RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

quinta-feira, 31 de maio de 2018

MARTINS: VEREADOR CABECINHA CHEGA A QUESTIONAR QUE RECIBOS POSSAM TER ASSINATURAS FALSAS.

O vereador Francisco Avelino de Carvalho, "Cabecinha", esteve em conversa com o blog rnpoliticaemda, afirmou ter questionado o Ministério Público da Comarca de Martins, no Oeste potiguar, devido o suposto não envio de prestação de contas por parte da prefeitura daquela cidade, ao poder legislativo municipal.
Solicitado foi, a prefeita Olga Fernandes, por parte do MP, explicações sob o tema.
Em 02 de maio, a prefeita Olga Fernandes, enviou ao Ministério Público da Comarca de Martins, ofício 077/2018, atestando que todas as prestações de contas, não somente para o poder legislativo, como para o Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte (TCE/RN), inclusive já tendo encaminha a prestação de contas pertinente ao ano de 2017.
Com isso, o douto representante do Ministério Público, André Nilton Rodrigues de Oliveira, determinou o arquivamento da denúncia, por ter o poder executivo acostado documentos comprovando a entrega das prestações de contas reclamadas pelo vereador. O MP, concedeu na forma da Lei, dez dias para que o vereador Francisco Avelino, "Cabecinha", apresentasse documentos que inviabilizasse o arquivamento, caso fosse esse o interesse.
Ocorre que o vereador Francisco Avelino, com base em supostos documentos assinados pelo ex-presidente Fulgêncio Teixeira Neto (2013/2016) e Clemente Gurgel Neto (2017 até os dias atuais),  em que assegurariam não ter recebido tais prestações de contas, dão margem para que desconfie o parlamentar reclamante, que os recibos apresentados ao MP pela prefeita do município, no tocante ao recebimento das prestações de contas, seja falsificados. Ou seja, crer o edil, que não há veracidade no que diz respeito ao recebimento das citadas prestações de contas. Repito.
Para tanto, ainda com base em afirmação de Francisco Avelino de Carvalho, teria o mesmo apresentado na última sexta-feira, na Promotoria da Comarca martinense, ofício onde levanta tal suspeita.
A suspeita, com tom de acusação levantada pelo parlamentar, deve e tenho certeza que será levada em consideração pelo titular do MP.
Inclusive, no documento citado (ao lado), o parlamentar solicita ao MP que seja adotada providências, com base em sua hipótese levantada.
O parlamentar nos enviou documentação, constando os ofícios assinados pelos ex-presidentes da Câmara de Vereadores de Martins, assim como documentos assinados pela prefeita Olga Fernandes, enviados a Promotoria, em resposta a.
 
Em suma, duas questões são levantadas, diante da postura do parlamentar: quem está com a verdade?
A possibilidade de ser falsos, conforme colocou em dúvida o vereador Francisco Avelino ou deverá a prefeita apresentar contestação em juízo, ao vereador em tela.
Demoro e creio que nenhum chefe de executivo ou auxiliares teriam a audácia para tanto.
Caberá ao Ministério Público de Martins averiguar este caso e tomar, como sei que tomará as medidas cabíveis.



VEREADORES DÃO INÍCIO AO "SEPULTAMENTO" DA CEI DO LIXO.

Em reunião fechada, governistas decidem pelo fim de investigação da limpeza urbana de Mossoró.

A Comissão Especial de Inquérito (CEI) que deveria investigar os contratos de limpeza urbana da Prefeitura de Mossoró se reuniu ontem, às 13h, no gabinete do vereador-presidente Manoel Bezerra de Maria (PRTB).
Na pauta, a proposta o arquivamento da CEI sugerida pelo governista Bezerra na terça-feira (29), através de uma “questão de ordem”. Como testemunha dessa reunião, apenas um assessor da Câmara – responsável pela confecção da ata.
“Sessão secreta”, diga-se.
A tarefa ficou menos desgastante sem plenário nem transmissão da TV Câmara. O arquivamento foi aprovado por 2 x 1.
Manoel Bezerra contou com o apoio de Emílio Ferreira (PSD), outro vereador governista. Alex do Frango (PMB), da oposição e que assinou o pedido para instalação da CEI, foi o voto contra.
A palavra final agora será do plenário da Câmara Municipal em sessão que deve acontecer na terça ou quarta-feira.
LEIA MATÉRIA COMPLETA AQUI

Fonte: Blog do Barreto/Blog Carlos Santos

PREFEITURA DE NATAL EXONERA 182 CARGOS INDICADOS POR VEREADORES E ACENA COM REORDENAMENTO DA BASE DO PREFEITO ÁLVARO DIAS.

E o Diário Oficial do Município pegou fogo neste feriado de Corpus Christi.
Foram 182 exonerações de cargos comissionados em 20 setores da Prefeitura de Natal.
Todos cargos indicados por vereadores, aliados ou não do prefeito Álvaro Dias (MDB).
Alguns dos exonerados disseram ao Blog que foram informados sobre uma “readequação” de cargos, e que o retorno ao trabalho seria rápido.
Mas o que poderá estar por trás de tantas exonerações?
Ponto 1: o prefeito é outro.
Embora tente se impor à Prefeitura de Natal a imagem do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), que renunciou para ser candidato a governador, o prefeito de fato e de direito é Álvaro Dias (MDB).
E ele deve estar refazendo, junto aos vereadores, a sua base.
Base importante para os projetos políticos, não mais de Carlos Eduardo, que não é mais prefeito, mas do próprio Álvaro, que em 2018 tem apenas um projeto político: a eleição do filho Adjuto Dias (MDB) para deputado estadual
Ponto 2: a readequação da base política do governo na Câmara.
Hoje, dos 29 vereadores, 23 são aliados do prefeito
Até ontem eram 24, mas com o rompimento com o vereador Dinarte Torres (PMB) o número caiu.
E, propositadamente, deve cair mais.
Fala-se que a intenção é que pelo menos mais dois vereadores deixem a base do prefeito, deixando para o prefeito, sem precisar da indicação de vereadores, mais cargos para serem ocupados por pessoas do próprio prefeito.
A base cai sem o prefeito perder a maioria, e o prefeito abre espaços para mais aliados dele.
Ponto 3: os vereadores, aliados ou não, que perderam cargos na Prefeitura, serão chamados para uma conversa com o prefeito.
Exatamente para que eles entendam que a base tem que ser do prefeito Álvaro, e não do “prefeito Carlos Eduardo”.
Confira abaixo os números de exonerados em cada órgão do Município de Natal.
Os vereadores-padrinhos dos cargos foram informados pelo chefe da Casa Civil da Prefeitura, o vereador licenciado Kleber Fernandes (PDT), que o que está acontecendo é um reordenamento da base.
Saúde – 5, STTU – 7, Secretaria de Governo – 2, Educação – 10, Turismo – 3, Semurb – 28, Semtas – 7, Secretaria da Mulher – 1, Semsur – 18, Semov – 7, Administração – 25
Defesa Social – 11, Esporte – 24, Habitação – 3, Comunicação – 6, Procon – 1, Procuradoria – 3, Natalprev – 11, Funcarte – 5, Gabinete do Prefeito – 5

Fonte: Thaísa Galvão

JOGADOR DE FUTEBOL É MORTO A FACADAS APÓS BRIGA EM RODEIO DE JABOTICABAL.

Lateral-esquerdo de 23 anos defendeu Batatais na última Série A2 do Paulista. Também passou por XV de Piracicaba e categorias de base da Ponte Preta.

O lateral-esquerdo Cléber, com passagens por Batatais, XV de Piracicaba e categorias de base da Ponte Preta foi morto na madrugada desta quinta-feira durante uma festa em Jaboticabal, interior de São Paulo.
De acordo com a família do jogador e o boletim de ocorrência, ele estava em um rodeio em Jaboticabal quando teria tentado separar uma briga e foi atingido por golpes de faca na região do abdômen.
Com auxílio de seguranças do evento, a Polícia Militar apreendeu três adolescentes suspeitos do crime. Eles prestaram depoimento na delegacia e foram liberados. Posteriormente serão apresentados em juízo e responderão por homicídio.
Lateral-esquerdo, Davison Cléber Honorato tinha 23 anos e atuou na base do Batatais, Grêmio Prudente e Ponte Preta. Como profissional, defendeu o Paulista, XV de Piracicaba e Batatais, seu último clube. Pelo Nhô Quim, fez parte do elenco campeão da Copa Paulista em 2016. Na Série A2 do Campeonato Paulista, ele participou de cinco jogos pelo Fantasma e fez um gol.
O XV de Piracicaba publicou nota oficial lamentando o falecimento do jogador: "O clube deseja que Deus conforte o coração de amigos e familiares do jovem atleta, que fez parte de um momento vitorioso na história do Alvinegro."
O velório do ex-jogador acontece no Terra Nossa, em Jaboticabal, sua cidade natal. O enterro acontecerá às 17h30, no Cemitério Municipal.

Fonte: Globo Esporte
Foto: Arquivo Pessoal

LAWRENCE AMORIM CONCEDE ENTREVISTA E DIZ DOS SEUS PROPÓSITOS SE ELEITO.

O ex-prefeito de Almino Afonso e pré-candidato a deputado federal pelo Solidariedade, Lawrence Amorim, concedeu entrevista na manhã de hoje, a locutora Rita, da Rádio Educadora de Almino Afonso. No diálogo, Lawrence procurou mostrar aos ouvintes, suas propostas caso alcance êxito no pleito de outubro vindouro.

O ex-prefeito disse que a experiência que teve quando gestor por oito anos, haverá de ajudá-lo a entender melhor o que se faz necessário para que os gestores atuais tenham melhoras condições de trabalhar para a população mais carente. Lawrence também frisou, que é crucial que os eleitores observem quem verdadeiramente tem propostas e que possam na realidade cumprir. O pré-candidato do Solidariedade, criticou veementemente aqueles que hoje ocupam as cadeiras destinadas aos deputados federais potiguares, pelos discursos bonitos nas bases eleitorais, porém, com postura diferente quando estão em Brasília.
"Muitos políticos têm vergonha de dizer que são políticos. Eu só tenho o que agradecer as oportunidades que o povo me deu. Almino Afonso faz parte do meu discurso por onde passo. Tenho certeza que entreguei um município em plenas condições de ser administrado. Melhor do que recebi. E isso é uma espécie de "cartão de visitas" de que poderei também representar muito melhor o povo do oeste, que aqueles que lá já estão. Quero e irei me comportar como um deputado voltado para as cidades do nosso oeste e de todo o RN. Nunca tivemos um legítimo representante em Brasília. Chegou a vez, chegou a hora. E para que isso se concretize, preciso do apoio do povo oestano. E sei que terei a compreensão e acima de tudo a confiança dos meus conterrâneos", disse Lawrence Amorim.
Sobre a ideia de mandato compartilhado, o pré-candidato disse que sempre gostou de conversar, ouvir as opiniões diferentes e isso lhe deu a postura que precisava, para alicerçar essa ideia de compartilhar com o povo as suas metas.
"Não quero ser cúmplice do chantagismo que se ver nos dias atuais. Não quero ser deputado federal, para somente mandar emendas. Quero ser um representante por inteiro. Ser um defensor do interesse coletivo, não pessoal ou de classes reservadas. Por que querem cortar a aposentadoria do homem do campo? Por que compactuar com aumentos de gás e seus derivados? Falta quem use a tribuna da câmara dos deputados, para declaradamente defender o povo. Defender as desigualdades. por que cortam o mísero ganho que o agricultor tem e não cortam, ao invés disso,partes das regalias que estão as suas disposições? Por que nenhum deputado do Rio Grande do Norte abra mão destas regalias?
Já disse por onde passo, que só o povo pode mudar essa realidade. e para isso têm que ter a consciência e dar um basta nisso tudo. estamos numa hora de mudança. E temos que aproveitar este instante e acabar com esse aglomerado de benefícios desnecessários" sugeriu Lawrence Amorim.
Sobre salários e benefícios dos deputados, Lawrence expôs seu ponto de vista:
"Um deputado federal recebe o maior salário permitido no Brasil. São 33.000,00 (trinta e três mil reais). Mas, ainda cham pouco e recebem outros R$ 4.000,00 (quatro mil reais) para pagar seu auxílio-saúde, para pagar seu plano de saúde e de sua família. esqueceram eles que por muito pouco, muitos e muitos brasileiros e brasileiras morrem nas filas dos hospitais?
O salário de um deputado já é mais do que suficiente para manter-se.
Deixo aqui o desafio, de que se eu não for um bom deputado federal, coerente com a realidade que meus conterrâneos vivem, não votem mais em mim. Não renovem meu mandato, caso seja eleito este ano. mas é primordial que tenhamos uma oportunidade de mostrar que é possível ser diferente", afirmou o ex-prefeito de Almino Afonso.
Lawrence Amorim integra a nominata que tem outros 15 pré-candidatos a deputado federal, não somente do Solidariedade, com de diversas legendas que pode sim eleger dois deputados. Porém, em análise de número aproximado de votos válidos, praticam,ente assegurado está uma vaga. E o mais votado será o eleito. O Oeste precisa entender e acreditar nos nomes daqueles que defendem a região.

IDOSO É FLAGRADO POR PAI DE ALUNA DIRIGINDO VAN ESCOLAR PELADO.

Um vídeo, que circula nas redes rociais, mostra um motorista de van escolar trabalhando pelado. O caso ocorreu na zona rural de Batatais, cidade do interior de São Paulo. Segundo a Polícia Civil, o homem que tem 63 anos vai responder pela prática de atos obscenos.
O nome do idoso não foi revelado. Segundo o boletim de ocorrência, ao qual o UOL teve acesso, três alunas que faziam o trajeto com o homem diariamente disseram que a prática era comum. Segundo elas, além de se masturbar, O.A.C também pedia permissão para tocar no corpo delas.
O vídeo foi gravado na última terça-feira (29) pelo pai de uma das estudantes, por volta de 23h45. A reportagem não conseguiu contato com o autor das imagens. Segundo a polícia, após a filha informar por telefone o ocorrido, o pai decidiu esperá-la em frente de casa e registrou o crime. Nas imagens, é possível perceber que o motorista está completamente nu e conversa normalmente, informando sobre horários de funcionamento do transporte nos dias seguintes.
Todos os envolvidos foram ouvidos na delegacia de Batatais, inclusive o motorista. Ele foi indiciado e vai responder ao processo em liberdade. Caso seja condenado, pode pegar de três meses a 1 ano de cadeia, ou pagar uma multa.
LEIA TODA A MATÉRIA E ASSISTA O VÍDEO AQUI 

Fonte: Jéssica Nascimento/UOL

VEREADORA DE NATAL PASSA MAL APÓS SER AMEAÇADA DE MORTE NA CÂMARA.

A quarta-feira (30) foi de ânimos exaltados e acirrados na Câmara Municipal do Natal, onde foi votada e rejeitada a matéria que previa a revogação do reajuste da tarifa de ônibus e, com isso, prevalece o reajuste concedido pelo Executivo Municipal no último dia 20.
A líder do prefeito, vereadora Nina Souza (PDT), chegou a passar mal após ser ameaçada de morte por um popular. Ela foi levada ao hospital e logo teve a saúde restabelecida.

Fonte: Heitor Gregório

DECISÃO DE GILMAR MENDES CONTRIBUI COM SENSAÇÃO DE IMPUNIDADE, DIZ PROCURADORA.

Paulo Preto, operador do PSDB, foi beneficiado por decisão do ministro, pela segunda vez, durante audiência de custódia.

A procuradora regional da República Adriana Scordamaglia, integrante da Força Tarefa da Lava Jato em São Paulo, afirmou que a decisão do ministro do Supremo Tribunal (STF) Gilmar Mendes de soltar o ex-diretor da Dersa Paulo Preto alimenta a sensação de impunidade.
A fala depois da audiência de custódia da prisão de Paulo Preto, que recebeu a notícia de sua soltura antes mesmo de seu final. “Foi uma audiência sui generis, que foi atropelada ao seu final com uma liberdade concedida pela última instância”, criticou a procuradora regional da República.
Para ela, houve “supressão das instâncias já que nós temos um tribunal e o Supremo Tribunal Federal é a ultima instancia a que os réus devem recorrer”.
Segundo Adriana, os réus tiveram uma reação de felicidade “porque o direito de liberdade deles tinha sido reassegurado por uma decisão de ministro que não faz parte da relação processual a qual estamos integrando”.
“A audiência estava se encerrando com a manutenção da prisão dos corréus José Geraldo e Paulo Vieira”, conta Adriana. “Causou-me inda mais estranheza o teor da decisão cujo HC foi concedido de ofício para a corré Tatiana [filha de Paulo Preto]”.
Segundo a procuradora regional da República, o MPF estava convicto de que haviam fundamentos para a prisão, afinal o órgão não sai “pedindo a prisão de qualquer um”. “Nós cumprimos o nosso papel, não vamos esmorecer com decisões como essa, só queremos ver a justiça sendo feita”, diz.
AQUI VOCÊ LER A MATÉRIA COMPLETA

Fonte: Kalleo Coura/Jota.Info
Foto: Flickr/FGV

PREFEITURA APURA CONDUTA DE SERVIDORA DA SAÚDE QUE TERIA USADO CRACHÁ PARA "FURAR FILA" E ABASTECER CARRO DE SOBRINHA.

Vídeo divulgado nas redes sociais mostra técnica em enfermagem acompanhando jovem na fila para abastecer carro em Jundiaí (SP). Decreto restringia abastecimento a funcionários da saúde e da segurança.

A Prefeitura de Jundiaí (SP) abriu um processo administrativo para apurar a conduta de uma técnica em enfermagem que teria usado o crachá de funcionária pública para abastecer o carro da sobrinha.
Por conta da greve dos caminhoneiros, na sexta-feira (25) a Prefeitura de Jundiaí decretou estado de emergência e determinou que o combustível disponível na cidade seria restrito à frota oficial e aos veículos de servidores públicos da saúde e da segurança. A restrição durou até terça-feira (29), quando o governo divulgou uma lista de postos que estavam liberados para abastecer veículos da população em geral.
No vídeo enviado à TV TEM, a jovem que dirige o carro usa o celular para filmar a fila de motoristas perto de um posto de combustíveis na Avenida 14 de Dezembro. Ela ressalta, em tom explicativo, que não adianta os motoristas ficarem na fila porque não conseguirão abastecer se não forem funcionários públicos.
“Não adianta pegar essa fila se você não for de um órgão público, que você não vai conseguir abastecer”, diz. Em seguida, ela entra em uma vaga e comenta: “Como tenho meus contatos, está aqui minha vaguinha. Só esperar.”
VEJA AQUI MATÉRIA NA ÍNTEGRA

Fonte: G1
Foto: Reprodução/Redes Sociais

ROBINSON POR MAIS 4 ANOS: O QUE ERA INIMAGINÁVEL, COMEÇA A FICAR TEMEROSO.

Que Robinson Faria é um dos piores governantes que se tem notícia, isso a grandiosa parte da população, concorda.
Que ele já esteve muito perto de ser necessário renunciar, isso todos também sabem.
Que um percentual mínimo de servidores gostariam de ser gerenciados por ele, é público e notório.
Mas toda essa "penca de negatividade" que ronda faz tempo o Rio Grande do Norte,  que trouxe uma impossível possibilidade de reeleição, passou da classe de inimaginável para temerária. Um adjetivo muito perto do sobrenome do atual presidente da República.
Aos poucos gestores que anteriormente anunciaram apoio a "ideia catastrófica" da reeleição de Robinson Faria,  outros sete declararam seu apoio ao governador potiguar. Sete cidades que têm grande importância no turismo do RN. E isso nos deixa preocupados.
Francinaldo, de Galinhos; Assis do Hospital, de Touros; Marconi Barreto, de Ceará-Mirim; Valdemir, de Pedra Grande; Laerte Paiva, de Rio do Fogo; Renato de Doquinha, de São Miguel do Gostoso e Joaz Oliveira, de Extremoz. Todos fazem parte do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Turístico do Litoral Norte – Citunorte.
Vai que dê a "doida" em outros colegas chefes de executivo e resolvam abraçar essa angustiante, triste e infeliz ideia...

POLÍCIA CIVIL ESTARÁ PRESENTE NAS ELEIÇÕES SUPLEMENTARES DESTE FIM DE SEMANA EM CIDADES NO INTERIOR DO RN.

Policiais civis estarão, a partir das 12h deste sábado (02) até as 20h do domingo, nas eleições suplementares que ocorrerão em 5 cidades do interior. Equipes estarão à disposição da população em São José do Campestre, Pedro Avelino, João Câmara, São Bento do Norte/Galinhos e em Parazinho (com uma equipe móvel).
Foi feita uma reunião na tarde de ontem (29), onde estiveram presentes o Delegado Geral Adjunto da Polícia Civil Gustavo Santana, o Diretor da DPCIN Lenivaldo Pimentel, além de representantes da Polícia Militar, Polícia Federal e Tribunal Regional Eleitoral. Na ocasião, foram traçadas todas as diretrizes para que seja garantida a segurança dos eleitores e a normalidade no pleito eleitoral.

Fonte: Blog do BG

FRUTUOSO GOMES: O ALTO ÍNDICE DE NENHUM/NÃO SABE TRARÁ PROBLEMAS PARA PEDIR VOTOS.

Na cidade oestana de Frutuoso Gomes, diante de dados de pesquisa de opinião pública, o panorama é semelhante aos demais municípios. A repudia para com os políticos é nítida, clara e transparente.
Mas vejo que na antiga "Mineiro", o quadro parece ser mais grave ainda. 
No quesito onde, de forma espontânea, perguntou-se em quem votaria para senador, 96,70% escolheram NENHUM e NÃO SABE.
Somente 3,28% responderam o nome de algum pré-postulante ao cargo.
E a tendência de melhorar a vontade do povo em votar em algum nome, é muito acanhada. Ou seja, os dados de Frutuoso Gomes é uma prévia do que virá por aí.

PRISÃO DE LULA DEU ORIGEM À GREVE DE PETROLEIROS.

O acervo de textos e documentos disponíveis no site da Federação Única dos Petroleiros (FUP) revela que a prisão de Lula, em 7 de abril, está na origem da greve de 72 horas deflagrada pela corporação da Petrobras na quarta-feira. Durante a primeira semana de encarceramento de Lula, dirigentes da FUP e de “sindicatos aliados” estiveram em Curitiba. Em 14 de abril, a federação divulgou o documento intitulado “Petroleiros e petroleiras rumo à greve.” Nele, Lula é tratado como “primeiro preso político pós-64.” Os pontos mais relevantes do texto foram destacados em vermelho, na margem esquerda. Num dos tópicos, lê-se: “Reunidos em Curitiba, petroleiros apontaram o caminho da resistência: A GREVE”. (leia a íntegra)
A passagem do sindicalismo petroleiro pela capital paranaense coincidiu com a transferência simbólica da sede do PT para a cidade da Lava Jato, em 9 de abril. Foi nessa época também que o partido e suas ramificações no sindicalismo e nos movimentos sociais instalou o acampamento “Lula Livre” nas imediações da superintendência curitibana da Polícia Federal. Contra esse pano de fundo, os petroleiros decidiram “traçar novas estratégias de luta e garantir a democracia no país.”
O documento de 14 de abril explica o que foi acertado em Curitiba: “Seguindo o indicativo do Conselho Deliberativo, serão realizadas assembleias entre os dias 30/04 e 12/05 para aprovar a greve nacional contra as privatizações do Sistema Petrobrás e retiradas de direitos dos trabalhadores próprios e terceirizados, além da defesa da democracia e contra a prisão política de Lula.” O texto traz declarações do coordenador geral da FUP, José Maria Rangel: “Os golpistas estão acabando com nossa soberania, e fizeram tudo isto com Lula solto. Imagine agora com ele preso, o que serão capazes de fazer com nosso país e com a classe trabalhadora.”
LEIA AQUI MATÉRIA COMPLETA

Fonte: Josias de Souza/UOL

APÓS PUBLICAÇÕES DE JORNAL, DEPUTADO AMEAÇA COLEGA NA CÂMARA: "VOU TE PEGAR, VAGABUNDO".

Giacobo (PR-PR) quis tirar satisfação com Alfredo Kaefer (PP-PR) no plenário da Casa.

Primeiro-secretário da Câmara, o deputado Giacobo se descontrolou na noite de terça-feira (29) e quase agrediu fisicamente o colega Alfredo Kaefer. Ambos são parlamentares do estado do Paraná. No fundo do plenário, O GLOBO presenciou o momento em que Giacobo correu enfurecido em direção ao colega.
— Vai tomar no cu. Eu vou te pegar, vagabundo! Vou mostrar suas notas frias! — gritou.
Giacobo estava revoltado com o fato de o jornal "O Paraná", de propriedade da mulher de Kaefer, ter repercutido uma reportagem de "O Estado de S. Paulo" que o citava.
O caso tratava da venda de uma propriedade do também deputado Nelson Meurer (PP-PR) por valor abaixo do preço de mercado. Na transação de Meurer, a suspeita da Procuradoria Geral da República é que ele tenha tentado driblar o bloqueio de bens imposto pela Justiça.
Giacobo foi citado no texto porque a empresa que comprou o imóvel fica no mesmo endereço de uma outra empresa sua e onde funciona o escritório do PR, seu partido.
Procurado pelo GLOBO depois dos xingamentos na primeira-secretaria, Giacobo disse que Kaefer era "mesmo um vagabundo" e que seu jornal era "um pasquim". Mas alegou que só perdeu a compostura porque estava sendo pressionado a arquivar uma investigação da primeira-secretaria sobre a prestação de contas de gastos da cota parlamentar por Kaefer.
Kaefer nega a qualquer irregularidade e diz que vai avisar a presidência da Câmara para que se instaure um procedimento no Conselho de Ética da Casa.
— Vou falar com o presidente Rodrigo Maia, para ele já saber que estou sendo ameaçado aqui na Câmara. Não tem nenhum cabimento essa história de investigação. Ele está inventando essa história. E, se quiser investigar, tudo bem. Tenho o passado limpo. Já o dele, é outra coisa.
Giacobo, por sua vez, disse que não poderia falar sobre o fato específico que investigava e reafirmou algumas vezes que Kaefer era um "vagabundo".
O deputado do PR é conhecido por, em 1997, ter sido premiado 12 vezes na loteria, em um período de apenas 14 dias. Como primeiro secretário, entre as funções de Giacobo estão "interpretar e fazer observar o ordenamento jurídico de pessoal e dos serviços administrativos da Câmara" e "ratificar despesas da Câmara dos Deputados".
O GLOBO procurou a presidência da Câmara para saber se alguma providência seria tomada diante do caso, mas até o momento não recebeu resposta.

Fonte: Fato On Line
Foto: Facebook

JUNTOS OU SEPARADOS? PRÓXIMA REUNIÃO DECIDIRÁ FUTURO DO G10 PARA AS ELEIÇÕES DESSE ANO.

O chamado G10, grupo de 10 partidos que pretendem se unir para eleger dois deputados estaduais, deve se reunir nas próximas semanas para definir o futuro do grupo, isso porque há grandes insatisfações dentro bloco.
Atualmente integram o G10: Patriota, PSL, PMN, PRP, PMB, PSDC, PTC, Avante, PPS e PTB. Dentro do grupo, existe uma insatisfação com alguns partidos que definiram apoio a chapas majoritárias, uns que querem poder indicar cargos e outros que estão insatisfeitos com as decisões unilaterais.
O fato é que tudo pode ser resolvido na base do diálogo. Depende da próxima reunião que deve acontecer nos próximos dias. Se tudo terminar bem, o G10 sai fortalecido com o projeto. Do contrário, ele pode terminar virando G5, G6 ou simplesmente implodindo.

Fonte: Blog do BG

PREFEITOS INVESTIGADOS POR LICITAÇÕES FRAUDULENTAS.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte está abrindo bem os olhos para ‘várias licitações com insinuações de fraudes’ por parte de algumas prefeituras do Estado. Se houver uma ‘busca aprofundada’ muitos ‘gestores’ do Estado irão responder por Improbidade Administrativa e vários outros crimes.
Que poderá ocasionar perda de mandatos. O Ministério Público despertou e, pelo que se houve, dezenas de prefeitos já estão sendo investigados.


Fonte: Robson Pires


FACHIN INDICA SER A FAVOR DE CONTRIBUIÇÃO SINDICAL OBRIGATÓRIA.

Ele é o relator de ao menos 18 ações no STF que contestam mudanças.

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse hoje (30) ver razão para que seja mantida a contribuição sindical obrigatória, que foi revogada pela reforma trabalhista no ano passado. Ele é o relator de ao menos 18 ações na Corte que contestam as mudanças na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).
Uma ação direta de inconstitucionalidade (ADI) sobre a obrigatoriedade da contribuição sindical está pautada para ser apreciada em plenário em 28 de junho. Fachin afirmou que esperará o julgamento, mas que se porventura a análise não ocorra no colegiado, por qualquer motivo, ele deverá decidir sozinho sobre o assunto, em caráter liminar (decisão provisória) e retroativo.
“Depreendo, por razões lógicas e sistemáticas, que, relativamente ao fumus boni juris [fumaça do bom direito], há fundamento relevante para a concessão da medida cautelar, com efeitos ex tunc [retroativo]”, disse Fachin em despacho proferido nesta quarta-feira.
Na ADI pautada em plenário, há 56 entidades reconhecidas como interessadas na ação. Correspondente a um dia de trabalho por ano, a contribuição obrigatória costumava ser recolhida diretamente na folha de pagamentos no mês de março, o que não ocorreu neste ano.
Sindicatos
A volta da obrigatoriedade da contribuição foi pedida por dezenas de confederações e federações sindicais, que alegam que o fim do tributo viola a Constituição, pois inviabiliza suas atividades por extinguir repentinamente a fonte de 80% de suas receitas.
No despacho desta quarta, Fachin sinalizou que concorda com o argumento, pois a extinção da obrigatoriedade do tributo traz consigo a “real possibilidade de frustrar e fazer sucumbir o regime sindical reconhecido como direito fundamental social pelo constituinte de 1988”.
Na peça de 35 páginas, o ministro fez um longo histórico sobre o regime sindical brasileiro, concluindo que “o constituinte de 1988 também fez opção inequívoca pela manutenção de um modelo de sindicalismo sustentado no seguinte tripé: unicidade sindical, representatividade obrigatória e custeio das entidades sindicais por meio de um tributo”.
Para Fachin, ao alterar a CLT, os legisladores podem não ter observado adequadamente “o regime sindical estabelecido pela Constituição de 1988 em sua maior amplitude”. Dessa forma, os parlamentares teriam “desequilibrado as forças de sua história e da sua atual conformação constitucional, e sem oferecer um período de transição para a implantação de novas regras relativas ao custeio das entidades sindicais”.

Fonte: Felipe Pontes/Agência Brasil

POR FALAR EM PESQUISA: "CARAMURU PAIVA SERIA DEPUTADO FEDERAL ELEITO SE AS ELEIÇÕES FOSSEM HOJE".

Um dado interessante sobre a pesquisa divulgada na última segunda feira, chamou a atenção daqueles que acompanham o cenário político potiguar.
O pré-candidato pelo PT Caramuru Paiva, estaria eleito se as eleições fossem hoje. Caramuru dividi a oitava vaga com o já deputado federal Rafael Motta, empatado em todos os critério.
O pré-candidato que é apoiado aqui em Parelhas pelo ex-prefeito Francisco Medeiros, disse ao Blog que recebe com muita alegria o resultado dessa pesquisa que o coloca em ótima posição na corrida por uma das oito vagas para câmara federal.
Veja os dados da pesquisa:

Fonte: Blog Ivanildo Souza


GRUPO FAZ CAMPANHA PARA QUE FILME SOBRE IMPEACHMENT SEJA EXIBIDO EM MOSSORÓ.

O Cineclube Moviola Feminista está realizando um movimento nas redes sociais para trazer à Mossoró o filme O Processo, que foi lançado no circuito nacional em 17 de maio, mas sem previsão de exibição no Rio Grande do Norte.
Em parceria com o Multicine Cinemas, o grupo precisa realizar um número específico de pré-venda de ingressos para que a exibição seja garantida nas salas da cidade.
A campanha está descrita na página do evento "Queremos o documentário O Processo no Multicine Mossoró", no Facebook, criada para contatos e a pré-venda. Acesse clicando aqui.
O filme
O documentário acompanha a crise política que afeta o Brasil desde 2013. A diretora Maria Ramos passou meses no Planalto e no Congresso Nacional captando imagens sobre votações e discussões que culminaram com a destituição da presidenta Dilma Rousseff do cargo.
"Representa uma significativa experiência de percepção histórica dos fatos de nosso tempo. Um filme que devia chegar a todas as audiências pela relevância do debate que constrói e pela possibilidade de uma versão não hegemônica deste acontecimento político nacional", descreve o grupo na página.

Fonte: Carol Ribeiro

PARA GENERAL LINHA-DURA, TROPA ESTÁ "VACINADA" CONTRA NOVO GOLPE MILITAR.

Forças Armadas se sentem ‘lisonjeadas’, mas sabem que esse não é o caminho, diz general Heleno. Segundo o general, a intervenção dos militares na vida civil do país não é um pedido apenas dos caminhoneiros.

General da reserva e reconhecidamente ‘linha-dura’; ou seja, ligado às forças da extrema direita no país, Augusto Heleno compara os pedidos de intervenção militar de parte dos eleitores do pré-candidato do PSL à Presidência da República, deputado Jair Bolsonaro, e os movimentos que geraram o golpe militar de 1964. Heleno, no entanto, embora tenha declarado apoio a Bolsonaro, afirma que as Forças Armadas estão “vacinadas” e não pretendem tomar o poder.
É lógico que as Forças Armadas se sentem ‘lisonjeadas’ pela credibilidade que essas faixas demonstram, mas têm plena consciência de que esse não é o caminho. O caminho são as eleições que vão acontecer — disse o general, em entrevista a jornalistas de um dos diários conservadores paulistanos, publicada nesta quarta-feira.
Conservadores
Segundo o general, a intervenção dos militares na vida civil do país não é um pedido apenas dos caminhoneiros.
Há um crescimento exponencial desse tipo de manifestação. Não é igual a 64, mas é semelhante, guardadas as enormes diferenças e devidas proporções. A semelhança é esse clamor popular pela intervenção militar. É um sentimento que vai crescendo na população que enxerga nos militares a solução para o problema nacional. Mas as Forças Armadas estão vacinadas, não pretendem isso, não buscam isso e de maneira nenhuma trabalham para isso — acrescentou.
Para o militar os valores das Forças Armadas continuam os mesmos, “mas há uma outra geração de militares, formada pela geração que viveu o período militar e colocou na cabeça dos atuais generais que esse não era o caminho. Que esse é um caminho esdrúxulo”.
Até tem previsto na Constituição uma intervenção no caso do caos, mas não é o pensamento nem o desejo dessa geração de militares — adianta.
General da ativa
O motivo para esses pedidos, segundo Heleno, é a imagem de “um país mais organizado” deixada pela propaganda do período ditatorial.
Não estou dizendo que fosse assim, mas essa é a imagem que muita gente tem. Há uma espécie de conscientização de que os militares são capazes de colocar ordem na casa. Nós sabemos que isso é fruto de uma crise que o país está vivendo. Mas é claro que não vai se repetir. A história dá muitos ensinamentos, mas dificilmente se repete.
Os oficiais e generais da ativa, segundo o general da reserva “afastam essa possibilidade (de um golpe de Estado). Repudiam esse tipo de manifestação, mas têm plena consciência de que esse não é o caminho. O caminho são as eleições que vão acontecer”. Nem mesmo Bolsonaro, diz Heleno, concorda com a hipótese de uma nova quartelada no país.

Fonte: Correio do Brasil

POLÍCIA ENCONTRADA FÁBRICA DE FIGURINHAS FALSAS DO ÁLBUM DA COPA DO MUNDO.

Foram encontradas milhares de figurinhas e de álbuns plagiando a Panini em uma fábrica no Peru.

A polícia peruana enfrenta uma nova e insólita missão na luta contra organizações criminosas que falsificam dólares: o plágio maciço de figurinhas e do álbum da Copa do Mundo, cuja demanda explodiu pela participação do Peru no mundial da Rússia.
Uma intervenção contra uma fábrica de impressão clandestina em Lima, onde foram encontradas milhares de figurinhas e de álbuns plagiando a tradicional marca italiana Panini, se tornou a mais recente operação policial contra esta modalidade de crime, informou nesta terça-feira a imprensa peruana.
As máquinas apreendidas permitiam imprimir mais de 6.000 chapas por hora, explicou o delegado de polícia responsável pelo caso, o coronel Segundo Mejía, citado pelo jornal La República. A polícia não revelou quantas figurinhas equivalem uma chapa.
As figurinhas falsificadas estavam prontas para serem comercializadas em pacotes. Em cada pacote há cinco figurinhas que são vendidas pelo equivalente a 1,33 real.
A poucas semanas do pontapé inicial da Copa do Mundo da Rússia, em 14 de junho, o grande negócio não está na venda de pacotes, mas sim de figurinhas individuais, que são vendidas por até dois dólares cada.
Os colecionadores que precisam de poucas figurinhas para completar o álbum não hesitam em pagar até 2.000% de seu valor real. O impressionante interesse neste passatempo no Peru se explica pela volta da seleção do país à Copa após uma ausência de 36 anos. Pelas ruas de Lima, é possível ver centenas de pessoas reunidas em parques públicos e praças trocando ou comprando figurinhas.
Jefferson Farfán, Christian Cueva e Edison Flores são os jogadores peruanos mais procurados, assim como Paolo Guerrero, maior ídolo do futebol local. Curiosamente, o atacante do Flamengo não jogará a Copa devido a uma punição por doping imposta pela Corte Arbitral do Esporte (CAS).
A polícia peruana estima que a falsificação de figurinhas continuará até o fim da Copa do Mundo, em julho. Enquanto isso, a polícia não se descuida de sua luta contra os falsificadores de dólares, que já teriam imprimido o equivalente a 23,5 milhões da moeda americana neste ano.
O Peru é considerado desde 2013 o maior falsificador de dólares no mundo, superando a Colômbia, de acordo com a polícia local.

Fonte: AFP/Esporte Fera
Foto: Everton Oliveira/Estadão

106º HOMICÍDIO EM MOSSORÓ 2018: DUPLA DE MOTO EXECUTA AGRICULTOR EM ASSENTAMENTO NA REGIÃO DA MAÍSA.

Mais um homicídio provocado por disparos de arma de fogo é registrado em Mossoró, região Oeste do Rio Grande do Norte.
De acordo com a polícia, o crime aconteceu no início da noite desta quarta feira 30 de maio de 2018, no Assentamento Oziel Alves na região da Maísa, na zona rural de Mossoró RN.
A vítima identificada como Raimundo Nonato de Oliveira, tinha 51 anos de idade, era natural de Umarizal RN, foi executado dentro de casa, com tiros de escopeta 12 e revolver.
Informações repassadas por testemunhas, para a Polícia Civil, são de que a vítima estava fora de sua casa, com a mulher e netos, quando dois homens, ocupando uma motocicleta, encapuzados chegaram, anunciaram um assalto, mandaram que a mulher e os netos corressem para longe da casa e executaram Raimundo Nonato.
Testemunhas relataram ainda, que o agricultor ainda tentou fugir dos criminosos, correndo para dentro de sua casa, mas foi perseguido e morto no interior de sua residência.
A polícia ainda não tem informações sobre a motivação do crime, bem como a identidade dos assassinos. O agricultor, segundo populares era bem relacionado com a comunidade e não tinha envolvimento com ilícitos.
A Polícia informou é que a vítima teve dois filhos raptados de dentro de casa e assassinados, no dia 30 de dezembro do ano de 2015. Os dois jovens foram encontrados mortos na região de Cacimba Funda, na divisa do Rio Grande do Norte com o Ceará, na zona rural de Aracatí/CE
A equipe de plantão do ITEP realizou os procedimentos de perícia no local do crime com a presença da equipe da Delegacia de Plantão. O corpo do agricultor, foi removido e encaminhado à base da Unidade Regional do órgão em Mossoró, para fins de necropsia.
Já são 106 homicídios registrados em Mossoró neste ano de 2018. A investigação do caso ficará sob a responsabilidade da Delegacia de Homicídios de Mossoró (DHM).

Fonte: Fim de Linha

HOMEM FAZ GESTO OBSCENO AO VIVO E LEVA BRONCA DE REPÓRTER.

A repórter Michelle Loreto, do SP1, respondeu à ofensa de um homem que passava pelo local em que estava gravando uma entrada ao vivo, em plena Avenida Paulista, nesta quarta-feira, 30.
Quando a jornalista abordava a questão do turismo na capital, que receberá dois grandes eventos nos próximos dias, a Marcha para Jesus e a Parada Gay, um rapaz que passava pela rua mostrou o dedo do meio em direção à câmera da emissora, sem mostrar seu rosto. Michelle chegou a desviar levemente sua cabeça no momento.
“Que feio, moço…”, lamentou, antes de retornar ao que estava falando. A intromissão não foi comentada por Tralli na volta ao estúdio, após a exibição de uma reportagem.
Fonte: Estadão Conteúdo/IstoÉ

"A DEMOCRACIA É O ÚNICO CAMINHO LEGÍTIMO", DIZ CÁRMEN LÚCIA SOBRE CRISE.

Presidente do STF fez pronunciamento no início de sessão.

Nove dias depois de iniciada a greve dos caminhoneiros, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, fez pronunciamento no início da sessão desta quarta-feira para comentar a crise que tomou conta do país. Sem mencionar diretamente os pedidos de manifestantes por intervenção militar, a ministra disse que não existe alternativa à democracia no Brasil.
Não temos saudades senão do que foi bom na vida pessoal e em especial na história de nossa pátria. Regimes sem direito são passado de que não se pode esquecer, nem de que se queira lembrar. Este Supremo Tribunal Federal, órgão de cúpula do Judiciário brasileiro, contando com a responsabilidade e a atuação de cada cidadão, cumprirá o seu dever, como espera que todas as instituições públicas e particulares o façam – declarou a ministra.
Segundo ela, a democracia brasileira não está em questão.
A democracia não está em questão. Há questões sócio-políticas e financeiras nas democracias também. Mas o direito brasileiro oferece soluções para o quadro apresentado e agora vivido pelo povo brasileiro – disse a presidente do STF, acrescentando: – A construção permanente do Brasil é nossa, e ela é permanente, democrática e comprometida com a ética. Não há escolha de caminho. A democracia é o único caminho legítimo.
Cármen Lúcia não conversou com o presidente Michel Temer nem outra autoridade sobre a decisão de fazer um pronunciamento na abertura da sessão desta quarta-feira.
Sem entrar em detalhes, Cármen Lúcia também destacou que é preciso rigor para fazer valer os direitos e garantir os serviços. Na semana passada, o ministro do STF Alexandre de Moraes deu liminar pedida pelo governo federal permitindo a desobstrução de rodovias bloqueadas.
Há de se ter serenidade, mas também rigor no cumprimento e respeito aos direitos, especialmente os direitos fundamentais. Há de ter seriedade e também manter a esperança. Há de se cuidar dos direitos e também garantir os serviços e o incansável combate à corrupção – afirmou Cármen Lúcia.
A ministra ressaltou que a democracia foi uma conquista do país. Ela chamou o momento político de “grave”. No entanto, disse que também nas democracias existem crises e que elas se resolvem.
Somos juízes e não nos afastaremos dos nossos deveres, como esperamos possa cada cidadão brasileiro confiar que o Poder Judiciário brasileiro não deixe de cumprir sua obrigação de guardar a Constituição e de resguardar e assegurar a eficácia dos direitos dos brasileiros. Não fazemos milagre. Fazemos direito, mas ele será garantido – afirmou.
A ministra concluiu dizendo que o Brasil vale a pena.
Não vivemos de quimeras, embora lutemos por sonhos. Mas a honestidade e a eficiência em benefício de todos os brasileiros é ato de respeito e de compromisso de todos para com todos. Repito: somos juízes brasileiros, mas antes de tudo somos cidadãos comprometidos e responsáveis pelas necessidades do Brasil. Tenham certeza, os jurisdicionados cidadãos brasileiros, estamos cumprindo e continuaremos a cumprir nosso dever constitucional. o Brasil vale a pena e é este o compromisso de cada juiz brasileiro, e em especial deste Supremo Tribunal Federal – concluiu.

Fonte: Carolina Brígido e André de Souza/O Globo
Foto: Jorge William/Agência O Globo

TSE APROVA AUDITORIA EM URNAS ELETRÔNICAS NO DIA DA VOTAÇÃO.

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou na última terça-feira, uma alteração na resolução que trata da fiscalização das urnas eletrônicas, que passa agora a prever a realização de uma auditoria em tempo real das urnas eletrônicas no dia da votação. De acordo com as alterações, 20 dias antes da eleição, serão sorteadas seções espalhadas pelas 27 unidades da federação para que realizem a auditoria no dia do pleito, antes do início da votação. Para acompanhar o procedimento, serão convidados representantes dos partidos, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), do Ministério Público e de juízes eleitorais.
Segundo o texto da norma, “a auditoria consistirá em verificar se as assinaturas digitais dos sistemas lacrados no TSE no início de setembro conferem com as assinaturas constantes das urnas instaladas na seção eleitoral”. O processo será público, podendo também ser acompanhado por qualquer interessado.
“Na mesma ocasião poderá ser emitido o relatório de todos os resumos digitais dos arquivos instalados nas urnas, que poderão ser conferidos um a um, a qualquer tempo, com a lista publicada no site do TSE”, explicou o ministro Fux no voto em que aprovou a resolução.
A implementação da medida tinha sido adiantada em fevereiro pelo setor de tecnologia do TSE. Nesta quarta-feira, Fux disse, durante seminário em Brasília sobre a segurança da votação, que a “auditoria em tempo real” foi um atendimento a pedidos de especialistas em segurança da informação.
“Um dos professores da academia disse ‘o que nós queremos é impossível’. Em nome da transparência, em nome da legalidade, em nome moralidade, para o Tribunal absolutamente nada é impossível”, disse Fux. “Ontem nós conseguimos aprovar isso, evidentemente com um parecer positivo da área técnica de que isso é possível.”
O primeiro turno das eleições deste ano está marcado para o dia 7 de outubro, e o segundo turno acontece em 27 de outubro.

Fonte: Felipe Pontes/Agência Brasil