer que o presidente da República "não pode ser responsabilizado por atos estranhos ao exercício de suas funções". Ele pondera, no entanto, que a restrição seria válida apenas para crimes comuns, e nada impediria o presidente de ser investigado e responsabilizado na área cível, como é a improbidade.
"A imunidade restringe-se à ação penal e respectiva responsabilização por atos estranhos ao seu exercício, no curso do mandato", afirma Carlos Lima.
Em outros casos, como um inquérito aberto contra o ex-presidente Michel Temer no caso do "quadrilhão do MDB", cujos fatos atribuídos a ele teriam ocorrido antes do início do mandato, o Supremo Tribunal Federal decidiu que o chefe do Executivo pode ser investigado, mas não responsabilizado. Assim, é possível conduzir toda a apuração - como ouvir testemunhas e recolher provas -, mas a denúncia só poderá ser apresentada após o término do mandato.
O procurador cita o fato de "existir caso similar em apuração criminal" envolvendo outros servidores do gabinete do então deputado Jair Bolsonaro. Ele se refere a Walderice Santos da Conceição, a Wal. Segundo o jornal Folha de S.Paulo, ela recebia salário do gabinete, mas trabalhava numa loja de açaí em Angra dos Reis.
AQUI VOCÊ LER A MATÉRIA COMPLETA

Fonte: Jornal do Brasil
Foto: Alan Santos/PR

PROPOSTAS CONTRA O HOMEM DO CAMPO E IDOSO SÃO RECHAÇADAS.

O deputado federal Walter Alves (MDB-RN) revela atenção no tocanto à tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC 06/2019) – Reforma da Previdência – apresentada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), no último dia 20. De acordo com o parlamentar, a reforma é necessária, mas alguns pontos precisam de mudanças e ampla discussão com a sociedade.
De acordo com o parlamentar, é preciso analisar exaustivamente a proposta apresentada pelo Governo Federal e efetivar mudanças em alguns pontos, como por exemplo, o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e as regras para aposentadoria dos trabalhadores rurais, entre outros.
“É precisa muita cautela. Sabemos que há necessidade da reforma, mas é inadmissível e não vamos acatar a proposta de mudança do BPC para idosos que altera o valor do benefício para apenas R$ 400,00″, afirma.
“Outra questão que precisa ser revista é a relacionada aos trabalhadores rurais. Há muito o que ser discutido com a sociedade. Vamos analisar detalhe por detalhe com muito cuidado”, ponderou Walter Alves.

Fonte: Carlos Santos
Foto: Assessoria

APRESENTADOR COMEMORA ANÚNCIO DE MORTE DE ASSALTANTE.

O apresentador Sikera Junior teve uma atitude polêmica ao comemorar o anúncio da morte de um assaltante em um programa ao vivo na última sexta-feira, 22.
Pouco antes do fim do Cidade em Ação, da TV Arapuan, afiliada da RedeTV! em Campina Grande (PB), Sikera afirmou: “Tem uma notícia boa! Mostramos o bandido que foi baleado e levado pro hospital, né? O que foi que houve, o que aconteceu, Márcio?”
Na sequência, o repórter Márcio Rangel respondeu: “Voltamos a falar ao vivo aqui do hospital de trauma de Campina Grande. A confirmação chegou agora: o acusado do assalto que nós mostramos agora há pouco não resistiu.”
Neste momento, o apresentador dá um grito de exclamação no estúdio, interrompendo o repórter, que, em seguida, complementa: “Morreu antes mesmo de receber o socorro médico”.
“A confirmação é que o assaltante morreu sim, agora há pouco aqui no hospital. Na verdade, ele já chegou aqui em óbito, não chegou nem a ser atendido pela equipe médica. Ele faleceu. O óbito foi confirmado, Sikera”, concluiu.
A imagem retorna para Sikera Junior no estúdio, que pergunta: “Então… Ele morreu?!”. Na sequência, uma música animada começa a ser tocada com a seguinte letra: “Ele morreu! Ele morreu! Problema dele, antes ele do que eu!”.
Fonte: Estadão Conteúdo/IstoÉ


PROJETO AMPLIA CHANCE DO SENADO ACEITAR DENÚNCIA CONTRA MINISTROS DO STF.

O senador Lasier Martins (Pode-RS) protocolou nesta terça-feira (26) projeto de resolução (PRS 11/2019) que regula o recebimento pelo Senado de denúncia contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e o Procurador-Geral da República por crimes de responsabilidade.
A proposta quer acabar com a situação atual que dá ao presidente da Casa a prerrogativa de aceitar ou não a denúncia. Lasier defende a hipótese de que a abertura ou não de processo de impeachment dessas autoridades possa ser partilhada por todos demais senadores.
O PRS 11/2019 fixa 15 dias, após o recebimento da denúncia, para o presidente da Casa se pronunciar sobre o pedido. Após esse prazo, se não houver deliberação, a maioria da Mesa Diretora fica responsável por decidir. A matéria abre ainda a possibilidade de senadores entrarem com recurso contra o despacho da Mesa, levando a discussão para o plenário.
“Se o Senado sabatina e aprova essas autoridades de forma colegiada, por que não deveria opinar sobre o recebimento ou não de denúncias contra elas?”, questiona Lasier. “É importante dar uma resposta aos pedidos de impeachment que ficam parados, por tempo indeterminado, como acontece hoje.

Fonte: Site Senador Lasier Martins

MARCELINO VIEIRA: PAULO CESÁRIO FAZ UM EXCELENTE TRABALHO. ÍNDICE DE VIOLÊNCIA TEM DIMINUÍDO VERTIGINOSAMENTE.

Hoje, 28 de fevereiro, é mais uma prova cabal da eficácia do trabalho desenvolvido pelo delegado de Polícia Civil, Paulo Cesário e seus comandados, no município oestano de Marcelino Vieira. 
E os efeitos têm aparecido nas ações que coloca em prática. A última investida, a PC de Marcelino Vieira, com o apoio da Polícia Militar, cumpriu mandatos de busca e apreensão, contra Antônio David Damião de Carvalho, conhecido como Davi, além de prendê-lo em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Os policiais apreenderam uma pequena quantidade de droga. David Damião também está sendo investigado pela Polícia Civil pelo crime de disparo de arma de fogo, fato ocorrido no mês de dezembro, na cidade de Marcelino Vieira.
Com a prisão de David Damião, os policiais prenderam em flagrante Pedro Alexandre Damião de Queiroz, conhecido como Pedrinho, quando estava com a arma utilizada por Davi para efetuar os disparos. Pedro Alexandre foi autuado pelo crime de posse ilegal de arma de fogo de uso permitido e foi solto após o pagamento da fiança arbitrada pela autoridade policial.
São 10 dez de sossego no município, que caracteriza a atuação sempre constante das forças policiais naquele município.

DELAÇÃO DA OAS ATINGE MAIA E OUTROS 20 POLÍTICOS DE OITO PARTIDOS, VEJA A LISTA.

Executivos da empreiteira OAS que fecharam acordos de delação premiada com a operação Lava Jato afirmaram à Justiça terem pago cerca de R$ 125 milhões em propinas ou doações via caixa dois a 21 políticos de oito partidos, segundo reportagem do jornal O Globo.
De acordo com o jornal, os nomes incluem o atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e outros políticos de peso que ainda estão no Congresso, como o deputado Aécio Neves (PSDB-MG) e os senadores José Serra (PSDB-SP) e Jaques Wagner (PT-BA).
Outros delatados tinham mandato no Legislativo federal até 31 de janeiro deste ano, caso do ex-presidente do Senado Eunício Oliveira (MDB-CE) e dos senadores Edison Lobão (MDB-MA) e Lindbergh Farias (PT-RJ).
A delação dos executivos do grupo foi homologada pelo relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Edson Fachin, em maio do ano passado. As denúncias, segundo O Globo, partiram de oito ex-funcionários da "controladoria de projetos estruturados", um setor interno da OAS que controlava os pagamentos ilegais à semelhança do departamento que a empreiteira Odebrecht confessou manter para essa finalidade.
Os repasses da construtora aos políticos envolveram, segundo a delação revelada pelo jornal, contrapartidas na conquista de contratos para grandes obras, como a usina de Belo Monte, estádios da Copa 2014 e a transposição do rio São Francisco.
Sem foro privilegiado
Caso as delações da empreiteira gerem denúncias e, eventualmente, processos, os deputados e senadores que estão no cargo não deverão ter direito a foro privilegiado
Desde maio, o entendimento do Supremo é de que o foro especial é restrito a crimes cometidos durante o mandato e relacionados ao exercício do cargo. Investigações de crimes comuns anteriores a esse período têm sido mantidos na primeira instância.
Foi o que ocorreu, por exemplo, com as apurações sobre o crescimento patrimonial do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e de suspeitas de candidaturas "laranjas" vinculadas ao Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio (PSL-MG).
Veja a lista de delatados pela OAS, segundo O Globo, e o que os citados responderam ao jornal:
Aécio Neves (PSDB-MG), ex-senador e atual deputado
Delação - Recebimento de caixa dois de R$ 1,2 milhão na campanha à Presidência da República, em 2014 por meio de contrato fictício, além de R$ 3 milhões via doações oficiais, mas classificados como "vantagem indevida". O tucano negou irregularidades e declarou que as doações feitas à campanha do PSDB em 2014 estão devidamente registradas na Justiça Eleitoral.
Edison Lobão (MDB-MA), ex-senador
Delação - Ter recebido propina de R$ 2 milhões por obras na usina de Belo Monte. A defesa de Edison Lobão alega que a OAS faz "citação desprovida de provas e de qualquer outro tipo de indício".
Eduardo Cunha (MDB-RJ), ex-presidente da Câmara
Delação - Ter recebido propina de mais de R$ 29 milhões devido a obras da OAS. A assessoria do ex-deputado disse ao jornal que "essa acusação se trata de fatos requentados e já apurados na operação Sépsis, onde Eduardo Cunha se defende e provará sua inocência".
LEIA AQUI MATÉRIA COMPLETA

Fonte: Rafael Neves/Congresso em Foco
Foto: Najara Araújo

HOMEM É MORTO A TIROS DENTRO DO PRÓPRIO CARRO NO RN.

Um homem foi assassinado dentro do próprio carro no início da tarde desta quarta-feira (27), próximo ao Centro Comercial Aluízio Bezerra (CCAB) Sul, em Capim Macio, na Zona Sul de Natal. Uma mulher, sogra da vítima, que também estava no veículo, foi baleada.
De acordo com a Polícia Militar, Vitor Martins Lima dirigia o automóvel, uma caminhonete Amarok, quando foi abordado pelos criminosos, que se aproximaram atirando. Ainda segundo a PM, depois de atingido, Vitor Lima perdeu o controle do carro e bateu em uma árvore no canteiro central da rua que passa atrás do CCAB.
Os bandidos seguiram o veículo e atiraram mais vezes na direção dele. Em seguida os assassinos fugiram e não foram mais vistos. Ninguém foi preso. O condutor atingido ainda foi socorrido, mas chegou morto ao Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel. A sogra dele foi atingida por uma bala na perna.
A PM informou também que, no momento em que foi alvejado, Vitor saía com a sogra e a esposa dele de um estabelecimento que pertence à família e fica no Centro Comercial.

Fonte: Paulinho Barra Pesada

GOVERNADOR DIX SEPT ROSADO: PREFEITURA ADQUIRE ÁREA PARA CONSTRUÇÃO DE 260 CASAS.

A prefeitura de Governador Dix Sept Rosado, por meio de decreto de desapropriação, adquiriu um terreno que será destinado para a construção de casas populares, pelo valor de R$ 800.000,00 município, com área de 8 hectares.
O prefeito Antonio Freire de Souza Filho, "Antônio Bolota", disse ao blog, qual a importância desta ação e os esforços feitos pelo município para poder atender à esta antiga reivindicação da população local.
"O déficit habitacional da cidade é muito grande e faz muitos anos, que a população clama por moradias populares no município. Em breve, haveremos de colocar em prática, um projeto para angariar recursos, mesmo que seja com recursos próprios, para iniciar a construção destas casas, que serão edificadas paulatinamente. Os moradores que serão beneficiados, ao deixarem de pagar aluguel, fomentarão a economia do município, tendo em vista que terão mais recursos para investir no bem estar da sua família. Seja com uma alimentação melhor, vestuário, renovação de móveis e outras atividades que possam ser dificultadas exatamente pelo compromisso que têm com o pagamento de aluguel. Em síntese, além da moradia própria, outros benefícios serão ganhos por todos aqueles beneficiados", assegurou Antônio Bolota.

"NÃO VOU FAZER SHOW MIDIÁTICO", DIZ JOICE HASSELMANN, NOVA LÍDER DO GOVERNO NO CONGRESSO.

Deputada federal do PSL-SP tem como prioridade aprovar a reforma da Previdência e alegou que não vai 'fugir da raia' caso o partido a escolha para concorrer a eleição municipal de 2020.

Anunciada na terça-feira, 26, como líder do governo no Congresso, a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) negou ter como objetivo "fazer um show midiático". A parlamentar foi apontada como a mais influente nas redes sociais, conforme pesquisa da FSB Pesquisas antecipada pelo Estado.
Em entrevista exclusiva ao Estadão/Broadcast, a deputada disse que tem como meta prioritária agora aprovar a nova Previdência e que deve lutar por outras pautas econômicas que considera positivas, principalmente em relação à reestruturação dos Estados. Ela diz que não está pensando nas próximas eleições, mas que se for dada a ela, pelo PSL, a missão de concorrer à Prefeitura de São Paulo em 2020, "não vai fugir da raia".
Como foi a negociação para que a senhora assumisse o posto de líder do governo no Congresso?
Durante toda a construção do bloco que levou o Rodrigo Maia (DEM-RJ) à Presidência da Câmara, eu participei, junto com meu partido, dessa construção. Deixei muito claro que para nossa agenda econômica, o melhor nome seria o de Maia. Eu trabalhei ativamente pela eleição dele e para trazer o PSL para esse bloco, isolando assim o PT. Uma estratégia importante. Alguns problemas foram aparecendo no meio do caminho e eu fui ali ajudando no desenrolar desses problemas. Também trabalhei ativamente na eleição de Davi Alcolumbre (DEM-AP). Entenderam que eu poderia ser esse nome de consenso, entre eles e o presidente Bolsonaro. O que eles queriam era alguém que pudesse conversar com Senado, Câmara e Presidência.
As críticas ao Major Vitor Hugo (PSL-GO), líder do governo na Câmara, deram força para que a senhora fosse escolhida, já que não é uma prática comum o partido do presidente ter as duas lideranças?
Essa não é uma cota do PSL. Foi uma questão extrapartidária. Quem me escolheu foram dois presidentes de outro partido que me indicaram ao presidente da República, então, ele se sentiu completamente livre para fazer essa escolha.
Você pretende concorrer à prefeitura de São Paulo em 2020?
É muito cedo para falar sobre isso, mas logo que eu fui eleita, com expressiva votação, o presidente do PSL (Luciano Bivar-PE) falou tanto comigo como com a Janaina Paschoal (deputada estadual em SP) e chegou a citar publicamente nossos nomes como possibilidades do PSL para disputar a prefeitura de São Paulo em 2020. Agora, voltou essa especulação, com o João Doria (PSDB) no meio da história. Eu fiz campanha para ele, todo mundo sabe. Mas é cedo para falar e o Doria não tem nada a ver com isso. Se eu for escalada para disputar a prefeitura de São Paulo, eu não fujo da raia não, mas isso não é um plano que está sendo desenhado. Temos de esperar para ver como as coisas se encaminham. Temos de ver o que o povo quer.
LEIA A MATÉRIA COMPLETA AQUI

Fonte: Camila Turtelli, O Estado de S.Paulo
Foto: Dida Sampaio/Estadão