RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

PRIMEIRA MULHER A COMANDAR A SEGURANÇA PÚBLICA NO RN, KALINA LEITE SE DIZ PRONTA PARA O CARGO.

Nos últimos 3 dias, o Blog solicitou que leitores, pessoas da sociedade, sem vinculações políticas, fizessem um pedido ao governador Robinson Faria.
E a segurança pública foi o tema mais batido.
Trabalho extra para a advogada-delegada Kalina Leite Gonçalves, que já foi secretaria adjunta, corregedora da Polícia Civil, e atualmente interventora da Fundac, e que assume a titularidade da Segurança Pública Estadual como a a primeira mulher a ocupar o cargo no Rio Grande do Norte.
O povo pede segurança.

LEIA A ENTREVISTA COMPLETA DA JORNALISTA THAÍSA GALVÃO, COM A FUTURA SECRETÁRIA DE SEGURANÇA, CLICANDO AQUI


POR 7 X 2, PREFEITA DE PUREZA É CASSADA PELA CÂMARA.

A prefeita Maria Conceição da Costa (PT), conhecida por Maria do Sindicato, foi cassada pela câmara municipal de Pureza, por 7 x 2, na manhã desta segunda-feira (29). Assumirá a prefeitura a atual vice-prefeita Edilma, que já foi empossada pela câmara municipal.
Maria do Sindicato que ainda estava no seu primeiro mandato não correspondeu aos anseios do povo purezense, derrotou candidatos tradicionais da cidade, mas a falta de experiência e uma equipe que não ajudava muito na sua administração levou Maria a perder o mandato. Ano passado Maria do Sindicato decretou ponto facultativo no dia do seu aniversário, Veja matéria AQUI. Ainda cabe recurso

Fonte: http://www.edigarabencoado.com/ , com informações do blog o Paralelo

SERRA NEGRA DO NORTE: A CULPA É DO EX-PREFEITO ROGÉRIO FARIA.

O último dia de todo ano, enquanto vida Rogério Faria, ex-prefeito de Serra Negra do Norte, tiver, será uma lembrança amarga. Um gestor que, para derrubar o candidato contrário em 2012, garantiu veementemente em praça pública durante a campanha, que Urbano Faria era competente e responsável e que seria a continuidade da gestão dele, hoje torna-se o principal responsável não só pelo desastre administrativo que instalou-se em Serra Negra do Norte, que hoje ver-se sem aquele que eleito foi para os 4 anos seguintes.
Lembro-se bem e muito bem, que criou-se uma alcunha denominada "o menino", como meio de, maldosamente, denegrir a imaginem do candidato contrário em 2012. Entretanto, como diz o adágio popular, o tiro saiu pela culatra. O apelido, proliferou-se no município, sendo o jargão da campanha, já que tornou-se o sinônimo do postulante do PSDB. Urbano Faria, prefeito demissionário de Serra Negra do Norte no dia de hoje, ouviu seu primo. Aluízio Faria, no início da campanha, chamar Serginho de "menino", entendendo-se, que Sérgio Fernandes não tinha maturidade para administrar a cidade de Serra Negra do Norte. Menino, no mais suave significado, denota imaturidade. Mas Sérgio Fernandes só tinha e tem de menino, a pureza nas palavras e ações. Além de uma visão aguçada, olhando sempre para o futuro cada vez melhor, assim como um comportamento digno de um dos maiores caráter da bela Serra Negra do Norte. Não deve a absolutamente ninguém, neste quesito. É digno e respeitado. Caso contrário, mostrem um só desvio de conduta desse menino-homem...
Um dia, Sérgio Fernandes dirigiu-se ao notório e grande cidadão Clementino Bezerra, denominando-o de "uma das reservas morais do Seridó". Mais que merecido. Clementino Bezerra, quatro vezes prefeito de Serra Negra do Norte, (sem nunca ter renunciado o mandato), é uma lenda viva e que merece todo o respeito possível. Talvez seja prepotência igualar o legado de Sérgio Fernandes ao desta figura de tão grande quilate, entretanto, podemos adicionar-lo a este seleto grupo. É um menino-homem que jamais teria esta atitude, de renegar os votos atribuídos nas urnas. Deixar uma parte da população, órfã.
Mas, orfandade de quem pouco preocupou-se com os seus, não é orfandade. É prêmio. Serra Negra do Norte, que mesmo administrada pela "palavra dura e seca" de Rogério Faria entre 2005/2012, cresceu e foi destaque no estado, hoje ver-se apagada e sem brilho. Ofuscada pela desastrosa administração de Urbano Faria.
O discurso seria outro. A suposta maturidade e experiência de vida, antes creditada a Urbano Faria, se confunde com o ato irresponsável de renúncia. O país tem mais de 5.000 cidades, que passam pelo mesmo "sufoco" em termos financeiros. E muito raramente ver-se um gestor, eleito pelo povo, deixar este povo contando carneiros.
Não se tem dúvidas, que o "Menino", tem muito mais experiência e responsabilidade que o antes rotulado de responsável e gestor contínuo da administração anterior.

URBANO FARIA RENUNCIA AO CARGO DE PREFEITO DE SERRA NEGRA DO NORTE.

O prefeito Urbano Faria confirmou em entrevista ao programa alerta geral nesta quarta-feira (31) que não é mais prefeito da cidade de Serra Negra do Norte. Urbano confirmou que está renunciando ao cargo de prefeito no qual foi eleito em 2012.
O agora ex Prefeito disse que as dificuldades financeiras do município o levaram a tomar a decisão. Urbano disse que não estava conseguindo dormir com as preocupações de ter que cumprir com todas as obrigações de prefeito.

“Prezado Presidente, estimados vereadores,

O apoio de vários amigos e aliados políticos que compartilharam dos mesmos ideais que os meus, me conduziram, nas eleições de 2012, ao cargo de Prefeito Municipal de Serra Negra do Norte. Desde então, sob um firme alicerce, construído à base de honestidade, muita dedicação e trabalho, juntamente com grandes vereadores, secretários municipais, funcionários públicos e a população, aos quais tive a honra de trabalhar exercendo o cargo de gestor municipal deste 1º de janeiro de 2013. Até o momento foram 02 anos de minha vida que dediquei integralmente a Serra Negra do Norte os quais me encheram de orgulho, pois pessoalmente me coloco numa posição privilegiada por ter recebido a honrosa missão de administrar o futuro de um povo, do meu povo.
Porém, as consequências dessa escolha têm me surpreendido nos últimos dias, uma vez que a dedicação exclusiva, a qual me referi anteriormente com grande orgulho, vem gradativamente comprometendo a minha saúde e com isso, gerando prejuízos a minha disponibilidade em atuar na vida pública.Embora tenha tentado por diversas vezes conciliar o tempo de atuação enquanto Prefeito com a vida particular, logo identifiquei que o “ser prefeito” exige bem mais do que eu hoje tenho condições de oferecer saudavelmente. E o momento exige uma decisão. Desta forma, comunico a esta Casa Legislativa Municipal, sob minha estrita iniciativa e por motivo de foro pessoal, conforme fundamentado, minha RENÚNCIA ao cargo de Prefeito Municipal de Serra Negra do Norte em caráter irretratável e irrevogável, sendo seus efeitos a partir desta data. Posto isto, encerrarei a atuação como Prefeito Municipal, mas não me desligarei completamente, pois como cidadão, agora com experiência e conhecimento em gestão pública, ficarei sempre a disposição para qualquer situação que se fizer necessário em favor do nosso município.
De sorte, Serra Negra do Norte conta com um Vice-Prefeito honesto, trabalhador, sério, competente e plenamente responsável, que vem ajudando a cidade e ser conduzida de modo exemplar.Rogo a Deus que abençoe a missão do Dr. Alysson Moisés de Medeiros com uma gestão produtiva e cumpridora da Lei, na certeza de que dará rumos ainda mais desenvolvimentistas a nossa querida cidade, pois reúne todas as qualidades fundamentais para tanto. Entrego a vocês, Senhor Presidente e Senhores Vereadores, e ao Vice-Prefeito Municipal uma Prefeitura que apresenta uma gestão ordeira; cumpridora de suas obrigações fiscais, administrativas e financeiras; orçamento equilibrado, folha de pagamento funcional e social em dia; e fornecedores parceiros do município.
Faço então minhas reverências e agradecimentos a todos os vereadores que compartilharam comigo o desenvolvimento desta Cidade; aos secretários municipais e demais colaboradores de escolha pessoal que atuaram diretamente comigo na Prefeitura; a todos os funcionários públicos municipais pela dedicação e compromisso com a Cidade; à minha família que sempre esteve comigo pessoalmente, profissionalmente e politicamente; e enfim, a todo o povo de Serra Negra do Norte, pelo qual dedico esses 02 anos de vida e de trabalho, muito obrigado por toda confiança e respeito.
À Câmara Municipal peço o permanente e costumeiro apoio à Serra Negra do Norte. Despeço-me de todos, com a certeza de ter oferecido o melhor que pude pelo bem de Serra Negra do Norte, desde o primeiro dia do meu mandato até o dia de hoje, quando a renúncia me apresenta principalmente como parte deste melhor.

Respeitosamente,
Urbano Batista de Faria”


MARTINS: DEBATE SOBRE QUEM ASSUME VAGA NA CÂMARA.

Informações chegam ao blog, que a contenda sobre quem assumirá a vaga do vereador Uilame, falecido recentemente, será mais um capítulo na conturbada vida política do município. Segundo a fonte, uma ala entende que o candidato do DEM, primeiro suplente na coligação, Vicente Dias, seja o ocupante. Já outro bloco ver como direito o jovem Irandi Souza como verdadeiro "herdeiro" na vaga.
Irandi é o primeiro suplente do partido.
Independentemente que qualquer fato já definido por lei, muita água rolará... 
Aguardem.

MENSAGEM DE ATAANISON NUNES...


MENSAGEM DA AGORA SEI.


MENSAGEM DO PRESIDENTE DA CÂMARA DE VEREADORES DE SEVERIANO MELO.

A ALEGRIA, A EMOÇÃO E A SENSAÇÃO DE DEVER CUMPRIDO QUE VIVO NESTES ÚLTIMOS DIAS DE 2014 NÃO SÃO SÓ MINHAS, EU AS DIVIDO COM TODOS OS MEUS COLEGAS DESTA LEGISLATURA QUE AO MEU LADO TRABALHARAM EM BENEFÍCIO DO POVO DE SEVERIANO MELO, POIS NINGUÉM FAZ UM TRABALHO NO LEGISLATIVO DE FORMA ISOLADA. NESTE MOMENTO FECHO MAIS UM CICLO DA MINHA VIDA E AGRADEÇO A COMPREENSÃO E PARTICIPAÇÃO DA POPULAÇÃO E DOS NOBRES COLEGAS. QUE SEJA UM NOVO ANO DE MUITOS BENEFÍCIOS PARA O NOSSO MUNICÍPIO. FELIZ ANO NOVO A TODOS!
RUBENS FERREIRA

LULA VAI À POSSE DE DILMA.

O ex-presidente Lula estará na posse da presidente Dilma Rousseff. Ele já acertou com o cerimonial que estará presente apenas no Palácio do Planalto, depois que a presidente for declarada empossada pelo Congresso Nacional.
Petistas ligados à presidente esperam, com isso, acabar com as interpretações de que ele teria ficado aborrecido com a composição do ministério do segundo mandato, onde não há pessoas petistas ligadas a ele em cargos no Palácio do Planalto. Lula não pretende ir ao Congresso, mas poderá, se for convidado por Dilma, aparecer no Parlatório de onde a presidente fará um discurso aos populares que estarão na Praça dos Três Poderes.
Ainda que haja uma tentativa dos “dilmistas” de reduzir a importância de reações do PT à composição do ministério, os últimos atritos foram públicos e, assim, não poderão ser negados. O mais estridente foi a reação de Marta Suplicy ao comentário feito por Alexandre Padilha sobre a ida de Juca Ferreira para o Ministério da Cultura.
Num único post, Marta acertou Juca, ao fala de “desmandos deste senhor” no comando da Cultura, e atingiu o próprio Padilha, ao se referir a ele como alguém que foi “rejeitado pelos paulistas” na disputa pelo governo do estado.
O tom de Marta demonstra o grau de irritação dela com o governo Dilma e, agora, transborda para o PT paulista, o que deve alimentar as especulações de que ela poderá deixar o partido para disputar as eleições municipais de 2016.
Lula, que chegará a Brasília no começo da tarde, irá ao Palácio do Planalto e depois retornará a São Paulo. Não há previsão de que ele possa comparecer ao coquetel que será oferecido por Dilma a seus convidados no Itamaraty.


UPANEMA 2016: 6 CONCORRENTES PARA DUAS VAGAS.

A política de Upanema vem cozinhando nomes para 2016, com 18 meses para as convenções. 6 nomes já são cotados para as cadeiras de prefeito e vice.
O atual prefeito, Luiz Jairo, deve tentar a reeleição. Um direito constitucional. Entretanto, tem que "combinar" com o povo, antes.
O seu vice-prefeito, Anísio Júnior, está com um pé na oposição. É uma vertente que deve ser considerada, para integrar a chapa oposicionista.
Da câmara, dois nomes aparecem com chances de galgar um degrau maior: Gineton e Aisamaque podem ser surpresa nas majoritárias de 2016.
Manoelzinho, candidato derrotado em 2012, quem sabe, podem querer revanche. E com os membros da oposição, unidos, seria um nome mais forte que no último pleito.
Lá de longe, assistindo de camarote, surge o empresário e ex-prefeito Jorge Luiz. Muito bem sucedido na sua empresa, voltar para a política disputando cargo, seria um ato insano. Além de que, problemas com contas públicas podem lhe impedir. Entretanto, o apoio de Jorge é importante para uma disputa.
Ou seja, sintetizando, PRB; PT; PMDB e PSD formam no momento a aliança oposicionista. E já deram o recado nas eleições de outubro último.
É muito bom, Luiz Jairo tornar-se mais aberto ao diálogo. Caso contrário, corre um sério risco de ficar nos 4 anos.

DILMA TROCA COMANDO DO ITAMARATY E CONCLUI REFORMA MINISTERIAL.

A presidenta Dilma Rousseff concluiu hoje (31) a reforma ministerial para o segundo mandato, com a indicação do embaixador Mauro Luiz Iecker Vieira para o Ministério de Relações Exteriores e a confirmação no cargo de 13 ministros do atual governo. Vieira é o atual embaixador do Brasil em Washington e trocará de posto com o atual ministro Luiz Alberto Figueiredo, que deixará a Esplanada para assumir a embaixada brasileira nos Estados Unidos. Figueiredo estava no governo desde agosto de 2013.
Permanecerão nos cargos no segundo mandato os ministros da Casa Civil, Aloizio Mercadante; da Saúde, Arthur Chioro; da Justiça, José Eduardo Cardozo; da Secretaria de Diretos Humanos, Ideli Salvatti; do Meio Ambiente, Izabella Teixeira; da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos; da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci de Oliveira; do Gabinete de Segurança Institucional, José Elito Carvalho Siqueira; da Advocacia-Geral da União, Luís Inácio Adams; do Trabalho, Manoel Dias; da Secretaria de Assuntos Estratégicos, Marcelo Neri; do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello; e da Secretaria de Comunicação Social, Thomas Traummann. Ontem (30), Dilma anunciou o nome de Juca Ferreira para o Ministério da Cultura.

Fonte: Agência Brasil/http://politicaemfoco.com/

FELIZ 2015 AOS AMIGOS E CLIENTES.


LEONILDES SOBRAL, SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO DE UPANEMA, RECEBE PRÊMIO "DESTAQUE DA MÍDIA".

A titular da pasta da educação do município de Upanema, Leonildes Sobral, recebeu ontem a placa como secretária municipal de melhor desempenho no ano de 2014. O Prêmio "DESTAQUE DA MÍDIA", que está em sua 4ª edição é um reconhecimento aos secretários; vereadores e prefeitos que mais se destacaram em cada ano, nas cidades oestanas.
A comenda também é concedida a personalidades de outros segmentos, que notoriamente tenhas contribuído de forma efetiva para uma sociedade melhor. Neste ano de 2014, o evento ocorreu em Alexandria, no dia 20 de dezembro.

GASTOS COM CARTÃO VOLTAM A CRESCER NO GOVERNO DILMA EM 2014.

Os gastos com cartão corporativo do governo federal acumularam a terceira alta seguida anual em 2014, chegando ao maior aumento desde que Dilma Rousseff chegou ao Planalto em 2011. O crescimento nas despesas em relação ao ano passado foi de pelo menos 5,64%, chegando a R$ 65,2 milhões, mas pode ser ainda maior, uma vez que os dados enviados pelo Banco do Brasil aos portais de transparência do governo federal ainda não estão completos. No primeiro ano de governo Dilma ocorreu uma queda de 26,6% nos gastos com os cartões corporativos, em relação a 2010, fechando 2011 com R$ 58, milhões despendidos. A queda foi considerável porque o ano de despedida de Luiz Inácio Lula da Silva acumulou o maior gasto com as tarjetas corporativas - pouco mais de R$ 80 milhões - desde que as informações começaram a ser divulgadas na internet. Mas desde então, as despesas pagas com cartão aumentaram 11% no governo atual. Em 2014 o total gasto com cartões corporativos chegou a cifra de R$ 65,2 milhões, que significa o maior aumento anual na gestão de Dilma. Em 2013 o aumento das despesas foi de 3,6% em comparação a 2012. Já entre o primeiro e o segundo ano de governo Dilma, o aumento foi o mais modesto, 1,54%. Os cartões corporativos passaram a ser adotados pela União durante o governo de Fernando Henrique Cardoso. Mas em 2008 essa modalidade de pagamento ganhou as manchetes quando foram identificados gastos com compras em free-shops e para o pagamento de hospedagem de familiares de ministros durante compromissos oficiais. Pelas regras, o cartão deve ser usado para compras de materiais, prestação de serviços, para o pagamento de despesas de hospedagem de ministros até para saques em dinheiro.

Fonte: http://martinsempauta.blogspot.com.br/

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

BARAÚNA: BI-CAMPEÃO DO PRÊMIO "DESTAQUES DA MÍDIA" RECEBE COMENDA.

O vereador João Jorge da Silva, "Joãozinho", do município de Baraúna, recebeu na manhã de hoje, a comenda referente ao 4º Prêmio "DESTAQUES DA MÍDIA". Joãozinho também venceu o prêmio em 2013, sagrou-se assim, neste ano de 2014, bi-campeão.
Joãozinho está no primeiro mandato e nos dois anos iniciais, tem obtido o reconhecimento popular. Eleito pelo PMDB, o edil é tido como o "vereador desportista", por sua luta diária pelo esporte baraunense. Uma outra área que merece ressalva dentro das prioridades de Joãozinho, é a assistência na saúde do município. "O vereador Joãozinho é uma referência para toda população. Especialmente para a região norte do município, posso dizer que nas comunidades rurais de Baraúna, dificilmente encontraremos uma localidade onde não haja o trabalho dele. Figura acessível e de fácil diálogo", disse o morador Júnior do assentamento Tiradentes.

GOVERNO FARÁ MUDANÇAS NA CONCESSÃO DE BENEFÍCIOS E PENSÕES, PARA REDUZIR GASTOS EM R$ 18 BI.

MP com minirreforma da Previdência chega nesta terça-feira ao Congresso.

O corte nos gastos do governo no segundo mandato da presidente Dilma Rousseff vai começar pelos direitos trabalhistas, com restrições no acesso a seguro-desemprego, abono salarial (PIS) e auxílio-doença, além de uma minirreforma na Previdência Social, com mudanças nas regras das pensões. As medidas foram anunciadas ontem e serão incluídas em medida provisória a ser encaminhada hoje ao Congresso Nacional. Segundo cálculos do futuro ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, o pacote vai gerar uma economia de R$ 18 bilhões por ano, a partir de 2015, equivalente a 0,3% do Produto Interno Bruto (PIB, conjunto de bens e serviços produzidos no país).
Entre as medidas de maior impacto está a alteração no cálculo do valor da pensão da viúva ou do viúvo, que cairá pela metade, sendo acrescida de 10% por filhos dependentes, até o limite de 100%. Além disso, assim que os filhos forem completando a maioridade, as quotas relativas a eles serão suspensas, sem reverter para o pensionista. Atualmente, o benefício é integral, vitalício e independente do número de beneficiários.
CENTRAIS SINDICAIS CRITICAM
Com a mudança, acaba a pensão vitalícia para cônjuges considerados jovens (até 35 anos). A partir desta idade, a duração do auxílio dependerá da expectativa de sobrevida: entre 39 e 43 anos, por exemplo, o prazo será de 15 anos; entre 33 e 38 anos, de 12. Somente receberá a pensão vitalícia quem ficar viúvo a partir dos 44 anos. Além disso, será exigida carência de dois anos de contribuição ao INSS para poder requerer o benefício e tempo mínimo de casamento de dois anos. O objetivo é evitar que jovens se casem com idosos de olho na pensão. As medidas valerão também para os funcionários públicos.
Para reduzir as despesas do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), o governo vai restringir o acesso ao seguro-desemprego, ampliando o período aquisitivo de seis para 18 meses na primeira vez em que o trabalhador recorrer ao auxílio. O abono salarial (PIS), que hoje corresponde a um salário mínimo para quem tem renda de até dois salários, não será mais integral. Ele vai variar de acordo com o tempo de carteira assinada, que subirá de um mês para seis meses na mesma empresa, no mínimo.
As medidas vão atingir também os empregadores, que terão de arcar com os primeiros 30 dias de afastamento do trabalhador, em lugar dos 15 de hoje. O teto do auxílio-doença será equivalente à média dos últimos salários de contribuição, a fim de evitar que os trabalhadores recebam um benefício acima do último salário.
As medidas foram anunciadas pelo ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, acompanhado dos futuros ministros do Planejamento, Nelson Barbosa, e da Previdência, Carlos Gabas, da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, e do ministro do Trabalho, Manoel Dias, depois de uma reunião marcada de última hora com representantes das centrais sindicais. Os presidentes das duas maiores centrais, Força Sindical e CUT, não compareceram. A Força não conseguiu mandar representante.
Procurado, o secretário-geral da Força Sindical, João Carlos Gonçalves, criticou o anúncio no apagar das luzes, alegando que as medidas não foram negociadas com as centrais:
— As medidas são muito negativas e prejudicam os trabalhadores, principalmente quem fica desempregado e custou a conseguir o primeiro emprego.
Ele disse que até o fim de janeiro as centrais sindicais vão fechar uma pauta conjunta, prevendo, entre outros itens, o fim do fator previdenciário.
Para o ex-diretor do Departamento de Emprego e Salário do Ministério do Trabalho Rodolfo Torelly, o governo escolheu o caminho mais fácil, sem enfrentar as falhas do sistema.
— O governo está metendo a mão no bolso do trabalhador — disse Torelly, que considera a mudança no valor do abono inconstitucional.
POTENCIAL DE POUPAR R$ 30 BI
Mercadante explicou que as medidas foram anunciadas agora porque foram preparadas pela atual equipe do governo. As propostas chegaram a ser discutidas nos últimos anos, mas foram engavetas por ordem de Dilma. Ele negou que as mudanças retirem direitos do trabalhadores.
— Estamos preservando as políticas, preservando os direitos adquiridos, preservando esses programas para o futuro. São ajustes e correções inadiáveis e indispensáveis — disse Mercadante, acrescentando que o foco é quem está entrando no mercado de trabalho.
Segundo o ex-secretário de Previdência Social Leonardo Rolim, as alterações nas regras da pensão são importantes para corrigir distorções e reduzir o déficit da Previdência. O potencial, segundo ele, é de uma economia de R$ 1 bilhão já no primeiro ano e de até R$ 30 bilhões por ano, depois de 15 anos de vigência.

Fonte: Luiza Damé; Catarina Alencastro e Geralda Doca/http://oglobo.globo.com/

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

DECISIVA NA CAMPANHA DE ROBINSON, FÁTIMA BEZERRA NÃO CONSEGUE EMPLACAR INDICADOS NO SECRETARIADO.

Coisas da política… Ninguém discute a importância decisiva que a senadora eleita Fátima Bezerra (PT) teve, na campanha vitoriosa do governador Robinson Faria. Por causa disso, no mínimo se esperava que a mesma conseguisse emplacar no secretariado pessoas de sua confiança, principalmente na Secretaria de Educação.
 Mas, o que se viu foi uma liderança maciça do deputado estadual Fernando Mineiro, dentro das bases do PT, e que acabou “derrotando” todos os indicados da senadora. Há quem garanta, mesmo que nenhum aliado deseje tocar no assunto, que a senadora anda desgostosa com a situação.

Fonte: http://ovieirenseemfoco.blogspot.com.br/

CONFIRMADA A SAÍDA DE GARIBALDI DO MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA.

Garibaldi Alves Filho vai mesmo deixar o Ministério da Previdência e retornar ao Senado Federal, para ocupar o mandato conquistado em 2010 com mais de 1 milhão de votos.
Seu substituto na Previdência será Carlos Eduardo Gabas, que já comandou a pasta interinamente durante oito meses em 2010, último ano de mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Atualmente, ele é o secretário-executivo da pasta.

Fonte: http://heitorgregorio.com.br/

DILMA ROUSSEFF ANUNCIA MAIS SETE MINISTOS. CINCO SÃO PETISTAS.

A presidente Dilma Rousseff (PT) definiu mais sete ministros para o seu segundo mandato à frente do governo. São eles: Miguel Rossetto (Secretaria-Geral), Patrus Ananias (Desenvolvimento Agrário), Pepe Vargas (Relações Institucionais), Ricardo Berzoini (Comunicações), Carlos Gabbas ( Previdência) – todos petistas - , Gilberto Occhi (Integração Nacional) e Antonio Carlos Rodrigues (Transportes), que é do PR.

Fonte: http://martinsempauta.blogspot.com.br/

ROBINSON FARIA ANUNCIA NOVOS NOMES PARA O GOVERNO.

Eis os nomes anunciados pelo governador Robinson Faria para compor o Governo que começa quinta-feira.


Administração Direta:
Secretaria de Administração e Recursos Humanos - Gustavo Maurício Filgueiras Nogueira
Administrador, Psicólogo com doutorado em conflito, negociação e decisão. Professor universitário. Experiência na administração pública na Secretaria de Finanças do Município de Campina Grande, Secretaria de Estado do Planejamento e Gestão e de Administração do Estado da Paraíba.
Secretaria de Esporte – George Câmara
Vereador de Natal, advogado e industriário. Funcionário da Petrobras. Publicou o livro “Da Janela da Metrópole e a publicação “Gestão Metropolitana de Natal”. Integrante de conselhos de transportes, Região Metropolitana, saneamento, Cidades e proteção ambiental.
Secretaria da Juventude – Maria Divaneide Basílio
Possui graduação em Ciências Sociais – Bacharelado em Antropologia e Política pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte e é Mestre e Doutoranda em Ciências Sociais pela UFRN. Foi Chefe de Gabinete da Secretaria Nacional de Juventude do Governo Federal. Exerceu ainda a função de Consultora Nacional do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura, no tema juventude e territórios.
Secretaria de Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária – Raimundo da Costa Sobrinho
Atualmente é Delegado Federal do Ministério do Desenvolvimento Agrário no Estado do Rio Grande do Norte. Foi Coordenador da Assessoria Técnica da FETARN (Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Rio Grande do Norte). Exerceu os Cargos de Diretor Nacional do Programa de Crédito Fundiário na Secretaria de Reordenamento Agrário – SRA/MDA e também foi Secretário Nacional Adjunto da SRA/MDA, em Brasília-DF.
Secretaria das Mulheres – Maria Teresa Freire da Costa
Servidora Pública Estadual. Graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte/UFRN (1985), com especialização em Saúde Pública (1992), Educação Sexual (2000), Intervenção Familiar Sistêmica (2004) e em Gestão de Hospitais Públicos (2008) e Mestre em Saúde Coletiva pela UFRN (2013). Coordenadora técnica da Organização Feminista Bandeira Lilás e do Ponto de Cultura “Mulheres Arteiras”.
Secretário Adjunto de Desenvolvimento Econômico respondendo interinamente – Orlando Gadelha Simas Neto

Administração Indireta:
Comandante Geral da Polícia Militar – Coronel Ângelo Mário de Azevedo Dantas
33 anos da Polícia Militar, especialista em segurança pública e cidadania. Foi corregedor da PM, comandante do 1º Batalhão e sub-comandante do 3º Batalhão. Fundador do Museu da Polícia Militar.
Delegacia Geral da Polícia Civil – Estênio Pimentel
Delegado da Polícia Civil desde 1997. Stenio Pimentel é bacharel e pós-graduado em Direito Constitucional, Direito Administrativo e Gestão Pública. Foi Corregedor Auxiliar da Corregedoria Auxiliar de Correições e de Controle de Inquéritos e Procedimentos Policiais. Esteve a frente de várias delegacias, como a DP de São José de Mipibu, DP de Goaininha, DP de Macaíba, 1ª. DP de Parnamirim, 3º. Distrito Policial da capital, 13ª. DP e DEFUR RN.
Comandante Geral do Corpo de Bombeiros - Coronel BM Otto Ricardo Saraiva de Souza
Bacharel em Direito e Pós Graduado em Políticas Públicas. Vinte e sete anos de serviços prestados ao CBM/RN.
Principais Funções Exercidas: Comandante da Seção Contra-Incêndio do Aeroporto Internacional Augusto Severo, Chefe de Gabinete do Comando Geral, Assessor Militar do Tribunal de Justiça e Secretário Executivo do Fundo Estadual de Segurança Pública (FUNSEP/SESED). Desde agosto de 2010 é o Subcomandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar do RN.
Procon – Cyrus Benavides
Advogado, consultor jurídico com pós graduando em Ciências Penais e concluinte da especialização da Fundação Escola Superior do Ministério Público do RN. Professor substituto da UFRN. Experiência como Procurador Geral do Município de Nova Cruz e atuou em Juizados Especiais.
IDEMA -Instituto de Desenvolvimento e Meio Ambiente – Rondinelle Silva Oliveira
Graduado em engenharia agronômica (agronomia), biologia e matemática. Graduando em engenharia civil. Possui especialização em geoprocessamento e cartografia e mestrado em produção e tecnologia de alimentos. É doutorando em engenharia ambiental.
Emater – Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural – Cesar Oliveira
É agrônomo formado pela Universidade Federal Rural do Semiárido – UFERSA, especialista em Cooperativismo pela Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE, pós-graduado em Formulação e Análise de Políticas Agrícola e Agrária (Instituto de Economia da Unicamp). Atualmente faz mestrado em Ciências Sociais (UFRN), onde realiza estudos sobre a agricultura familiar do Rio Grande do Norte. Foi Superintendente do INCRA, no Rio Grande do Norte, entre os anos de 2003 e 2005, Diretor Nacional do INCRA (2005-2011) e Assessor Especial do Ministério do Desenvolvimento Agrário (2011-2013).
Departamento Estadual de Imprensa – Paulo Araújo
Formado em Comunicação Social pela UFRN há 15 anos. Trabalhou por oito anos nas revistas Veja na Sala de Aula e Nova Escola, da Editora Abril, em São Paulo, na revista Época, da Editora Globo, foi consultor do 1o jornal de Economia e Finanças de Angola, diretor de jornalismo da TV Ponta Negra e SimTV e editor da revista da Assembleia Legislativa do RN. Cursa Gestão de Políticas Públicas na UFRN. Secretário de Comunicação do RN.
Fundação José Augusto - Rodrigo César Souza de Macedo (Rodrigo Bico)
Ator e Produtor Cultural é formado em Artes Cênicas (UFRN) e tem atuação na Rede de Pontos de Cultura e no movimento teatral, experiências como gestor do Grupo de Teatro Facetas, Mutretas e Outras Histórias e do espaço cultural TECESol. Recebeu o Prêmio Tuxáua Cultura Viva do Ministério da Cultura, em face da articulação entre os Pontos de Cultura do RN (2009).
Ipem (Instituto de Pesos e Medidas) – Ney Lopes Júnior
Advogado, ex-vereador de Natal. Foi coordenador do Procon Estadual.
Datanorte – Rildo Tarquineo de Albuquerque
Formado em Ciências Sociais. Professor da Academia Nacional de Polícia. Agente especial da Polícia Federal, especialista em negociação de crise e segurança aeroportuária.


"HOUVE MAQUIAGEM NAS CONTAS DA PRESIDENTE DILMA", AFIRMA MINISTRO DO TCU.

João Augusto Ribeiro Nardes, ministro do Tribunal de Contas da União e relator das despesas da Presidente Dilma Rousseff em 2015 é taxativo: “2,3 trilhões de reais não estão contabilizados nas contas da presidência”. Segundo Nardes, esse dinheiro é proveniente da previdência atuarial, que soma a previdência dos funcionários públicos. Em uma entrevista exclusiva à Joice Hasselmann, no ‘Direto ao Ponto’, Nardes afirma que “a proposta este ano era não aprovar as contas de Dilma”. E revela que se o país não voltar a crescer entre 3% e 4%, “não há condições de pagar os aposentados”.

Fonte: http://veja.abril.com.br/

DEPUTADOS ESTADUAIS DO RN RECEBERÃO R$ 25.322,25 DE SALÁRIO.

O novo salário dos deputados estaduais do Rio Grande do Norte será de R$ 25.322,25. O valor é o efeito “cascata” dos novos salários de ministros do Supremo Tribunal Federal e parlamentares federais.
O aumento é de 14,8%, o que representa um incremento de R$ 3.265 do que é pago atualmente aos parlamentares. O impacto anual para a folha da Assembleia Legislativa será de R$ 940.320,00 somente com salários.

Fonte: http://politicaemfoco.com/



O TRE DE MEIO BILHÃO.

A grande São Paulo tem muitos problemas públicos, incontáveis que não cabem nestas linhas. Ano após ano, eleição após eleição, agentes políticos desfilam uma série deles na mídia, prometem soluções, e poucos resultados aparecem para a saúde na UTI, o transporte coletivo com ‘passageiros enlatados’, a segurança deficitária etc . O Estado também conta com 70 deputados federais para que apontem soluções, mas pelo visto a bancada federal paulista tem outras prioridades: com tantos problemas de moradia, um afago ao Judiciário, em especial juízes eleitorais e desembargadores federais. A massa paulista que os elegeu em 2010 e agora reelegeu parte deles que espere mais um pouco.
É o que se depreende diante de dois casos da lista de emendas parlamentares da bancada de São Paulo. A emenda 71250010, aprovada no último dia 17, direciona nada menos que R$ 500 milhões (isso mesmo, meio bilhão de Reais) para que o Tribunal Regional Eleitoral de SP tenha uma nova sede. Trata-se de uma verba para adquirir dois edifícios recém-construídos, no total de 40.170m², na Av. Francisco Matarazzo, na Barra Funda. É o CGD Corporate Towers, cujo metro quadrado está saindo a R$ 12,4 mil!
A validade da emenda endossada pelos deputados paulistas é de Janeiro a Dezembro do ano que vem. Em suma, os desembargadores e juízes eleitorais poderão, em breve, serem presenteados com uma suntuosa sede dada por aqueles a quem fiscalizam. São os juízes e desembargadores eleitorais quem decidem sobre registros de candidaturas e eventuais cassações de políticos, vale lembrar.
Um dos prédios tem 20 andares e o outro, anexo, seis pavimentos. E o melhor, para uma cidade com trânsito tão saturado:1.135 vagas para veículos.
E a benesse parlamentar paulista não para nisso. Os desembargadores federais da instância recursal entraram na lista do Papai Noel do Congresso Nacional. A emenda 71250011 reserva R$ 35 milhões para que o Tribunal Regional Federal expanda sua sede. Atualmente, o TRF da 3ª Região ocupa uma torre da Av. Paulista, nº 1842, de propriedade da União. Mas há muitos prédios e salas alugados pela região. De acordo com a justificativa da emenda, já foram adquiridos ’14 conjuntos’ e faz-se necessário agora, para ampliação, comprar mais ’90 conjuntos’ no edifício Cetenco Plaza e outros imóveis nos quais o tribunal é inquilino.
Vale a memória – estamos num País sem uma – do episódio grotesco do superfaturamento da sede do Tribunal Regional do Trabalho de SP, que mandou para a cadeia (em idas e vindas) o ex-senador e construtor Luiz Estêvão (novamente encarcerado, em Brasília) e o juiz Nicolau dos Santos Neto (fora da cela). Obviamente estamos, neste episódio do TRE atual, diante de um caso apenas vultoso, curioso e de escancarado desrespeito dos parlamentares e Judiciário com o povo, diante de tantos problemas. Até que se prove o contrário, nada ilegal, mas amoral.
A Justiça nunca foi tão célere. Em causa própria.

fonte: Leandro Mazzini/http://correiodobrasil.com.br/

domingo, 28 de dezembro de 2014

EX-CATADORA DE LATAS PASSA EM CONCURSO DO TJ.

"Venci", diz ex-catadora de latinhas que passou em concurso do TJ. Marilene Lopes trocou renda mensal de R$ 50 por salário de R$ 7 mil. "Passei um ano com uma só calcinha", lembra a hoje técnica judiciária.

Uma catadora de latinhas do Distrito Federal conseguiu passar em um concurso de nível médio do Tribunal de Justiça estudando apenas 25 dias. Com isso, ela trocou uma renda mensal de R$ 50 por um salário de R$ 7 mil. “Foi muito difícil. Hoje, contar parece que foi fácil, mas eu venci”, afirma. Agora, ela diz que pensa em estudar direito.
Sem dinheiro nem para comprar gás e obrigada a cozinhar com gravetos, Marilene Lopes viu a vida dela e a da família mudar em 2001, depois de ler na capa de um jornal a abertura das inscrições para o concurso do Tribunal de Justiça do Distrito Federal.
Ela, que até então ganhava R$ 50 por mês catando latinhas em Brazlândia, a cerca de 30 quilômetros de Brasília, decidiu usar os 25 dias de repouso da cirurgia de correção do lábio leporino para estudar com as irmãs, que tinham a apostila da seleção. Apenas Marilene foi aprovada.
“Minha mãe disse que, se eu fosse operar, ela cuidava dos meninos, então fui para a casa dela. Minha mãe comprou uma apostila para as minhas irmãs, aí dei a ideia de formarmos um grupo de estudo. Íamos de 8h às 12h, 14h às 18h e de 19h às 23h30. Depois eu seguia sozinha até as 2h”, explica.
O esforço de quase 12 anos atrás ainda tem lugar especial na memória da família. Na época, eles moravam em uma invasão em Brazlândia.
Marilene já havia sido agente de saúde e doméstica, mas perdeu o emprego por causa das vezes em que faltou para cuidar das crianças. Como os meninos eram impedidos de entrar na creche se estivessem com os pés sujos, ela comprou um carrinho de mão para levá-los e aproveitou para unir o útil ao agradável: na volta, catava as latinhas de alumínio.
Segundo ela, a situação durou um ano e meio, e na época a família passava muita fome. “Nunca tinha nem fruta para comer. Eu me lembro que passei um ano com uma só calcinha. Tomava banho, lavava e dormia sem, até secar, para vestir no outro dia. Roupas, sapato, bicicleta [os filhos puderam ter depois da aprovação no concurso]. Nunca tive uma bicicleta”, conta.

LEIA A MATÉRIA COMPLETA, CLICANDO AQUI 
(MATÉRIA PUBLICADA EM 22 DE OUTUBRO DE 2013).

Fonte: http://www.pragmatismopolitico.com.br/
Foto: Arquivo Pessoal de Marilene Lopes

PASTAS QUE SERÃO ANUNCIADAS AMANHÃ PELO GOVERNADOR ROBINSON FARIA.

Expectativa para esta segunda-feira, quando o governador diplomado Robinson Faria vai anunciar a lista que falta de auxiliares para compor o Governo que assumirá daqui a 4 dias: o povo quer saber quem é o indicado do ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico.
Quer saber também para onde vai o PCdoB com a mudança no plano federal. Com Aldo Rebello no Ministério do Esporte, já era certo o nome do vereador George Câmara para o Esporte estadual, porém, com a ida de Rebello para Ciência e Tecnologia, resta saber se George é tão versátil como Rebello, e qual cargo assumirá.
Mais parecido com Ciência e Tecnologia é a Fapern (Fundação de Apoio à Pesquisa), mas aí é segundo escalão. O que seria pouco para o partido do vice-governador.
E para Administração? O nome seria o de Magaly Cristina, que por questões funcionais, teve que recuar do convite.
Como o Blog informou, o nome do ex-secretário de Planejamento da Paraíba, Gustavo Nogueira, chegou a ser discutido, mas não confirmado.
Eis outras pastas da administração direta que serão anunciadas amanhã.
Reforma Agrária – Vai o delegado do Ministério da Reforma Agrária no RN, Raimundo Costa. Indicação do PT de Manoel Cândido, da Fetarn.
Cultura – Resta saber se será extinta a pasta especial recém-criada pelo governo atual, mantendo-se somente, como em outras gestões, a Fundação José Augusto.
Para a FJA está certo o nome do artista Rodrigo Bico.
É ligado à senadora Fátima Bezerra (PT), mas não foi indicado por ela.
O nome foi discutido e aprovado em plenária do PT.
Esporte – a dúvida em torno da indicação do PCdoB
Controlador Geral – ?
Defensor Público – ?
Justiça e Cidadania – Nome especulado até então, o nome do titular da pasta no governo Wilma de Faria, Leonardo Arruda. Que não responde a quem lhe pergunta nem mesmo para dizer Não.
Leonardo é irmão de Cassiano Arruda, tio de Laurita Arruda, sogro e mulher do deputado Henrique Alves, candidato derrotado por Robinson. E pai da vereadora Júlia Arruda, que se integrou à campanha de Henrique.
Mas, é irmão também do prefeito de Nova Cruz, Cid Arruda, aliado de Robinson.
O silêncio de Leonardo não é de agora. É também da campanha.
Ao Blog, certa vez, ele disse que não votava em Henrique.
Convém aguardar.
*
Para a administração indireta, os cargos anunciados amanhã serão:
IPEM – Ney Júnior
Emater – César Oliveira, ex-superintendente do Incra. Indicação do PT do vereador Hugo Manso.
Polícia Militar – Coronel Francisco Araújo
Emparn
Datanorte
CEHAB
Corpo de Bombeiros
Delegacia Geral
DER
DEI – Imprensa Oficial
Emgern
Fapern
Fundação José Augusto
Idiarn
Idema
Ifesp
Igarn
Procon

Fonte: http://www.thaisagalvao.com.br/

RECEITA DISPONIBILIZARÁ SERVIÇO PARA VERIFICAÇÃO DE DÉBITOS COM O SIMPLES.

O serviço Consulta Débitos Após o Prazo para Regularização (Sivex), que permite ao contribuinte verificar a relação dos débitos motivadores da exclusão de ofício do Simples Nacional, estará disponível a partir desta segunda-feira.
A consulta poderá ser feita por meio do Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal (e-CAC ), no site da Receita Federal. De acordo com as orientações da Receita, basta o contribuinte seguir o caminho Empresa / Simples Nacional /Consulta Débitos Após o Prazo para Regularização – Sivex.
O Simples Nacional é um regime simplificado e compartilhado de arrecadação, cobrança e fiscalização de tributos aplicável às microempresas e empresas de pequeno porte, com a participação da União, estados, Distrito Federal e municípios.

Fonte: http://correiodobrasil.com.br/

BABÁ QUE MORREU EM ACIDENTE AÉREO NO SÁBADO, POSTOU FOTO COM MENSAGEM QUE FALA EM PERDÃO.

Dentre as 5 pessoas que morreram em acidente aéreo, ontem, em Bertioga/SP, estava a babá Raquel dos Santos Vilas Boas.
No facebook dela, encontramos a última postagem que fez, no dia 25 de dezembro, dois dias antes do ocorrido, que mais parece uma despedida. A babá citou "perdão" por duas vezes. Raquel diz: "Perdoa Oq puder ser perdoado! Esqueça Oq não tiver perdão!"
Raquel era natural de Capim Grosso, estado da Bahia e morava em São Paulo, onde trabalhava para a família que também faleceu na tragédia.
Inicialmente, os bombeiros entendiam que Raquel fosse uma adolescente. Isso, devido o estado do corpo carbonizado da moça. Após exames e informações vindas de familiares, foi confirmado que Raquel tinha 26 anos.

Foto: Reprodução/Facebook

PF SUSPEITA DE ARMAÇÃO EM DEPOIMENTO DE YOUSSEF, DIZ "O GLOBO".

Para a Polícia Federal, a acusação do doleiro contra Lula e Dilma pode ter sido estimulada pela defesa de Youssef, com intenção eleitoral, um dia antes da publicação de "Veja".

O jornal O Globo traz em sua edição desta quarta-feira 29 uma informação que pode ajudar a elucidar a história por trás da “bala de prata” da oposição contra Dilma Rousseff (PT), a indicação, feita pelo doleiro Alberto Youssef, de que a presidente reeleita e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tinham conhecimento do esquema de corrupção na Petrobras. Segundo o jornal, os investigadores suspeitam que a declaração do doleiro pode ter sido forçada pela defesa para influenciar o resultado do segundo turno das eleições.
A Polícia Federal investiga como o depoimento de Youssef vazou e, segundo a reportagem do Globo indica, suspeita da ação da defesa do doleiro. De acordo com o jornal, Youssef prestou depoimento na terça-feira 21, como vinha fazendo normalmente, e não citou Lula ou Dilma. Na quarta-feira 22, diz o jornal, um dos advogados de Youssef pediu para “fazer uma retificação no depoimento anterior”. No interrogatório, afirma o Globo, o advogado “perguntou quem mais, além das pessoas já citadas pelo doleiro, sabia da fraude na Petrobras”. Youssef disse, prossegue o jornal, “acreditar que, pela dimensão do caso, não teria como Lula e Dilma não saberem”. A retificação acabou exatamente neste trecho.
No dia seguinte, a quinta-feira 23, antecipando sua circulação semanal em um dia, Veja publicou as declarações de Youssef a respeito de Lula e Dilma. Segundo a reportagem da revista, o doleiro não apresentou provas e elas não foram solicitadas.
A suspeita da PF levanta uma questão temporal curiosa. Enquanto a retificação do depoimento de Youssef teria ocorrido na quarta-feira, segundo O Globo, Veja afirmou em nota que sua apuração "começou na própria terça-feira, mas só atingiu o grau de certeza e a clareza necessária para publicação na tarde de quinta-feira".
A defesa de Youssef é coordenada pelo advogado Antonio Augusto Figueiredo Basto. Por um ano, Basto teve um cargo de conselheiro do Conselho de Administração da Sanepar, a Companhia de Saneamento do Paraná. Como consta no site da empresa, ele assumiu o cargo em 17 de janeiro de 2011, 16 dias após a posse de Beto Richa (PSDB) como governador do Paraná. Em 25 de abril de 2012, a carta de renúncia de Basto foi lida em assembleia geral da Sanepar, como consta em ata também publicada no site da companhia. No último 23 de outubro, no mesmo dia da publicação de Veja, Basto disse ao mesmo jornal O Globo que desconhecia o teor do depoimento dado por Youssef na terça-feira 21.
A notícia veiculada pelo Globo, apurada de Brasília e Curitiba e que não tem assinatura em sua edição imprensa, apenas na versão online, foi relegada à parte inferior da página 6 do periódico, uma escolha que chama atenção diante da repercussão que teve a capa da revista Veja.
No horário eleitoral do dia seguinte, a sexta-feira 24, Dilma Roussef disse que iria processar Veja, e prometeu investigar a corrupção na Petrobras "doa a quem doer". Na Justiça, o PT conseguiu proibir a editora Abril de veicular propagandas de sua capa, considerada "propaganda eleitoral", e também o direito de resposta diante da reportagem.
Na sexta-feira e no sábado, véspera do segundo turno, panfletos com a capa impressa de Veja foram distribuídos em várias cidades do Brasil. Na madrugada de sábado 25 para domingo 26 começou a circular pelas redes sociais o boato de que Youssef, internado em Curitiba, teria sido envenenado. A Polícia Federal e o hospital em que ele esteve desmentiram a informação, que circulou pelas redes sociais em uma velocidade impressionante, assustando a militância petista na reta final da votação e provocando um impacto que dificilmente poderá ser mensurado.
Também na imprensa brasileira houve repercussões. No domingo 26, um colunista da Folha de S.Paulo, que publicou reportagem de teor semelhante ao de Veja a respeito do suposto conhecimento de Lula e Dilma sobre a corrupção, acusou a TV Globo de ter "medo" ao não repercutir as denúncias dos dois veículos no Jornal Nacional. Em resposta, o diretor de jornalismo da Globo afirmou que as fontes da emissora não confirmaram "com suas fontes o sentido do que fora publicado" pela revista e classificaram como "distorcida" da reportagem da Folha.

Fonte: José Antonio Lima/http://www.cartacapital.com.br/

CANTOR DE FUNK POSTA FOTO MOSTRANDO QUE USOU NO RN POLICIAIS MILITARES COMO "SEGURANÇA PARTICULAR".

O cantor de funk MC Gui postou uma foto na sua página pessoal no Facebook mostrando que usou policiais militares e agentes de trânsito na sua segurança particular. A postagem já recebeu 96.201 curtidas e 3.029 comentários, além de 600 compartilhamentos.
Em Natal, MC Gui usou limousine e já provocou muita polêmica com a foto postada no Facebook. A foto feita com a “segurança particular” do cantor, paga com dinheiro público, foi em frente a churrascaria Sal e Brasa.


DILMA TENTA REDUZIR PODER DE PT E PMDB.

A presidente procura reduzir o poder de influência dos dois principais partidos da coalizão dentro do próprio governo e no Congresso.

Ao entregar o Ministério das Cidades para Gilberto Kassab, presidente do PSD, e a pasta da Educação para Cid Gomes, principal nome do PROS, a presidente Dilma Rousseff tenta fortalecer e criar novas linhas de articulação política em seu segundo mandato. Ao mesmo tempo, procura reduzir o poder de influência dos dois principais partidos da coalizão em seus palcos favoritos: o PT dentro do próprio governo e o PMDB, no Congresso.
A prioridade para o início do segundo mandato é dar liberdade de trabalho ao novo ministro da Fazenda, Joaquim Levy. Ele foi escolhido para adotar uma política econômica de ajuste fiscal severo, a fim de fazer convergir a inflação no centro da meta planejada (4,5%), produzir o superávit primário sem truques contábeis e manter o câmbio sob controle, com o dólar a R$ 2,40. Na visão da presidente, essa é uma questão que está fora da pauta dos partidos, por significar a própria sobrevivência do projeto de governo.
Por isso, conforme um auxiliar do Planalto, Dilma sabe da necessidade de reduzir o poder de seu partido. Tendências mais à esquerda, como o PT de Lutas e Massas, exigem a demissão de Levy antes mesmo da posse e ainda chiam da escolha para a Fazenda. O raciocínio da presidente é o de que quanto maior for o protagonismo de petistas e peemedebistas, mais ela ficará refém das exigências das duas legendas. O PMDB, sempre pedindo mais espaço político e dificultando votações no Congresso; o PT, pregando a volta da doutrina econômica heterodoxa de Guido Mantega.
Ministro, Kassab vai mais uma vez trabalhar pela criação de uma nova legenda. Em 2011, ele fundou o PSD a partir de dissidências do DEM. Agora, buscará a fusão do partido com outros menores, o que resultaria no criação do novo Partido Liberal (PL).
Nas contas do ex-prefeito de São Paulo, assim que o plano for executado, sua legenda será catapultada da quarta para a primeira ou segunda maior bancada da Câmara dos Deputados, passando dos atuais 37 para cerca de 70 deputados – mesmo número do PT e 4 a mais que o PMDB, a partir de 2015.
Articulador inconteste, como já provou na formação do PSD, Kassab poderá ampliar o poder de atrair parlamentares para o novo partido ao comandar Cidades. Trata-se de uma das canetas mais cobiçadas da Esplanada, com alto poder de fogo e capilaridade.
Em 2015, o ministério continuará a ser o terceiro maior orçamento ministerial para despesas discricionárias (de investimento e custeio não fixo), em torno de R$ 26,3 bilhões. É nessa pasta que se concentra fatia significativa das emendas parlamentares ao Orçamento.
Como ministro da Educação, Cid Gomes vai administrar o a maior fatia da Esplanada, com estimados R$ 46,7 bilhões em despesas não fixas. Além disso, comandará uma das pastas com maior poder para catapultar políticos para cargos eletivos.
Trocas. Faz parte ainda da tática de Dilma acabar com feudos partidários de pequenas legendas, como PC do B e PRB. Dos primeiros, aliados do PT desde a primeira campanha de Lula, em 1989, a presidente tirou o Ministério do Esporte. O PC do B vinha usando a pasta para criar programas voltados à juventude, o que facilitava o recrutamento de novos militantes, trabalho antes restrito às entidades estudantis. Agora, vai assumir Ciência e Tecnologia.
Já o PRB havia usado a estrutura da Pesca para conquistar votos em redutos dependentes de benefícios dessa atividade, como a concessão de carteiras de pescador.
Dilma passou o Esporte ao PRB e a Pesca para o filho do senador Jader Barbalho e ex-prefeito de Ananindeua, Helder Barbalho (PMDB), derrotado ao governo do Pará, mas que a auxiliou a ter votos no Estado.
Ciente de que Dilma joga para dividir a base aliada, a cúpula peemedebista orienta deputados e senadores para que se aglutinem em torno de algumas lideranças do partido, como o vice-presidente Michel Temer e o presidente do Senado, Renan Calheiros (AL).
Vice-líder do PMDB, o deputado Lúcio Vieira Lima (BA) afirma que o único ministério de ponta entregue ao partido, o de Minas e Energia, dará uma visibilidade às avessas para a legenda. “O grande feito de nosso melhor ministério será o anúncio do reajuste de tarifas. Os bons foram entregues ao PSD, ao PROS, ao PR (Transportes) e ao PP (Integração Nacional).”

Fonte: http://portalnoar.com/, com informações do Jornal O Estado de São Paulo

AVIÃO DA AIRASIA COM 162 PESSOAS A BORDO SOME ENTRE INDONÉSIA E CINGAPURA.

Airbus A320-200 que transportava 155 passageiros e sete tripulantes enfrentou mau tempo.

Um avião da companhia AirAsia com 162 pessoas a bordo (155 passageiros e sete tripulantes) perdeu contato com as autoridades em terra neste domingo, enquanto sobrevoava o mar de Java após a decolagem de uma cidade provincial na Indonésia com destino a Cingapura. Os dois países lançaram uma investigação imediata e uma operação de resgate, mas ainda não há nenhum sinal do paradeiro da aeronave, mais de seis horas após o seu desaparecimento.
AirAsia, uma companhia aérea regional de baixo custo, presente em vários países do Sudeste Asiático, disse em um comunicado que o avião desaparecido, um Airbus A320-200, seguia o plano de voo programado. No entanto, antes de perder a comunicação, tinha solicitado um desvio devido às condições meteorológicas, ainda no espaço aéreo controlado pela Indonésia.
“Não ousamos supor o que aconteceu, exceto que ele perdeu o contato”, disse a jornalistas Djoko Murjatmodjo, diretor-geral interino dos Transportes, na Indonésia. Ele acrescentou que a última comunicação entre o controle de tráfego aéreo piloto foi às 6h17 (horário local, 20h17 de sábado no Brasil), “quando perguntou se ele poderia evitar uma nuvem virando à esquerda e subindo até mais de 34 mil pés”.
O gerente disse que não havia nenhum sinal de socorro do voo QZ8501.
Murjatmodjo disse que se acredita que o avião tenha desaparecido em algum lugar sobre o Mar de Java entre Tanjung Pandan na ilha de Belitung, e Pontianak, na parte indonésia da ilha de Kalimantan.
Ele também acrescentou que o capitão tinha um número significativo de horas de voo (6.100), e que o primeiro oficial tinha um total de 2.275 horas de voo.
O contato com o aparelho foi perdido cerca de 42 minutos depois de decolar do aeroporto para a cidade de Surabaya, na Indonésia, disse Hadi Mustofa, um funcionário do Ministério dos Transportes, a televisão indonésia “MetroTV”.
O avião tinha dois pilotos, cinco membros da tripulação e 155 passageiros, incluindo 16 menores de idade e um bebê, informou a companhia em um comunicado. Autoridades indonésias tinham dito anteriormente que a bordo da aeronave estavam 161 pessoas, provavelmente porque não tinham contabilizado a criança.
A nota da companhia aérea informou ainda que no voo tinham seis estrangeiros - três sul-coreanos, um cidadão de Cingapura, um da Malásia e um francês. Os demais eram indonésios.
No aeroporto de Surabaya, dezenas de parentes estão sentado em uma sala, muitos deles falando em seus celulares e chorando. Alguns pareciam atordoados.
Este é o terceiro grande incidente aéreo deste ano que a Malásia está envolvida. No dia 8 de março, o voo 370 da Malaysia Airlines, um Boeing 777, desapareceu pouco depois de decolar de Kuala Lumpur para Pequim. Até hoje segue desaparecido com 239 pessoas a bordo em um dos maiores mistérios da aviação. Outro voo da Malaysia Airlines, também um Boeing 777, caiu na Ucrânia oriental, enquanto cobria a rota entre Amsterdã e Kuala Lumpur, no dia 17 de julho. Todos as 298 pessoas a bordo da aeronave morreram.

Fonte: http://oglobo.globo.com/, com Agências Internacionais

APROXIMAÇÃO POLÍTICA DE ROSALBA E MÁRCIA ROSADO.

Embora não confirme oficialmente, a governadora do estado, Rosalba Ciarlini (DEM), estaria se reaproximando da deputada federal Sandra Rosado (PSB). O jornal De Fato, lá de Mossoró, noticiou que as líderes já teriam encontros políticos marcados para o verão de Tibau, quando as duas já estarão sem mandato.


sábado, 27 de dezembro de 2014

PT: FÁTIMA PERDE MAIS UMA E HUGO MANSO EMPLACA CÉSAR OLIVEIRA NA EMATER.

Depois de perder a indicação do secretário de Educação para o deputado Fernando Mineiro, a senadora eleita Fátima Bezerra perde agora para o vereador Hugo Manso.
Antes da escolha, pelo PT, do nome de Chagas do PT, indicado por Mineiro, para a Educação, e de Fátima anunciar que não indicaria mais um nome sequer para o governo Robinson Faria, a senadora havia indicado Valmir Alves para a Emater.
Pois hoje o PT fez a escolha, e o presidente da Emater será o ex-superintendente regional do Incra/RN, César José de Oliveira.
Nome posto para julgamento do PT por Hugo Manso.

Fonte: http://www.thaisagalvao.com.br/

RAPIDINHAS DO RNPOLITICAEMDIA...

Rivelino Câmara tem mostrado aos 4 cantos, que em 2015 colherá melhores frutos para Patu. O super-secretário tem trabalhado muito. Porém, muito mais terá que trabalhar, para acalmar os ânimos dos insatisfeitos por não ser "Moura". Tudo muda. Tudo passa... Até sobrenomes... 

Zé da Pipa, de Serra do Mel, parece está mais disposto a compor chapa que encabeça-la. Isso ficou aparente, em rápida conversa com ele no dia 20 de dezembro em Alexandria. Os laços entre ele e o prefeito Fábio Bezerra, estão se estreitando... até quando, não se sabe.

E o legislativo de Rafael Godeiro terá novo presidente a partir de 1º de janeiro. O vereador Dayner Dantas será o presidente até o dia 31 de dezembro de 2015. O mandato é de apenas 1 ano.
O que esperar? Não se sabe. O homem é uma verdadeira incógnita.
Tomara que nenhuma caixa de pandora esteja por vir, para concorrer com a gestão de Abel Filho.
Aguardemos e noticiaremos as ações do novo presidente. 
É bom lembrar: são apenas 12 meses; 365 dias ou 8.760 horas. Passa rápido...

Uma informação que merece no mínimo, atenção: uma fonte em São Miguel, me repassou que o deputado eleito Galeno Torquato, defenderá o nome de Francisco Queiroz como candidato a prefeito de Venha-Ver. Francisco esteve durante toda a campanha, colado no ex-prefeito micaelense. Isso pode ser um atenuante para a definição. Destarte, o município teria assim, condições de ter o 1º prefeito filho da terra.
Tentamos contato com Galeno, porém, via whatsapp ainda não obtivemos retorno.
Ouvidos ao chão... índio "Tabocas" foi quem afirmou...
Veremos...

Lá de Itaú, chega a informação que a eleição de Toinho Galego para a presidência da Câmara, foi o xeque-mate que Ciro Bezerra precisava para ganhar sobrevida. O nome do ex-prefeito Edson Melo, "Baiba", começa a ser ventilado. Ou se apaga a chama ou terá trabalho dobrado.

Em Marcelino Vieira, o que estava definido, foi por água à baixo. Com o vira virou de Verônica Rodrigues e Padre Claudênis, abriu precedentes para nova revoada. Como boca de siri, comenta-se que outro nome de significância, pode pousar no ninho ferrarista.

Sossegado, sem muito com que se preocupar, a situação de Tenente Ananias vai desenhando o nome para sucessão Mazé. Sem pressa, os pilares de sustentação da base governista, "edificam" o nome da enfermeira Larissa Rocha. É só o que se sabe...

Em Alexandria, o médico Davi deve mesmo ser o nome novo para prefeito em 2016. As duas mais importantes alas, fatalmente deixarão de manter os que disputaram o pleito de 2012. As conversações já começaram. Mas estão em "stan by", no popular banho-maria. 
Para quem já deve 4 candidaturas na disputa passada, pensar em 3 não é coisa do outro mundo.

E por falar em Alexandria, novos nomes já são comentados para ao embate da vereança. Nomes sem nenhuma expressão, mas que postos na rua darão trabalho.

Ainda repercute o resultado das eleições para a presidência da câmara de Messias Targino. Vamos esperar o que espera por Arthur em 2015/16.

DILMA DEIXA LULA DE LADO AO MONTAR EQUIPE E ENFRENTA RESISTÊNCIA PETISTA.

Ao contrário de 2010, quando fez questão de ouvir o padrinho político durante a montagem do governo, a presidente Dilma Rousseff tem dado pouco espaço para os pitacos do antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva, ao escolher os ministros que vão acompanhá-la no segundo mandato, a partir de quinta-feira. Nesta sexta-feira, 26, esperava-se que o governo confirmasse mais nomes do PT que vão compor a equipe ministerial, mas o anúncio foi adiado para a próxima semana.
Dilma consultou o ex-presidente em novembro, e depois não pediu mais opiniões. Na época, Lula foi parcialmente atendido. Emplacou Nelson Barbosa no Ministério do Planejamento, mas teve de engolir a escolha de Joaquim Levy para comandar a Fazenda.
O resultado é a redução do número de ministros ligados a Lula no segundo mandato. A lista inclui Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral), Miriam Belchior (Planejamento) e Celso Amorim (Defesa), entre outros.
Na terça-feira, quando foram anunciados 13 novos ministros, o único petista a aparecer na lista foi Jaques Wagner na Defesa. Esperava-se a confirmação de outros nomes, como Aloizio Mercadante na Casa Civil e José Eduardo Cardozo na Justiça, e o deslocamento de atuais ministros para outras pastas, como Ricardo Berzoini (de Relações Institucionais para Comunicações) e Miguel Rossetto (do Desenvolvimento Agrário para a Secretaria-Geral). Nada disso aconteceu. Faltam ser indicados 22 dos 39 ministros.
Lula e Dilma construíram uma espécie de acordo tácito para manter a relação com um mínimo de atritos. A base do acordo é: Lula só opina quando Dilma consulta. Como Dilma não tem consultado, Lula não tem opinado.
Os dois se encontraram três vezes depois da eleição. Em duas ocasiões, ainda em novembro, tiveram longas conversas sobre governabilidade e a montagem da equipe econômica. O terceiro encontro foi no dia da diplomação de Dilma, quando a presidente e o antecessor conversaram rapidamente antes da solenidade, na sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Baixo perfil. Dilma estava acompanhada de Mercadante, apontado como responsável pelo “baixo perfil” dos nomes anunciados até agora, principalmente na área política.
O sonho do PT era ter Mercadante na Casa Civil, Berzoini em Relações Institucionais e Wagner na Secretaria-Geral. Dilma optou por trocar a pasta de Berzoini e escalar os gaúchos Rossetto e Pepe Vargas para as cadeiras próximas de seu gabinete no Planalto.
Petistas avaliam que essa opção tem influência de Mercadante, que quer concorrer à Presidência em 2018 e manobrou para evitar a concorrência de Wagner, outro nome com potencial de candidato, na “cozinha” do governo.
Testemunhas dizem que Lula ficou profundamente contrariado ao saber que Berzoini seria remanejado para dar espaço ao deputado gaúcho. As manifestações do ex-presidente limitaram-se a interlocutores e não chegaram a Dilma.
O estilo Dilma e o protagonismo de Mercadante também têm incomodado o PT. Integrantes da corrente majoritária Construindo um Novo Brasil (CNB) se queixam que a Mensagem ganhou mais espaço no ministério ao emplacar Vargas e manter Rossetto e Cardozo em pastas de prestígio.
“Recebi mensagens de militantes manifestando preocupação com a representatividade do equilíbrio interno de forças do PT na montagem do ministério”, disse Francisco Rocha, o Rochinha, coordenador da CNB.
Dirigentes petistas também reclamam da falta de diálogo com Dilma. A presidente chegou a pedir ajuda a alguns deles para sondar nomes, mas não deu mais satisfações ao partido.

Fonte: Ricardo Galhardo - Estadão/http://www.msn.com/
Foto: Clayton de Souza/Estadão

MPF DO RN DEFENDE INVESTIGAÇÃO NA CONCESSÃO DA APOSENTADORIA DE PAULO WAGNER.

O Ministério Público Federal no RN (MPF/RN) representou ao Tribunal de Contas da União (TCU), ao Procurador-Geral da República e ao Ministério Público Federal no Distrito Federal contra a aposentadoria por invalidez concedida ao então deputado federal Paulo Wagner Leite Dantas, com proventos correspondentes à totalidade da remuneração dos membros do Congresso Nacional.
A representação tem por base matérias jornalísticas que dão conta da existência de possíveis irregularidades na concessão da aposentadoria.
De acordo com a imprensa, antes de assumir o cargo, com base no qual se aposentou, Paulo Wagner já detinha a patologia que fundamenta a aposentadoria por invalidez.
Além disso, mesmo com o pedido de aposentadoria por invalidez, de forma contraditória, participou no pleito eleitoral de 2014 como candidato à reeleição, tendo inclusive o seu registro sido deferido.
Por outro lado, para o MPF/RN pesa contra Paulo Wagner o fato de que a doença que lhe rendeu a aposentadoria não o impede de exercer outras funções de tal forma que apresenta programa de televisão da afiliada à RedeTV em Natal, a SimTV.
“Se tais informações forem confirmadas, o ato de aposentadoria emitido em 16 de dezembro de 2014 precisa ser revisto e anulado”, destaca o procurador da República Fernando Rocha de Andrade.
Segundo o Artigo 186 da Lei 8112/90 (parágrafo 1º), somente as doenças elencadas taxativamente na lei podem conduzir a aposentadoria por invalidez com proventos integrais. Assim, questiona-se a invalidez é preexistente ou subsequente à posse de deputado federal.
Caso preexistente, por que o setor de Recursos Humanos da Câmara Federal autorizou a posse de um parlamentar incapaz de exercer qualquer atividade laboral, já que, contraditoriamente, Paulo Wagner se candidatou à reeleição ao cargo de deputado federal em 2014 e ainda apresentava programa televisivo.
“Percebe-se que, na melhor das hipóteses, Paulo Wagner era ciente da incapacidade e, de forma a contrariar a boa-fé, mesmo assim assumiu cargo incompatível com a sua condição, além de concorrer à reeleição”, afirma o procurador.
Quando concorreu à reeleição, o pedido de aposentadoria por invalidez já tramitava na Câmara, e, segundo matérias jornalísticas, o deputado preenchia seu tempo em buscar a viabilidade da concessão da aposentadoria, cujo pedido é de 7 de setembro de 2013.
Atribuição para o caso
O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte não tem atribuição territorial para apurar as possíveis irregularidades que envolvem a concessão da aposentadoria, uma vez que têm como objeto de análise ato do Congresso Nacional, assinado pelo presidente, o deputado federal Henrique Eduardo Alves, em Brasília, Distrito Federal. Portanto, a apuração deve se dar na Procuradoria da República no Distrito Federal. Ao TCU, o MPF/RN pede que seja revisado o ato de aposentadoria por invalidez concedido em dezembro de 2014, determinando a imediata sustação.

Fonte: http://defato.com/blog/retrato-do-oeste