RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

segunda-feira, 22 de maio de 2017

JANDUÍS: JOZENILDO RECEBE COMENDA "DESTAQUE DA MÍDIA".

Pela segunda oportunidade, o vereador janduiense Jozenildo Morais recebeu no último sábado, mo Ginásio de Espotes "O Ferreirão, em Alexandria, a Comenda "DESTAQUES DA MÍDIA", como vereador mais atuante daquele município. Jozenildo disse de sua satisfação em ser novamente agraciado: "Esta é uma nítida demonstração de gratidão e reconhecimento. A conquista de mais uma comenda para mim, é simbólica. Aqui tem a colaboração efetiva de todos os meus munícipes. Vamos continuar trabalhando para melhorar as condições de vida do nosso povo e diminuir as injustas sociais no município de Janduís. Agradeço a Deus, aos meus familiares e amigos por confiarem no nosso trabalho. Isto não me envaidece. Ao contrário, aumenta a responsabilidade e vontade de querer lutar mais por nossa cidade e nossa gente. Aos profissionais da imprensa, principalmente ao amigo Mozart, posso assim chamá-lo, por realizar este evento sem obter lucros, de forma despretensiosa, somente para agraciar àqueles que com trabalho e compromisso com o seu povo, são os destaques da mídia do ano de 2016", afirmou o parlamentar.

DEFESA FEZ PERÍCIA PRÓPRIA E DESISTE DE SUSPENDER INQUÉRITO PARA INVESTIGAR TEMER.

Advogado diz que perícia apontou 70 'pontos de obscuridade' na gravação da conversa entre Temer e empresário. Com isso, quer agora que inquérito prossiga para 'provar a inocência' do presidente.

O advogado Gustavo Guedes, que integra a defesa de Michel Temer, disse nesta segunda-feira (22) que a defesa não vê mais necessidade de o plenário do Supremo Tribunal Federal julgar o pedido de suspensão do inquérito que investiga o presidente.
Segundo ele, a defesa contratou uma perícia própria que constatou 70 "pontos de obscuridade" na gravação da conversa entre Temer e Joesley Batista, na qual a Procuradoria Geral vê indício de cometimento, pelo presidente, de crimes de obstrução à Justiça, corrupção passiva e organização criminosa. Na conversa, o empresário faz relatos de crimes a Temer, sem que nenhuma providência tivesse sido tomada.
Guedes disse que, como a defesa tem segurança de o áudio é "imprestável", quer agora que o inquérito prossiga para "provar a inocência" do presidente.
Ele deu as declarações depois de ser recebido numa audiência de 15 minutos no gabinete do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo.
"Nós contratamos uma perícia particular no final de semana. O Dr. (Antônio Cláudio) Mariz [dono do escritório de advocacia que defende Temer] contratou uma perícia em São Paulo. Nós nos sentimos atendidos com o pedido da perícia atendido e, portanto, vemos a desnecessidade de suspender (o inquérito). O presidente a partir do resultado dessa nossa perícia o presidente quer que essa situação seja esclarecida o mais rapidamente possível. (...) O presidente quer dar essa resposta ao país o mais rapidamente possível", disse Guedes.
Gustavo Guedes afirmou que a única prova do inquérito contra Temer é o áudio e que, na avaliação da defesa, o material é "imprestável".
"A defesa do presidente contratou uma perícia e a perícia no final de semana verificou que não havia 50, nem 14 pontos de edição, e sim 70 pontos de obscuridade no material. Nós fizemos agora um pedido dizendo o seguinte: já que nós temos agora o resultado de um trabalho que a gente confia, nós queremos que esse inquérito se ultime o mais rapidamente possível. (...) O importante é que em relação ao presidente a prova que há é o áudio, não há nada mais. E esse áudio, segundo as perícias, é na nossa avaliação imprestável", disse.
Desistência
Na tarde desta segunda-feira, a defesa de Temer protocolou documento no STF informando que desistiu do pedido de suspensão de inquérito.
Segundo o documento, com a decisão de Fachin de determinar a perícia, "a defesa avalia estar satisfatoriamente atendido seu pleito". Com isso, afirma que o pedido de suspensão de inquérito "acha-se prejudicado, por falta de interesse processual".
"Como vem repetindo publicamente, o presidente da República é o maior interessado na rápida e cabal elucidação dos fatos. Por outro lado, não há dúvidas de que a perícia nos áudios é questão preliminar, prejudicial em relação a quaisquer outras diligências. Tanto que foi correta, imediata e urgentemente deferida por Vossa Excelência, para que ela seja realizada prioritariamente. E, também, já foi determinado prazo para as partes se manifestarem sob o futuro das investigações, diz a defesa.
Após a perícia ser concluída e as partes se manifestarem, a defesa poderá se manifestar pelo arquivamento do inquérito, por exemplo, e a questão será julgada pelo plenário do STF, mas não há previsão para isso.
VEJA MATÉRIA COMPLETA AQUI

Fonte: Mariana Oliveira - TV Globo/G1

LUCIANA GIMENEZ CHAMA DESEMPREGADOS DE "SENZALA" EM VÍDEO.

Brincadeira de mau gosto aconteceu durante uma confraternização da apresentadora com pelo menos 7 funcionários.

Luciana Gimenez entrou na mira do Coletivo Sistema Negro, de defesa da igualdade racial, depois de cometer um deslize ao confraternizar com seus empregados no dia da festa de 18 anos do filho, Lucas Jagger. Em um vídeo publicado no Instagram — e já fora do ar –, a apresentadora da RedeTV! chega à cozinha e dispara, “Tá rolando uma bagunça aqui na senzala, é?”. Na sequência, pode-se contar sete funcionários na ampla cozinha de Luciana, que é casada com o dono da emissora onde trabalha, o empresário e também apresentador Marcelo de Carvalho.
Para o Coletivo Sistema Negro, que recuperou o vídeo e o publicou em seu perfil no Facebook, o caso é de racismo. “Enquanto isso, no #PaísdaHerançaEscravocrata, vemos pessoas públicas usando irresponsavelmente termos que remetem a um período desumano e violento para nós, negros e negras”, diz texto publicado pelo grupo juntamente com o vídeo.
“Luciana Gimenez – e qualquer outra pessoa não-negra, pública ou não pública: tenha mais responsabilidade social, histórica e cultural com o que fala, mesmo no momento de ‘descontração’. Senzala não é brincadeira. Senzala é violência, é dor, é o território específico da desumanização que por 4 séculos nós negros sofremos nesse país. Senzala é o lugar do abandono, da inivisibilidade”, continua o post, que pode ser conferido abaixo.
“Senzala é lugar do estupro das mulheres negras, da bestialização dos homens negros, do desmanche da família negra e da perpetuação do racismo nas instâncias mais subjetivas que ainda atingem o povo negro, como em sua afetividade. Senzala não é brincadeira. Escravidão não foi brincadeira. Palavras têm história, e a história dessa é uma só: Racismo. Respeite essa história. Respeite e entenda as marcas que ela ainda mantêm na nossa sociedade. Em suma, ‘meça suas palavras, parça’. Nosso lugar não é na Senzala. Nosso lugar vem do Quilombo!”
Crime
Apesar de entender o caso como de racismo, o Coletivo Sistema Negro não pretende levá-lo à Justiça — racismo, como se sabe, é crime. “A intenção é mostrar que é necessário ter cuidado com o valor que as palavras têm, em especial por ela ser uma pessoa pública”, diz nota do grupo enviada a VEJA. “Processo judicial não faz sentido nesse caso, pois além de ser gasto de tempo e dinheiro, não teria valor pedagógico.”
Procurada, a apresentadora Luciana Gimenez também não foi encontrada. Até o fechamento desta nota, a posição da assessoria de imprensa da apresentadora era a de que ela não se pronunciaria a respeito.

Fonte: Maria Carolina Maia

INEP DIVULGA RESULTADOS PRELIMINARES DA AVALIAÇÃO DE ALFABETIZAÇÃO PARA ESCOLAS.

As escolas poderão consultar a partir desta segunda-feira (22) os resultados preliminares dos estudantes na Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA). Caso discordem dos resultados, as escolas podem interpor recurso até o dia 5 de junho. A divulgação dos resultados finais será realizada em agosto, quando a imprensa, os gestores públicos e demais interessados terão acesso aos dados da avaliação.
A ANA avalia os níveis de alfabetização e letramento em língua portuguesa, a alfabetização em matemática e as condições de oferta do Ciclo de Alfabetização das redes públicas. Passam pela avaliação todos os estudantes do 3º ano do ensino fundamental matriculados nas escolas públicas no ano da aplicação da avaliação. Em 2016, os testes foram aplicados para 2,5 milhões de estudantes, de 50 mil escolas e 100 mil turmas.
Terão acesso aos resultados apenas as instituições de ensino com, no mínimo, dez estudantes matriculados no momento da avaliação e que tiveram taxa de participação de 80% dos estudantes matriculados no 3º ano, de acordo com os dados do Censo Escolar 2016. As escolas devem manter seus cadastros atualizados junto ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para receberem os resultados.
Últimos resultados
Os últimos resultados da avaliação, de 2014, mostram que pouco mais de 56% dos estudantes do 3º ano do ensino fundamental de escolas públicas não conseguiram superar os dois primeiros níveis do aprendizado de matemática, ou seja, não conseguem, por exemplo, resolver alguns tipos de problemas com número naturais maiores que 20 e ler horas em relógio analógico (de ponteiro).
Em leitura, a maioria dos alunos (55%) ficou nos dois piores níveis, dentre quatro, significando que eles não conseguem localizar informação explícita em textos de maior extensão e identificar a quem se refere um pronome pessoal.
No caso da escrita, que tem cinco níveis, cerca de 65% dos alunos alcançaram os dois melhores patamares da avaliação, o que significa que eles têm capacidade de escrever palavras com diferentes estrutura silábicas e um texto corretamente e com coerência.

Fonte: Agência Brasil/Jornal do Brasil

ALAM PERDE CÍCERO NETO.

A Academia de Letras e Artes de Martins - ALAM, perde um dos seus produtivos e queridos sócios: Cícero Onofre de Andrade Neto
Cícero Neto era natural de Martins, filho de Manoel Onofre de Souza e Maria Cristalina da Costa Onofre. Nascido em 09 de outubro de 1951, era Doutor, Pesquisador e Professor Universitário, com 02 livros publicados, mais de 30 capítulos em outros 13 livros, aproximadamente 150 artigos publicados. Faleceu em Natal, neste dia 22 de maio de 2017, acometido de um derrame. Ocupava a Cadeira 27 da ALAM e tinha como patrono João Onofre Pinheiro de Andrade. Cícero Neto era irmão do também acadêmico Manoel Onofre de Souza Júnior.
O Velório será no Morada da Paz, em Emaus, a partir das 14:00 horas e o sepultamento as 19:00 horas.
Com informações de Taniamá Barreto, via whatsapp

MEDO DE BAIXA ADESÃO FAZ JANTAR COM A BASE VIRAR "ENCONTRO INFORMAL".

Reunião com líderes governistas iria analisar impacto da delação da JBS no Congresso.

O líder do PMDB, deputado Baleia Rossi (SP) disse no fim da tarde deste domingo que foi cancelado o jantar que havia sido convocado pelo governo no Palácio da Alvorada com líderes da base aliada. Após tentar mobilizar os parlamentares que dão sustentação ao governo, alguns líderes e auxiliares do presidente Michel Temer começaram a manifestar preocupação com a repercussão de uma eventual baixa adesão ao jantar. E passaram a afirmar que o evento está mantido, mas que na verdade será um encontro menor, mais informal, com quem estiver em Brasília. Segundo Baleia Rossi, muitos parlamentares não conseguiram voo para Brasília.
- Vamos fazer uma reunião com quem estiver aqui. Muitos não conseguiram voo no domingo para Brasília - explicou Baleia Rossi.
O líder do Solidariedade, Aureo (RJ), é um dos líderes convidados e que não virão. Segundo ele, o convite foi feito muito em cima da hora e ele não pode cancelar os compromissos que já havia assumido no Rio, para voltar a Brasília antecipadamente.
- Não consigo ir, fui convidado muito em cima. Não deu para ninguém se programar. É um dia que ninguém está em Brasília, fica difícil juntar muita gente - disse.
Sobre a crise, Aureo afirmou que "o clima muda toda hora" e que é difícil tecer um juízo de valor neste momento, antes de saber o desdobramento do pedido de suspensão do inquérito aberto pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para investigar supostos crimes praticados por Temer, após revelações da delação da JBS.
- Temos que esperar o STF para termos mais clareza. O mais triste dessa história é ver nossa economia se desfazer - pontuou.

Fonte: Catarina Alencastro/O Globo

LAJES PINTADAS: PREFEITA ANTÔNIA FURTADO FOI AGRACIADA COM COMENDA PELO 100 PRIMEIROS DIAS DE GESTÃO.

A prefeita Antônia Furtado, de Lajes Pintadas, recebeu no último sábado na cidade de Alexandria, a comenda referente ao 6º Prêmio “DESTAQUES DA MÍDIA”, pelos 100 primeiros dias de gestão. Preta, como é conhecida, foi indicada como a melhor administradora municipal da Microrregião da Borborema Potiguar, que é composta por 16 municípios. Até a 5ª edição, foram indicados autoridades políticas do Oeste potiguar, entretanto, a partir do 6º evento a empresa coordenadora, a LOGOS - Assessoria e Pesquisa de Gestão estendeu a comenda a 125 municípios do Rio Grande do Norte e algumas cidades paraibanas. 
O intento é que na 7ª edição possamos chegar a agraciar vereadores e secretários municipais de todas as 167 cidades potiguares e 19 prefeitos representando as 19 microrregiões do RN. Alguns municípios da Paraíba e do Ceará também deverão ter seus representantes, como forma de tornar mais visível ainda o Prêmio "DESTAQUES DA MÍDIA", nestes estados, para futuramente ser realizados eventos, nos mesmos moldes que já ocorre no RN, porém em respectivas cidades paraibana e cearense.
Este evento, que ocorre faz 6 anos, sendo assim criado em 2011, visa reconhecer de forma pública, o desempenho de vereadores, prefeitos e autoridades de diversas áreas, que notoriamente tenham sido destaques em suas funções. Diga-se de passagem, que o 6º Prêmio "DESTAQUES DA MÍDIA", deveria ser realizado no final do ano passado, já que é pertinente ao ano de 2016, porém, por problemas pessoais do idealizador, não pode ser concretizado ainda no ano passado, sendo assim adiado para 20 de maio de 2017. Ressaltar vale que o 7º Prêmio "DESTAQUES DA MÍDIA" que no caso será referente ano ano de 2017, já tem data marcada. Será em 25 de novembro próximo.




domingo, 21 de maio de 2017

AO MAISPB, ALGOZ DE DILMA DEFENDE CASSAÇÃO DE MICHEL TEMER.

No dia 17 de abril de 2016, o plenário da Câmara dos Deputados autorizou a abertura do processo de impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff (PT). À época, o pedido foi apresentado pelos juristas Miguel Reale Júnior e Janaína Paschoal, que levaram em base os crimes de improbidade administrativa e desrespeito à Lei Orçamentária do Governo Federal. Hoje, pouco mais de um ano depois, o Brasil começa a vivenciar um episódio semelhante. No Congresso Nacional já são oito pedidos, feitos por partidos políticos, de saída de Michel Temer (PMDB) da Presidência da República e um novo que será encabeçado pela Ordem dos Advogados do Brasil.
Em entrevista exclusiva ao Portal MaisPB, neste domingo (21), a advogada Janaína Paschoal garantiu a existência de indícios que possam cassar Temer, mesmo que, segundo ela, sejam menores que os crimes cometidos por Dilma.
“Eu acho que a gente não pode fugir de olhar para a realidade. Essa delação que foi feita evidencia pelo menos uma quebra de decoro por parte do presidente da República, na medida que ele recebe esse cidadão no Palácio, ouve confissões de crimes graves e não toma providências. Eu acho que há elementos para tanto. Muito embora os crimes de Dilma sejam mais graves, a população não reconhece por questões partidárias, mas são muito mais graves do que esse do Temer”, mas há elementos.
VEJA MATÉRIA COMPLETA AQUI

EX-PREFEITO LAWRENCE AMORIM RECEBEU COMENDAS COMO MELHOR GESTOR DA MICRORREGIÃO DE UMARIZAL E COMO PERSONALIDADE POLÍTICA.

O ex-prefeito de Almino Afonso, Lawrence Carlos de Amorim Araújo, foi agraciado na noite de ontem, com duas comendas. Lawrence foi escolhido o melhor prefeito da Microrregião de Umarizal, no ano de 2016 e como uma das 15 personalidades potiguares de maior destaque em diversas áreas.
Na ocasião, o ex-prefeito almino-afonsense citou a importância do "DESTAQUES DA MÍDIA", no cenário sócio-político do Rio Grande do Norte e desejou que todos os demais homenageados desempenhem de forma melhor a cada dia mais os mandatos e profissões que os levaram ao palco da LOGOS.
"Vejo que é desta forma que mostramos o quanto somos importantes para nossos municípios e para o RN. E esta homenagem somente aumenta nossas responsabilidades. Agradeço a população de Almino Afonso pela indicação e a LOGOS pela seriedade com que trata o "DESTAQUES DA MÍDIA. Não é á toa, que estamos no 6º ano consecutivo de premiação. Isso é fruto de esforço, comprometimento e dedicação do seu idealizador, Mozart Maranhão e da credibilidade que este adquiriu no meio pol´tiico do Rio Grande do Norte", finalizou Lawrence Amorim.

GOVERNO REDUZ EQUIPE DA LAVA JATO E CORTA VERBA DA PF.

Número de delegados destacados para força-tarefa, em Curitiba, caiu de 9 para 4 e previsão de contingenciamento de 44% do dinheiro de custeio da polícia atingem diretamente investigações do escândalo Petrobrás.

Sob o governo do presidente Michel Temer (PMDB) e suspeitas de interferência política, a Polícia Federal reduziu a equipe destacada para a força-tarefa da Operação Lava Jato, em Curitiba, e contingenciou 44% do orçamento de custeio previsto para 2017.
É o primeiro corte expressivo no efetivo de investigadores, nos três anos do escândalo Petrobrás, que revelou um megaesquema de cartel e corrupção que abasteceu nos últimos 13 anos os cofres dos partidos da base e da oposição dos governos Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.
Deflagrada em março de 2014, a Lava Jato é a maior e mais longeva operação de combate à corrupção da PF, realizada em conjunto com o Ministério Público Federal e a Receita Federal.
Suas descobertas levaram para a cadeia empresários como Marcelo Odebrecht, Eike Batista, o banqueiro André Esteves, ex-ministros como José Dirceu e Antonio Palocci, o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e colocou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pela primeira vez, no banco dos réus. O escândalo ainda criou as condições para o impeachment da presidente Dilma Rousseff – cassada em agosto de 2016 – e, agora, ameaça o mandato de Temer.
Origem das apurações de desvios na Petrobrás, a equipe da Lava Jato, em Curitiba, era composta por nove delegados federais até o início de 2017, que atuavam exclusivamente no caso. Hoje, quatro delegados cuidam dos cerca de 180 inquéritos em andamento e há a intenção de se acabar com a atuação exclusiva deles para a força-tarefa.
“Será o fim da Lava Jato”, afirmou um membro da força-tarefa, em Curitiba, sob a condição de não ter o nome revelado.
No início do ano, o efetivo total chegou a ser de quase 60 policiais – entre delegados, agentes e peritos. Hoje, não passa de 40 e sem atuação exclusiva.
VEJA MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI

Fonte: Ricardo Brandt e outros/Estadão


SECRETÁRIA DE SEGURANÇA PÚBLICO DO RN PRESTIGIA O 6º "DESTAQUES DA MÍDIA"

Sheila Freitas, Secretária de Estado da Segurança Pública citou a necessidade da união de todos, em prol da segurança pública.

A secretária de Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Rio Grande do Norte, Sheila Freitas, esteve na noite de ontem prestigiando a cerimônia de entrega do 6º Prêmio "DESTAQUES DA MÍDIA". Na oportunidade, diversas autoridades se fizeram presentes recebendo a comenda e/ou valorizar a iniciativa da LOGOS - Assessoria & Pesquisa de Gestão. O evento teve sua 6ª edição e agraciou, além de 70 vereadores, 64 secretários municipais e 10 gestores do Oeste potiguar, trouxe parlamentares de outras regiões do RN, como forma de expandir ainda mais este prêmio.
Em seu discurso, Dra. Sheila Freitas enalteceu a criação deste prêmio e citou que o "DESTAQUES DA MÍDIA" eleva de forma significativa o trabalho desenvolvido pelos jubilados e disse dentre outros pontos da sua atenção a segurança pública do Rio Grande do Norte: "Nós não podemos deixar o nosso estado entregue a bandidagem. E aproveito este evento, onde reunidos estão diversos políticos do RN, para conclamar à vocês, que nos unamos. Fiz um convite a Fecam e Femurn, que são as federações que reúnem grande parte dos políticos que aqui estão, para que seja marcado uma ampla reunião e que de lá saia reivindicações e principalmente ações que permitam encerrarmos o violência que assola no estado. Conto com todos vocês lá", finalizou Sheila Freitas.


sábado, 20 de maio de 2017

VÍDEO: FILHA DE SÍLVIO SANTOS E PRIMEIRA-DAMA DO RN PARTICIPARAM DE JANTAR PARA NEGOCIAR PROPINA, DIZ DELATOR.

Patrícia Abravanel, filha de Silvio Santos, teria participado de jantar na casa de Joesley Batista, sócio da JBS, para negociar propina em favor de Robinson Faria (PSD-RN), atual governador do Rio Grande do Norte. O relato foi feito por Ricardo Saud, diretor do grupo empresarial, e está em um dos vídeos da deleção premiada divulgados nesta sexta-feira (19).
Segundo conta Saud no depoimento, Abravanel teria ido ao encontro para acompanhar o noivo Fábio Faria, deputado federal pelo PSD-RN e filho de Robinson. O propósito da reunião seria arrecadar fundos para a campanha de Robinson, que terminou eleito em 2014.
“Foi um jantar muito elegante. Foi o Fábio Faria com a noiva dele, Patrícia Abravanel, filha do Silvio Santos, o Robinson Faria com a esposa dele, nós todos com as nossas esposas para tratarmos de propina”, disse. “Até bacana, né? Todo mundo com as esposas junto”, acrescentou, ironicamente. À época noivos, Patrícia e Fábio se casaram em abril de 2017.
VEJA VÍDEO AQUI

Fonte: Heitor Gregório, com informações do UOL

GOVERNO DO RN NÃO TEM PLANO PARA BARRAR VIOLÊNCIA EM MOSSORÓ.

Em rápida passagem pela cidade de Mossoró na manhã desta sexta-feira o governador Robinson Faria deixou claro que o governo não tem um plano montado para barrar o cenário de violência desenfreada que atinge a cidade há vários meses.
Indagado sobre as medidas que poderiam ser adotadas para coibir o cenário desenfreado de violência que atinge a cidade, o Governador apresentou uma lista de investimentos encaminhados que até o momento não resultaram em mudanças no cenário.
Robinson destacou que o Governo prepara novos investimentos, mas nenhum que possa garantir tranquilidade a sociedade mossoroense a curto e médio prazo.
“Eu já trouxe pra cá o Ronda Cidadã. Vamos incrementar o Ciosp de Mossoró integrando ao Ciosp de Natal. Vamos aumentar o número de câmeras, e estou tentando ver se com este concurso que estou fazendo para aumentar o efetivo posso fazer um segundo
Ronda Cidadã em Mossoró”, destaca Robinson.
Tido como a grande arma do Governador para conter o clima de insegurança que atinge Natal e Mossoró o Ronda Cidadã foi instalado em Mossoró para atender apenas seis bairros. A expansão do programa na cidade depende do aumento do efetivo da PM e não estaria garantida pelo Governo.
“De repente pode ocorrer ainda no meu mandato. Estou tentando. Não vou dizer que está certeza. mas gosto muito de ousar. Gosto da ousadia, de buscar coisas impossíveis. Já falei com a secretaria Sheila e ela já tá sabendo do pensamento do Governador. Quero ver se dá tempo de ter mais um Ronda Cidadã em Mossoró”, conclui Robinson.
Após equiparar o recorde da marca de cem homicídios registrada no último dia 17, e registrar um desenfreado numero de assaltos e invasão de residências, o município enfrenta o pior momento de sua história.
Os casos mais graves que estavam limitados a guerra entre facções e disputas entre traficantes de drogas, passam a contar com um número crescente de pessoas feridas a bala durante tentativa de assalto.
Os números se converteram num titulo indesejado. Em recente pesquisa, a segunda maior cidade do Rio Grande do Norte aparece como a 18ª cidade mais violenta do mundo.

Fonte: Márcio Costa/O Mossoroense

A RENÚNCIA DO PRESIDENTE.

Um presidente da República aceita receber a visita de um megaempresário alvo de cinco operações da Polícia Federal que apuram o pagamento de milhões em propinas entregues a autoridades públicas, inclusive a aliados do próprio presidente. O encontro não é às claras, no Palácio do Planalto, com agenda pública. Ele se dá quase às onze horas da noite na residência do presidente, de forma clandestina. Ao sair, o empresário combina novos encontros do tipo, e se vangloria do esquema que deu certo: "Fui chegando, eles abriram. Nem perguntaram o meu nome". A simples decisão de recebê-lo já guardaria boa dose de escândalo. Mas houve mais, muito mais.
Em diálogo que revela intimidade entre os dois, o empresário quer saber como anda a relação do presidente com um ex-deputado, ex-aliado do presidente, preso há meses, acusado de se deixar corromper por milhões. Este ex-deputado, em outro inquérito, é acusado inclusive de receber propina do empresário para facilitar a vida de suas empresas no FI-FGTS da Caixa Econômica Federal. O presidente se mostra amuado, e lembra que o ex-deputado tentou fustigá-lo, ao torná-lo testemunha de defesa com perguntas que o próprio juiz vetou por acreditar que elas tinham por objetivo intimidá-lo.
Ao ouvir esse relato do presidente, o empresário procura tranquilizá-lo mostrando os préstimos que fez. Diz, abertamente, que "zerou" as "pendências" com o ex-deputado, que tinha ido "firme" contra ele na cobrança. E que ao zerar as pendências, tirou-o "da frente". Mais tarde um pouco, em outro trecho, diz que conseguiu "ficar de bem" com ele. Como o presidente reage? Com um incentivo: "Tem que manter isso, viu?"
LEIA MATÉRIA COMPLETA AQUI

Fonte: O Globo

PF INTERCEPTOU CONVERSAS TELEFÔNICAS ENTRE GILMAR E AÉCIO NEVES.

Conversa entre Michel Temer e o deputado Rodrigo Loures também foi grampeada.

O senador afastado Aécio Neves, em conversa interceptada pela PF com ordem judicial na Operação Patmos, "pediu ao ministro [Gilmar Mendes] para que telefonasse para o senador Flexa Ribeiro (PSDB)", de acordo com relatório policial. A conversa ocorreu no dia 26 de abril, e dizia respeito a votação de projeto.
No diálogo, o senador investigado pedia que o magistrado conversasse com Flexa Ribeiro, para que este seguisse a orientação de voto proposta pelo presidente do PSDB no projeto sobre "abuso de autoridade", em discussão no Congresso Nacional.
A PF também interceptou conversa do presidente Michel Temer com seu ex-assessor e homem de confiança, o deputado federal Rodrigo Loures (PMDB-PR), que foi flagrado recebendo R$ 500 mil. Na ocasião, Temer falava sobre uma expectativa do deputado sobre as novas regras para o setor de portos.
Os documentos indicam que Aécio e Loures que estavam com os aparelhos telefônicos grampeados. Relatórios sobre essas ligações estão em documentos divulgados pelo STF nesta sexta-feira (19), por ordem do ministro do STF, Edson Fachin.

Fonte: Jornal do Brasil
Ouça áudio AQUI