RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

domingo, 18 de agosto de 2019

SAI O PRIMEIRO CAMPEÃO BRASILEIRO DE FUTEBOL 2019.

O Brusque de Santa catarina, é o primeiro campeão brasileiro de futebol, no ano de 2019. O título da Série D, equivalente a quarta divisão, veio após o empate em 2 X 2 contra o Manaus, na Arena Amazonas na tarde/noite de hoje.
A partida foi a segunda do duelo entre os dois clubes. Na primeira, ocorrida domingo passado, em Brusque/SC, quando houve empate também em 2 X 2. A decisão, após novo placar igual, foi para os pênaltis, e o Manaus perdeu a primeira cobrança das alternadas, tendo em vista que os dois times converteram todos os cinco pênaltis da série.
O diferencial, é que o goleiro que defendeu a cobrança de Márcio Passos, do manaus, foi o cobrador do gol do título inédito para a equipe de Santa Catarina. O goleiro Zé Carlos foi festejado como o grande herói da conquista.

JUÍZA ESTABELECE HONORÁRIOS SUCUMBENCIAIS DE R$ 0,59 A ADVOGADO.

A juíza Adriana Maria dos Santos Queiróz de Oliveira, da comarca de Quirinópolis (GO), achou razoável estabelecer honorários advocatícios de cinquenta e nove centavos em caso de consumidor.
O caso começou com um consumidor reclamando de uma cobrança indevida de uma operadora de telefonia que incluiu R$ 5,90 de forma indevida na conta. O cliente foi à Justiça, que determinou a devolução do valor e fixou os honorários sucumbenciais em 10%, ou seja, R$ 0,59.
O advogado Wider Pires Freitas entrou com embargos de declaração, pedindo que fosse aplicado a regra de fixação dos honorários com base no valor atualizado da causa, conforme artigo 85, § 2º, do CPC, uma vez que era irrisório o proveito econômico da ação. Alegou ainda que a magistrada poderia ter seguido o parágrafo 8º do artigo 85 do CPC, ou seja, fixado os honorários por apreciação equitativa.
Os embargos foram rejeitados, segundo a juíza, porque seu entendimento já foi devidamente exposto na sentença, que deve ser reformada por meios de recurso próprio.
Clique aqui para ler a decisão

Fonte: Fernando Martines/ConJur


GERALDO MELO ALÉM DO FILHO EM BRASÍLIA.

O ex-senador Geraldo Melo (PSDB) andou por Brasília durante a semana.
Visitou o herdeiro Geraldo Melo Filho que assumiu a função de Secretário-Adjunto do Gabinete Civil da Presidência da República.
E se reuniu com o amigo de longos anos, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE).

Fonte: Heitor Gregório

MINISTRO FAZ PARÓDIA DE MÚSICA PARA IRONIZAR CHICO BUARQUE E GLENN.

Salles (Meio Ambiente) tuitou nesta tarde. Postou vídeo em que Chico elogia Glenn.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, publicou em sua conta do Twitter neste sábado (17) paródia da música “A banda” de Chico Buarque.
Acompanhando a composição ministerial estava 1 vídeo do cantor da MPB elogiando o jornalista Glenn Greenwald, responsável pelo site Intercept Brasil. O veículo de imprensa tem divulgado conversas de autoridades no que ficou conhecido como Vaza Jato.
No vídeo, Chico Buarque presta homenagem e solidariedade a Glenn e aos outros jornalistas do site. “O juiz Sergio Moro, por exemplo, foi eleito o homem do ano, o homem que faz a diferença. E hoje a gente sabe que tipo de diferença que ele andou fazendo nas sombras”, disse.
Na música original, o compositor diz que estava à toa na vida e seu amor o chamou para ver a banda passar. Chico Buarque esteve recentemente – em junho – na capital francesa, quando concedeu entrevista para o jornal Le Monde criticando o governo Bolsonaro. Disse que uma cultura de ódio havia se espalhado pelo país. Ele também pediu 1 visto de longa duração para o país europeu.

Fonte: Poder 360
Foto: Sérgio Lima/Poder 360

RIACHO DOS CAVALOS/PB: A SUCESSÃO MUNICIPAL COMEÇOU A SER AVALIADA.

Ontem, a cidade de Riacho dos Cavalos, no sertão paraibano, recebeu uma equipe de pesquisadores, que ouviram 436 entrevistados, na busca de traçar o perfil político de momento no município. 
A pesquisa trouxe, além de questões administrativas, que descrevem o trabalho do governo municipal, quesitos de ordem política, visando o pleito do ano que vem.
Uma das perguntas feita de praxe, em toda consulta popular, referiu-se de forma espontânea, em quem os riachoenses pretendiam votar em 2020, para prefeito da cidade. Na questão estimulativa, foram oferecidos cinco nomes, para a escolha de um destes. Por ordem alfabética: Dalvinha, Eudinho de Dé, Jailma, Roberto de Avani e Vitória. nesta mesma ordem, estes nomes foram apresentado no quesito de rejeição, onde se pergunta em quem o entrevistado não votaria por hipótese nenhuma.
Três outras perguntas referiam-se a possibilidade de se votar para prefeito, em um nome apoiado pelo prefeito Hug, pelo ex-prefeito Capuxim e pelo empresário Nego.
Também foi avaliado em quem o entrevistado deverá votar para vereador, em 04 de outubro do ano vindouro.
Um verdadeiro raio-X do cenário político de Riacho dos Cavalos, município que tem um colégio eleitoral com 7.249 eleitores, onde na eleição de 2018, 12, 24% se abstiveram-se de votar.
A pesquisa ouviu 436 pessoas em todo o território de Riacho dos Cavalos, que corresponde a 6,01% do número de eleitores.


JUÍZES, PROMOTORES E POLICIAIS FARÃO ATOS CONTRA A LEI DO ABUSO DE AUTORIDADE.

Associações da magistratura, do Ministério Público Federal e da polícia vão realizar protestos para pressionar Jair Bolsonaro a vetar o projeto de lei de abuso de autoridade, aprovado pelo Congresso na semana passada.
Os atos serão realizados nos dias 19 em Belém, Natal, Campo Grande e Curitiba; no dia 20 em Brasília; e no dia 23 em Belo Horizonte, publica o Estadão.
“A sanção do Projeto de Lei 7.596/2017 não coíbe abusos de autoridade, não corrige equívocos dos agentes públicos. Ao contrário, transforma-os em burocratas acuados, incapazes de cumprir seus deveres e contrapor interesses ilícitos em nome da democracia e da probidade”, diz trecho de uma petição pública que circula na internet.

Fonte: O Antagonista

O "QUEIJO SUÍÇO" NÃO É SOMENTE NO OESTE. VEJA, ESTE TRECHO NO SERIDÓ.

São inúmeros, os trechos das rodovias que cortam o Rio Grande do norte, em péssimo estado. Como exemplo, citemos entre as cidades de Lucrécia e Umarizal, Trevo de acesso a Tenente Ananias, parte do trajeto entre Alexandria e Antônio Martins, que, ressalto foi recuperava de forma paliativa e indecente, recentemente. É, em muito casos, o recapeamento sonrisal. Desmancha-se em muito pouco tempo.
No twitter, o cidadão Rilder Medeiros, mostra que em outras regiões do RN, o problema é o mesmo. Vejam na foto acima, o trecho entre Jardim do Seridó e Ouro Branco. Descaso total.
E olha que o governo Fátima Bezerra já tem quase 15% de seu mandato consumido pelo "nada faz".
Para quem, como eu, que esperava ser o governo de Fátima Bezerra, melhor que o pior desgoverno do Rio Grande do Norte, no caso a gestão Robinson Faria, no passo que vai, se igualará.
Acorda RN


GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO: VEREADORES VANDINHO E DENER PIO NO PALANQUE COM ANTÔNIO BOLOTA.

"Quem à criou, haverá de passar pela comunidade, em muito breve (sobre a taxa de iluminação). E quem fez chacota com a presente iluminação da PA Chico Rego, também",  disse Vandinho Carlos.

Na tarde/noite de ontem, na inauguração da iluminação pública da comunidade rural PA Chico Rêgo, o prefeito de Governador Dix-Sept Rosado, Antônio Freire, "Antônio Bolota", como é popularmente conhecido, recebeu no palanque dois dos legítimos representantes do povo dixseptiense.
Os vereadores Dener Pio e Vandinho Carlos, discursaram em defesa do progresso daquela localidade, assim como de todo o município.
A obra elétrica, era um sonho dos moradores daquela comunidade, aguardada a mais de 13 anos, que em pleno século 21, ainda sofria na escuridão.
No discurso, o parlamentar Vandinho Carlos, em certos instantes, aparentou está amplamente conectado com as ações do governo "Construindo a Governador que Queremos", que busquem beneficiar o município. Em um destes momentos, quando de seu discurso, quando notoriamente denotou a ideia de criação da taxa de iluminação pública, o vereador Vandinho Carlos criticou de forma veemente tal cobrança, citando que "quem à criou, haveria de passar pela comunidade, em muito breve e que a fez chacota com a presente iluminação da PA Chico Rego".
E vem mais melhorias para a população do PA Chico Rego. Em breve, também terá à disposição. água com a perfuração de um poço de grande profundidade garantindo o abastecimento aos moradores daquele local.


CHEFES DA RECEITA FEDERAL AMEAÇAM ENTREGA DE CARGOS POR INTERFERÊNCIA POLÍTICA.

Seis subsecretários do órgão estão fechados nessa posição, segundo apurou o Estado; efeito da entrega de cargos poderá ser em cascata, com outros chefes da alta administração da Receita.

Os auditores fiscais que ocupam as mais altas posições de chefia da Receita Federal ameaçam entregar os cargos caso sejam efetivadas indicações políticas na superintendência do Rio de Janeiro e em outros postos chaves do órgão.
Os seis subsecretários do órgão estão fechados nessa posição, segundo apurou o Estado. O efeito da entrega de cargos poderá ser em cascata, com outros chefes da alta administração da Receita.
O órgão se encontra em crise, pressionado pelo Executivo, Legislativo e Judiciário para mudanças em sua estrutura e na forma de atuação.
A situação se agravou com os relatos nos bastidores do órgão de que o secretário especial da Receita, Marcos Cintra, pediu ao superintendente da PF no Rio de Janeiro, Mário Dehon, a troca de delegados chefes de duas unidades no Estado – a Delegacia da Alfândega da Receita Federal no Porto de Itaguaí e da Delegacia da Receita Federal no Rio de Janeiro II, na Barra da Tijuca.
O pedido teria partido de familiares do presidente Jair Bolsonaro.
A Delegacia da Alfândega da Receita Federal no Porto de Itaguaí é estratégica no combate a ilícitos praticados por milícias e pelo narcotráfico em operações no porto, que incluem contrabandeado, pirataria e subvaloração de produtos.
Dehon, que está com o cargo ameaçado, recusou indicar o nome que foi sugerido, por entender que não preenchia os critérios técnicos para a indicação.
Procurado por meio da assessoria de imprensa, Cintra não se manifestou sobre a informação de que sugeriu troca de delegados na Receita. “Independentemente de quem tenha feito ou qual seja o ‘pedido’, tentativas como essa de interferência política no órgão são absolutamente intoleráveis, típicas de quem não sabe discernir a relevância de um órgão de Estado como a Receita Federal”, afirmou o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Sindifisco), em nota divulgada na noite desta sexta-feira, 16.
O sindicato diz também que “a possível exoneração de um superintendente por tal razão é algo jamais visto”.
O secretário Marcos Cintra, que vem sendo pressionado pelo Supremo, pelo ministério da Economia e pela cúpula do Congresso, também é alvo da insatisfação dos auditores-fiscais.
Os chefes da Receita veem omissão de Cintra na defesa do órgão.
A nota do Sindifisco critica também “omissão” do ministro da Economia, Paulo Guedes, e afirma: “Não há nada mais grave para um país em déficit fiscal do que ter um Governo que fomente crises no próprio órgão responsável pela fiscalização e arrecadação de tributos”. Integrantes da equipe econômica veem na postura dos auditores um movimento de luta por dentro do Fisco, em um momento em que está em curso uma reestruturação interna.
O último desdobramento no redesenho da Receita é a intenção, revelada pelo Estado, de transformar o órgão em uma autarquia.
A categoria teme que, na nova estrutura que vier a ser definida, a autonomia dos auditores fique comprometida, se for decidido que investigações fiquem sujeitas ao chefe da instituição, que é sempre apontado pelo presidente da República. O temor é que, aí sim, a influência política poderia ser institucionalizada.

Fonte: Breno Pires e Adriana Fernandes/O Estado de São Paulo
Foto: Receita Federal Foto: Divulgação

PRESIDENTE DO SENADO BRIGA NA JUSTIÇA PARA MANTER SIGILO DE GASTOS.

O setor de Transparência da Casa se negou a responder 45 pedidos de informações nos seis primeiros meses de 2019.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), briga na Justiça para que os senadores mantenham em sigilo as notas fiscais que justificam seus gastos com a chamada cota parlamentar até junho deste ano. Destinada a cobrir despesas relativas ao exercício do mandato, a cota varia entre R$ 30 mil e R$ 45 mil, a depender do Estado do congressista. O alvo da ação judicial é o próprio Alcolumbre, mas a decisão pode beneficiar a todos seus colegas na Casa.
Desde que assumiu a presidência do Senado – o que o torna também presidente do Congresso –, em fevereiro deste ano, ele vem se recusando a atender pedidos feitos pela Lei de Acesso à Informação (LAI) para que seu gabinete informe gastos com a verba parlamentar. Com o dinheiro, é possível pagar despesas com passagens, serviços postais, manutenção de escritórios de apoio à atividade parlamentar, hospedagem, combustível, entre outros.
O setor de Transparência do Senado se negou a responder 45 pedidos de informações nos seis primeiros meses de 2019. Desse total, 20 eram referentes a gastos de gabinete de diversos senadores. Os relatórios mostram que, na comparação com o mesmo período dos dois últimos anos, triplicou o número de pedidos de acesso à informação negados pelo Senado. A assessoria da presidência da Casa afirma, no entanto, que “nenhum pedido foi negado”, o que contraria relatórios disponíveis no seu próprio site.
As reiteradas negativas aos pedidos para que Alcolumbre revele suas notas fiscais estão sendo questionadas pela Justiça Federal, Ministério Público e Tribunal de Contas da União (TCU), órgão responsável por fiscalizar o Poder Legislativo. O processo judicial está mais adiantado.
Ação popular
Em abril, o advogado Marco Tulio Bosque entrou com ação popular contra Alcolumbre na 1.ª Vara da Justiça Federal em Uberlândia (MG) para cobrar a divulgação das notas fiscais. Ainda no dia 20 daquele mês, o juiz Lincoln Rodrigues de Faria acatou o pedido e determinou a quebra do sigilo. O senador recorreu por meio da Advocacia-Geral do Senado, que destacou três defensores para o caso. Enquanto isso, os dados continuam em segredo.
Na ação, Bosque argumenta que a decisão do presidente do Senado de impor o sigilo de suas contas viola o princípio da publicidade, da razoabilidade, da proporcionalidade e da transparência, além de impossibilitar o controle de “legalidade e legitimidade dos atos e gastos do erário público”.
LEIA MATÉRIA COMPLETA AQUI

Fonte: Estadão/Metrópoles
Foto: Daniel ferreira/Metrópoles


DIRETOR E COORDENADOR DO MISS & MISTER FALA DA ETAPA/ALEXANDRIA DO CONCURSO.

Na noite da última terça-feira, entrevistamos o promoter Francisco Oliveira, que é diretor e coordenador do miss e Mister RN. Detentor da franquia no estado, Francisco Oliveira e o decorador alexandriense Teté Moreira, fecharam parceria e o evento terá uma etapa na cidade oestana de Alexandria.
No diálogo com Francisco Oliveira, que mostrou-se extremamente solicito, ver-se que a intenção de expansão deste concurso para outras cidades, se faz necessário.



Gostaríamos que você fizesse uma breve explanação sobre o Concurso Miss & Mister Rio Grande do Norte?
Inicialmente, preciso deixar claro a diferença entre os concursos. Faz 20 anos que trabalha na área, promovendo e expandindo a beleza. A diferença entre os concursos, é a franquia, que deve ser adquirida por quem os organiza. O que levaremos para Alexandria, é exatamente o Miss Beleza Internacional e o Mister Brasil Universo, que, para chegar-se ao vencedor .
A vencedora da etapa em Alexandria, disputará o Miss Rio Grande do Norte Beleza Internacional 2020 e o vencedor, concorrerá ao Mister Rio Grande do Norte Universo 2020.







Quais são as dicas que um profissional da sua estirpe, daria aos jovens que haverão de disputar a etapa Alexandria?
É fundamental que se tenha um bom rendimento escolar. Que não deixe o foco nos estudos em segundo plano. Para se ter sucesso na carreira de Miss e Mister, deve ser inteligente. É crucial.
A questão de biotipo físico, é ultrapassado. Ser gordinha, magrinha, baixa, alta, top, não deve ser mais ser levado em consideração, somente. A inteligência, formação cultural, também é muito importante, nos dias atuais. Alexandria é notoriamente conhecida por ser uma terra de meninas e meninos muito bonitos. E tenho certeza que traremos um casal que disputará a etapa estadual com fortes chances.


Quanto as inscrições?
O nosso parceiro neste empreendimento, Teté Moreira, haverá de divulgar o período das inscrições em muito breve e o evento, possivelmente ocorrerá em setembro deste ano.
Na sua visão, pela sua experiência, qual a vantagem ao município, em sediar uma etapa deste evento?
O município, ao sediar uma etapa à nível municipal, que dará a grande oportunidade aos vencedores de disputar um evento em âmbito estadual, é a visibilidade. A cultura da beleza está em alta. A procura por concursos é muito grande, atualmente. Participamos de alguns programas de TV e isso é mais um dos atrativos tanto para a cidade, como para os vencedores em cada cidade.
Inclusive, temos um rapaz de Alexandria, que concorreu ao Mister Rio Grande do Norte e possivelmente, ele disputará um concurso à nível nacional, representando todo o RN. Isso é outra grande oportunidade de mostrar a cidade, suas qualidades e atrativos.








A parceria entre Francisco Oliveira e Teté Moreira, foi consolidada. Alexandria pode se vangloriar de ter essa etapa do Miss & Mister RN. O que você tem para acrescentar?
Confirmadíssima. Vamos fazer um evento para entrar no cenário da cidade de Alexandria e da região. Por que não tenho dúvidas, que será um embrião, para que outros municípios tenham o desejo de também promover nosso evento.
Aproveito a oportunidade e deixo o endereço de nosso instagram, para futuras consultas de como andam nossos eventos: @missemisterrnoficial@franciscoliveiraoficial

GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO REALIZA O 2º FESTIVAL DO FOLCLORE.

O município de Governador Dix-Sept Rosado, por meio da secretaria de Juventude, Cultura e Desporto, que tem o competentíssimo Marcelo Neves como titular da pasta, realizará no próximo dia 24, o 2º Festival do Folclore.
É o resgate das tradições
Criada em 1965, a data comemorativa alusiva ao dia do folclore brasileiro é em 22 de agosto. Entretanto, será celebrada naquela cidade, no sábado seguinte, dia 24.
A valorização de uma cultura de origem popular constituído pelos costumes e tradições populares, devem ser transmitidos de geração em geração, com o objetivo de preservar a nossa rica diversidade cultural.
“Percebe-se que a valorização nas artes de um modo geral, mais especificamente nas artes cênicas, danças e música, com a montagem de peças e composições musicais baseadas em temas do nosso folclore, aos poucos tem sido deixa de lado. Precisamos alavancar e promover nossas tradições, 
O termo Folclore, vem da união dos termos folk (povo) e lore (sabedoria ou conhecimento), que traduzindo-a, chegamos a sabedoria popular, disse o secretário Marcelo Neves.
O Brasil possui um folclore riquíssimo. São exemplos o carnaval, as farras de boi, as festas juninas, as cavalhadas, a festa do divino e as lendas do Curupira, do Saci Pererê, da Mula sem cabeça e muitas outras. Não podemos, nem tão pouco devemos, deixar cair no esquecimento, o que por séculos, estas manifestações são celebrados.

MOSSORÓ ALCANÇA 118 MORTOS VIOLENTAS EM 2019.


118ª – Jovem de 24 anos baleado no Sumaré morre no Tarcísio Maia.

Lucas Sinésio da Silva de 24 anos de idade, residente na Rua Brasiliana de Jesus no bairro Belo Horizonte, foi baleado dentro de casa na madruga de 09 de agosto, no Bosque dos Pássaros no Alto do Sumaré, morreu no final da manhã de hoje, 17, no Hospital Regional Tarcísio Maia.
Segundo informações, Lucas estava numa residência, na Rua Maria Linhares Nogueira no residencial Bosque dos Pássaros, na companhia de Mauricio Mateus Freitas e Silva, de 21 anos que foi assassinado no local. Mesmo ferido, Lucas Sinesio conseguiu fugir pulando os muros das residências e pediu socorro.
Lucas Sinésio da Silva, não resistiu a gravidade dos ferimentos provocados pelos tiros e morreu, por volta das 09h da manhã de hoje. O corpo foi removido para exames de necropsia na Unidade Regional do Itep em Mossoró e deverá ser liberado ainda na tarde de hoje.

Fonte: O Câmera
Título e Imagem Nossos

PROCURADOR DA ASSEMBLEIA É ENCONTRADO MORTO. FAMÍLIA DIVULGA HORÁRIO DO SEPULTAMENTO.

O Procurador da Assembleia Legislativa, Werner Hackradt, 59 anos, foi encontrado morto neste sábado (17), em seu apartamento.
É irmão do jornalista Sávio Hackradt.
A suspeita inicial é que a causa da morte tenha sido infarto fulminante.
O velório será será no Centro Funeral da Rua São José, onde ocorrerá Missa às 16h deste domingo (18).
O sepultamento ocorrerá às 17h no Cemitério de Nova Descoberta.





Fonte: Heitor Gregório

365 DIAS DE ANAELY. A POESIA DO PAI WESLEY ALMEIDA PAIVA.

A angústia deu
lugar à alegria
e o ultrassom
confirmou o que
já sabíamos:
o sexo era o mais forte,
aquele que serve
de abrigo à vida.

Acompanhamos
seu crescimento,
ouvimos as primeiras
palavrinhas
e descobrimos que a
inocência de um sorriso
é capaz de alegrar
o mais triste dos dias.

Você nos ensinou
que é possível
amadurecer
e que uma filha
acelera este processo.
(Assim nos tornamos
melhores e mais fortes.)

Hoje celebramos
seu primeiro aninho,
mas nós a amamos
desde a sua concepção
e haveremos de amar
pelo resto das nossas vidas.

Com amor,
seus pais Wesley e Rafaela.


Foto: Jayane Rodrigues/Belshi Studio