RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

UPANEMA E JANDUÍS: "MELHORES DO ANO" SERÁ CONHECIDO POR MEIO DE PESQUISA.

Depois de ter Campo Grande escolhido os "MELHORES DO ANO" 2017, em pesquisa realizada pela LOGOS Assessoria & Pesquisa de Gestão, será a vez de Upanema e Janduís receber os pesquisadores da empresa que coletarão as opiniões da população sobre melhores comércios e serviços, profissionais liberais e funcionários públicos, que tenham se destacado nos diversos segmentos.
Os agraciados, se juntaram aos homenageados da cidade de Campo Grande (que já foram indicados) e estarão dia 03 de março, nos salões da casa de Show Arco Verde, recebendo a Comenda "MELHORES DO ANO".
Ainda essa semana, terá início em uma destas cidades. E na semana que vem, a LOGOS fecha a série de pesquisas.

DESALENTO ABRE BRECHA PARA CANDIDATO "DESCONHECIDO" NA SUCESSÃO DE 2018.

Se a mais recente pesquisa do Datafolha serviu para alguma coisa foi para demonstrar que a eleição presidencial de 2018 tornou-se uma espécie de latifúndio improdutivo à espera de ideias que o ocupem. As duas vagas no segundo turno da sucessão são, a essa altura, terrenos baldios, sem donos. Lula, ainda favorito, está inelegível. Bolsonaro, a direita autoritária que se oferece como contraponto da esquerda presidiária, parou de crescer. Tudo pode acontecer. Inclusive nada. A Lava Jato revelou o grande amor da oligarquia política e empresarial brasileira pelo desastre. O Datafolha informa que esse amor dos oligarcas pela catástrofe foi plenamente correspondido. Com a política indo a pique, surge uma demanda por novidade. Isso pode resultar em coisa boa. Mas também pode desaguar em aventura e frustração. Parte do eleitorado parece procurar o candidato desconhecido, capaz de saciar a fome de decência e de rumos que está no ar. No principal cenário sem Lula, os eleitores que informam não ter candidato —votarão em branco, anularão o voto ou estão indecisos— somam impressionantes 36%. É uma taxa de desalento sem precedentes. Para essas pessoas, o Brasil virou um conto do vigário no qual todos caíram. É um entendimento cômodo. Evita que o eleitor enxergue um culpado no espelho. Mas isso não resolve o problema. O governo moralmente sustentável a que o brasileiro tem direito não nascerá da passividade.

Fonte: Blog do Josias/UOL

POLÍCIA MILITAR AUMENTA NÚMERO DE OPERAÇÕES APÓS MORTES DE PM'S.

"A Polícia Militar está unida neste sentimento de dor, mas também é o momento de partirmos para o enfrentamento a criminalidade”, estas foram as palavras do comandante geral da corporação, o coronel Osmar José Maciel de Oliveira nesta terça-feira (30) em relação a perda de cinco policiais neste ano.
O comandante falou a imprensa em uma coletiva na sede da corporação e informou que diversas operações ocorreram na Capital e Região Metropolitana com intuito de diminuir a criminalidade.
De acordo com o comandante do Policiamento Metropolitano, coronel Zacarias Mendonça, seis armas foram apreendidas, sete pessoas presas, seis adolescentes apreendidos, dois foragidos recapturados e um carro recuperado pela PM.
“Estamos efetuando estas operações em áreas com altos índices de vulnerabilidade visando diminuir a criminalidade. Iremos intensificar os trabalhos, pois temos que atuar mais na ação para evitar que mais fatos como os de ontem ocorram. Estamos orientando a tropa para agir com cuidado e dentro dos princípios legais”, comentou o comandante do Policiamento Metropolitano.
O diretor da Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) da Polícia Civil, o delegado Marcos Vinicius, informou que as investigações dos cinco casos já estão avançando, inclusive com os levantamentos do local de crime já entregues aos delegados das regiões.
“O sucesso, ou insucesso de uma investigação depende deste relatório de crime. Então dos cinco crimes dois são de responsabilidade nossa por estarem dentro da Capital e nos outros seis municípios que fazem a grande Natal nós montamos a linha investigativa e mandamos para as regionais, mas também acompanhamos o andamento das investigações”, comentou o delegado.

Fonte: Jair Sampaio

POLÍCIA CIVIL PRENDE FORAGIDO CONDENADO A 69 ANOS DE PRISÃO.

A Divisão de Polícia do Oeste (DIVIPOE) prendeu, na manhã desta quarta-feira (31), no Bairro Malvinas, em Mossoró, Alisson Cleiton Dantas de Oliveira, 24 anos.
Segundo a polícia Alisson estava foragido, mas os agentes o encontraram após receber informações que foram enviadas para o Disque Denúncia 181. De acordo com o delegado Renato Oliveira, ele é considerado de alta periculosidade.
O jovem de acordo com a polícia foi acusado por matar uma criança de dois anos e também pela morte de um homem de 47 anos, com isso foi condenado a 69 anos de prisão, por ter cometido duplo homicídio, em junho de 2013 na cidade de Mossoró.

Fonte: Robson Pires

PF INCLUI TABELA DE 1998 COM POSSÍVEIS PAGAMENTOS A TEMER EM RELATÓRIO DE INQUÉRITO, DIZ JORNAL.

A Polícia Federal anexou à investigação do decretos dos portos, em um relatório preliminar, uma tabela de 1998 que sugere pagamentos ilícitos ao presidente Michel Temer (MDB) por empresas que operavam no Porto de Santos, em São Paulo. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o relatório preliminar apresentado pela PF considera a planilha, apresentada às autoridades nos anos 1990, relevante para as investigações em curso por conter possíveis referências a “quase todos os atores” do inquérito.
A investigação que originalmente incluía a tabela foi arquivada em 2011, quando Temer virou vice da ex-presidente cassada Dilma Rousseff (PT). Além do emedebista, a tabela também faz referência, de acordo com a PF, ao amigo de Temer, o coronel aposentado da PM João Baptista de Lima Filho, que seria identificado pela letra L. Michel Temer seria o MT, a quem o papel indica possíveis pagamentos da Libra e da Rodrimar, empresa que é investigada no inquérito aberto no ano passado, após as delações da JBS.
O relatório ainda será analisado pelo delegado Cleyber Lopes, encarregado do andamento do inquérito na PF. Caso ele concorde com a sugestão dos policiais federais de incluir a tabela, caberá ainda à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, a decisão de incluir o anexo ao inquérito em tramitação no Supremo.
VEJA NA ÍNTEGRA A MATÉRIA

Fonte: Folha de São Paulo/Congresso em Foco
Foto: Alan Santos/PR

DESEMPREGO FECHA 2017 EM 12,7%, O MAIOR DESDE 2012, INÍCIO DA PESQUISA.

Pesquisa do trabalho do IBGE diz que um em cada quatro trabalhadores no país trabalha por conta própria - mais de 23 milhões de pessoas.

O desemprego no Brasil em 2017 foi o mais alto em seis anos e o que evitou uma situação ainda pior foi que muita gente resolveu trabalhar por conta própria, muitas vezes na informalidade.
Carga chegando e saindo é bom sinal. Significa que a economia está se movimentando
Significa emprego.
Uma transportadora chegou a ter 600 funcionários. Com a crise, demitiu mais da metade. “A economia já começou a dar sinais positivos e a gente tem boas expectativas aí para o início do também. Então, a empresa já começou a contratar esse ano”, afirma Donizete Pereira, dono de transportadora.
O Márcio ficou com uma das vagas de motorista. Depois de quatro meses desempregado, passando sufoco. “Conta de luz vencendo, gás acabando e eu não tendo de onde tirar. Aí agora já estou me levantando, né?”, conta o motorista Márcio dos Santos Silva.
Os números do último trimestre de 2017 comprovam essa leve recuperação do mercado de trabalho. Teve mais gente trabalhando no comércio, com alimentação e serviços domésticos
No primeiro trimestre, o desemprego chegou a atingir o ponto mais alto. Foi caindo e fechou o ano com uma taxa de 11,8%. O que significa mais de doze milhões de desempregados.
Apesar da queda nos trimestres, o retrato do ano é triste. A taxa de desemprego foi de 12,7%, a maior desde que o IBGE começou fazer essa pesquisa, em 2012.
Nos últimos quatro anos, o número de desempregados quase dobrou e, nesse período, a crise levou embora três milhões e 300 mil vagas com carteira assinada.
O celular apontou um novo caminho quando o Mário foi mandado para rua depois de sete anos na empresa em que ele trabalhava. Há dois meses, ele, que é técnico em informática, virou motorista de aplicativo. Assim como muitos brasileiros, o Mário também decidiu que não dava para ficar esperando um emprego aparecer e resolveu seguir um outro rumo. Ganhar a vida por conta própria.
“Não é da noite para o dia que você vai arrumar um emprego. Então, eu, sabendo das minhas contas que eu tenho, tive que correr atrás de uma forma de ter uma renda”, conta Mário.
O trabalho por conta própria - muitas vezes informal - é a realidade de um a cada quatro trabalhadores no Brasil: mais de 23 milhões de pessoas. Elas saíram da fila do emprego, mas também não têm as garantias da carteira assinada.
“O que que a carteira de trabalho traz? Ela traz crédito, ela faz a pessoa poder chegar em uma loja e abrir um crediário. Em um curto prazo, ele vai resolver a situação. Mas no médio e longo prazo, isso é ruim para pessoa que está na informalidade e é ruim também para o país”, explica Cimar Azeredo, coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE.
O Mário quer voltar logo para o mercado formal, na área de informática. Como bom motorista, está de olho no que vem pela frente. Quantos quilômetros ele acha que ainda tem que rodar até achar um emprego? “Eu espero que seja pouco. Quanto menos, melhor”, responde Mário.

Fonte: Jornal Nacional

SOMA DO DATAFOLHA DÁ 101%.

Um dos levantamento deu 101%.

A pesquisa presidencial do Datafolha veio a público com uma pequena imprecisão no levantamento.
Na seção que trata da votação espontânea, a somatória de uma das colunas, que deveria dar 100%, deu 101%.
Nela, Lula aparece com 17% das intenções de voto, à frente de Jair Bolsonaro (10%), Ciro Gomes (2%), Geraldo Alckmin e Alvaro Dias (1%).
“Outras respostas” ficou com 3% e Branco ou Nulo, 19%.
48% não souberam responder.
Normalmente, o arredondamento em pesquisas — para cima e para baixo — é feito para dar 100% (justamente para evitar casos assim).

Fonte: Pedro Carvalho - Radar/Veja

ASSEMBLEIA ENCERRA PERÍODO EXTRAORDINÁRIO, RETIRA DE PAUTA O PROJETO QUE EXTINGUE QUINQUÊNIO E NÃO APRECIA AUMENTO DA ALÍQUOTA PREVIDENCIÁRIA.

Vinte dias de convocação extraordinária e oito projetos aprovados.
Esse é o balanço do período extraordinário iniciado em 11 de janeiro deste ano e finalizado nesta quarta (31) na Assembleia Legislativa.
A última sessão plenária debateu mérito de projetos de iniciativa do Governo do Estado e concluiu o período com a aprovação de quatro matérias do pacote que busca a recuperação fiscal e financeira do Estado.
As matérias foram a Plenário após tramitarem nas comissões técnicas da Casa e terem sido anunciadas no início da semana.
Também por meio de votação, foi retirado de pauta o projeto que trata sobre a extinção de adicionais por tempo de serviço a servidores públicos estaduais, conhecido como Quinquênios.
Já a proposta do Governo do Estado de aumentar a alíquota previdenciária dos servidores do Estado, que também faz parte do pacote fiscal, nem começou a ser tramitado na Assembleia Legislativa.

Fonte: Heitor Gregório

PMDB PROTOCOLA PEDIDO DE MUDANÇA DE NOME PARA MOVIMENTO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO (MDB).

Com essa solicitação, são quarto os partidos que aguardam análise dos ministros do TSE.

O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) protocolou, nesta quarta-feira (31), pedido de alteração de mudança do nome e sigla para Movimento Democrático Brasileiro (MDB). Além disso, também solicitou algumas adaptações do estatuto do partido à legislação eleitoral.
Com esse pedido, são quatro os partidos que aguardam a análise, em sessão administrativa, dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para mudança do nome e sigla. O Partido Social Democrata Cristão (PSDC) quer se chamar Democracia Cristã (DC). O Partido Ecológico Nacional (PEN) quer mudar para Patriota (PATRI) e o Partido Progressista (PP) quer trocar para Progressistas, mantendo a sigla PP.
Em 12 de setembro do ano passado, o Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB) obteve no TSE a mudança de nome para Avante. Os ministros acompanharam o voto do ministro relator, Napoleão Nunes Maia, que acolheu o requerimento da sigla. O partido conquistou registro na Corte Eleitoral em 11 de outubro de 1994.
Antes, em 16 de maio, o TSE havia aprovado a troca do nome do Partido Trabalhista Nacional (PTN) para Podemos (PODE). O pedido de alteração do nome do partido foi relatado pelo ministro Admar Gonzaga, que foi favorável à solicitação. A sigla tem registro no TSE desde 2 de outubro de 1997.
PEN, PSDC e Partido Progressista conseguiram registro na Corte Eleitoral, respectivamente, em 19 de junho de 2012, 5 de agosto de 1997 e 16 de novembro de 1995.
Confira o PEDIDO do PMDB

Fonte: TSE

"QUANDO PERGUNTAREM DO SEU TIME DE FUTEBOL, FALE DA PREVIDÊNCIA", DIZ TEMER.

Presidente recebe conselho de publicitários e reafirma que proposta não é 'bicho-papão'.

Ciente de que não tem os votos para aprovar a reforma da Previdência, o presidente Michel Temer fez mais um apelo, nesta quarta-feira, pela aprovação da proposta ainda em fevereiro. Em cerimônia no Palácio do Planalto, Temer voltou a dizer que a reforma "não é nenhum bicho-papão" e disse que foi aconselhado por publicitários a, mesmo quando for questionado sobre o seu time de futebol ou sobre seus artistas favoritos, falar sobre a Previdência.

LEIA MATÉRIA COMPLETA AQUI

Fonte: Letícia Fernandes, Karla Gamba e Manoel Ventura/O Globo

BRASIL REGISTRA REDUÇÃO DE 7,6 MILHÕES DE LINHAS TELEFÔNICAS MÓVEIS EM 2017.

O número de linhas telefônicas móveis (celular) no Brasil registrou uma redução de 7.578.808 em 2017, uma queda de 3,11%, segundo balanço divulgado hoje (31) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). No mês de dezembro, em relação ao mês anterior, o serviço móvel pessoal apresentou uma queda de 1,09%, com menos 2.603.234 linhas em funcionamento.
De acordo com dados divulgados pela agência, o país fechou o ano com 236.488.548 linhas em operação. Desse total, 148.509.361 são pré-pagas e 87.979.187 são pós-pagas. Em 12 meses, foi registrada uma redução de 9,83% nas linhas pré-pagas, que fecharam o ano com uma diminuição de 16.190.210 linhas. Nos pós-pago, entretanto, foi registrado aumento de 10,85%, com a adição de 8.611.402 linhas.
Quando comparado ao mês anterior, no mês de dezembro de 2017, as linhas móveis pré-pagas apresentaram queda de 3.582.840 unidades, uma redução de 2,36 %. Já o pós-pago registrou um crescimento de 1,13%, com mais 979.606 linhas.
Segundo a Anatel, nesse período, dois estados apresentaram crescimento nas linhas móveis: Roraima, com acréscimo de 5.715 linhas, um aumento de 1,19%, e São Paulo, com adição de 178.009 linhas, acréscimo de 0,29%.
Além disso, na comparação entre o último mês do ano passado com o mês anterior, três estados da Região Norte apresentaram crescimento no número de linhas móveis: Amazonas com mais 8.730 linhas; Amapá com mais 2.039 e Roraima com mais 2.810; e um estado da Região Sudeste, o Espírito Santo, com mais 5.046 linhas.
Empresas
Entre as empresas, os números mostram que a Vivo continua como a maior operadora, com 74.939.872 linhas móveis. A Claro ultrapassou Tim e passou a ocupar o segundo lugar, com 59.022.019 clientes. Já a Tim, fechou o ano com 58.634.435 assinantes. A Oi aparece em quarto com 38.942.433 linhas.
Tecnologias
De janeiro a dezembro do ano passado, as linhas 4G (LTE) apresentaram crescimento de 42.133.684 unidades, um aumento de 70,10%, e as utilizadas em aplicações máquina-máquina (M2M), como telealarmes, automação residencial e rastreamento de automóveis, também tiveram aumento de 2.483.743 linhas.

Fonte: Luciano Nascimento/Agência Brasil

REPRESENTANTES DA OAB-RN VISITAM A NOVA SEDE DO TRE-RN.

Na manhã desta quarta-feira (31) o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional-RN, Paulo Coutinho, juntamente com o presidente da comissão de direito eleitoral da OAB/RN, Caio Vitor, visitaram o prédio da nova sede do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN). Os advogados foram recebidos pelo membro da corte eleitoral potiguar, juiz do TRE-RN Wlademir Capistrano, pelo Chefe de gabinete da presidência, Josoniel Fonseca e pela diretora-geral do Regional, Andréa Campos.
Estiveram presentes ainda, o secretário de administração e orçamento, Marcos Lael, o assessor jurídico-administrativo da presidência, Hercley Fernandes, a coordenadora de controle interno e auditoria, Hânya Pereira e engenheiros do TRE-RN. Os advogados visitaram as instalações da nova sede e viram os locais onde funcionarão o plenário, a sala dos advogados, a presidência, a direção-geral, o atendimento ao público e aos advogados, os gabinetes dos membros da corte e outras dependências.
O presidente da OAB-RN gostou das instalações e frisou que “o novo prédio é compatível com a importância que a justiça eleitoral tem”. Paulo Coutinho lembrou ainda que na nova sede vai haver melhoria nos serviços prestados pelos servidores e pelos advogados, o que, por consequência, gera melhores serviços prestados a população em geral.

Fonte: Tribuna da Justiça

SISTEMA DE SEGURANÇA DO PAÍS ESTÁ "FALIDO", AFIRMA MINISTRO DA DEFESA.

Jungmann citou o comando de ações criminosas por facções de dentro dos presídios e a falta de investimento financeiro fixo para a área de segurança.

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, afirmou nesta quarta-feira (31), no Rio de Janeiro, que o sistema de segurança pública no País está falido. De acordo com ele, a situação chegou a tal ponto que facções estão no comando de ações criminosas praticadas por quadrilhas organizadas de dentro das penitenciárias. Jungmann participou de evento promovido pela Polícia Militar do Rio de Janeiro e o Viva Rio, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).
“Este sistema vigente está falido, e o que estamos vivendo hoje é o feito, não apenas da falência, do desenho deste sistema, mas o feito de muitas outras razões. O crime se nacionalizou. Mais que isso, se transnacionalizou. Então, não é no espaço da unidade da Federação que vamos resolver o problema da grande criminalidade”, afirmou o ministro da Defesa .
O ministro ressaltou o fato de que, na Constituição de 1988, entre 80% a 85% das responsabilidades com segurança e ordem pública foram transferidas para os estados, restando ao governo federal apenas o controle das polícias Federal e Rodoviária Federal, que ficam encarregadas do controle das fronteiras e das ações contra crimes transnacionais e o tráfico de drogas.
“Há, sim, a influência da crise neste processo, da falta de recursos para serem canalizados para a segurança pública. E, também, porque não temos um fluxo estável de recursos orçamentários e financeiros para a área de segurança. O país passa por uma das maiores crises dos últimos 50 anos em termos econômicos e fiscais e a segurança pública mergulha com o País nesta crise", acrescentou.
AQUI VOCÊ LER A MATÉRIA NA ÍNTEGRA

Fonte: Último Segundo - iG

PLENÁRIO PODE APROVAR FIM DE IMPOSTOS SOBRE MEDICAMENTOS.

O Plenário do Senado está pronto para promover a primeira sessão de discussão, em primeiro turno, de proposta de emenda à Constituição (PEC 115/2011) que proíbe a cobrança de impostos sobre medicamentos de uso humano. Apesar de a proposta ter recebido parecer pela rejeição na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), recurso apresentado em Plenário pelo seu autor, o senador Paulo Bauer (PSDB-SC), permitiu a continuidade de sua tramitação.
A PEC 115/2011 havia recebido parecer favorável, na forma de substitutivo, do relator na CCJ, o falecido senador Luiz Henrique (PMDB-SC). Mas, durante sua discussão e votação na comissão, acabou prevalecendo parecer alternativo, contrário à iniciativa sob argumento de inconstitucionalidade, capitaneado pela senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR). Como a rejeição da proposta não teve o apoio unânime da CCJ, Bauer decidiu apresentar recurso e levar a decisão sobre o assunto para o Plenário.
Governo contrário
Ao defender a rejeição da PEC 115/2011 – contrária aos interesses do governo federal quando da votação na CCJ (2014) -, Gleisi ponderou que a redução de carga tributária prevista resultaria em impacto negativo sobre os orçamentos estaduais e municipais. Isso ocorreria tanto pela redução da arrecadação de IPI nas localidades que sediam indústrias farmacêuticas quanto pela queda nos repasses dos Fundos de Participação dos Estados (FPE) e dos Municípios (FPM).
– Não sou contra a redução de tributos sobre medicamentos e não sou contra a redução do preço de medicamentos, mas não podemos solucionar o problema criando um problema maior – argumentou Gleisi à época.
O senador Roberto Requião (PMDB-PR) concordou com as ponderações feitas pela petista. E atribuiu o elevado preço dos medicamentos ao monopólio assegurado pela lei de patentes.
Pagar pela dor
Em defesa da proposta, Bauer observou, na ocasião, que a Constituição isentou de impostos partidos políticos, igreja, jornais e revistas.
– Ora, se nós não pagamos imposto por pensamento ideológico, por informação e por fé, porque vamos pagar pela dor? A falta de saúde produz dor e a dor só se cura com medicamentos – argumentou o autor da PEC 115/2011.
Segundo manifestação do senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) - outro apoiador da iniciativa -, o preço elevado dos remédios se deve à alta carga tributária incidente sobre esses produtos. No Brasil, estaria na casa dos 34%, contra uma média mundial em torno de 6%, conforme assinalou.

Fonte: Senado Notícias

VICE DE MARINA EM 2014 PEDE PARA DISPUTAR PRESIDÊNCIA PELO PSB.

Beto Albuquerque (RS) entregou hoje uma carta ao partido se colocando à disposição para disputar a Presidência da República.

Ex-líder da bancada do PSB na Câmara e candidato a vice-presidente da República na chapa de Marina Silva (Rede) em 2014, o ex-deputado Beto Albuquerque (RS) entregou hoje uma carta ao partido se colocando à disposição para disputar a Presidência da República este ano.
A movimentação acontece no momento em que setores do partido tentam convencer o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa a se lançar na disputa pela legenda. Barbosa pediu para dar uma resposta à direção do partido até fevereiro.
Filiado há 32 anos ao partido, Albuquerque atualmente ocupa a função de vice-presidente de Relações Institucionais do PSB.
No documento entregue ao presidente da sigla, Carlos Siqueira, o pessebista defende o direito do partido ter um candidato na disputa presidencial de outubro. “No próximo pleito nacional também devem se apresentar cerca de vinte candidatos a Presidente da República e estou certo de que o PSB, com seus 70 anos de história, tem de participar como protagonista dessa disputa, a exemplo de 2014, quando estivemos representados pelo nosso companheiro Eduardo Campos e, depois de sua morte trágica, por Marina Silva e eu como seu vice”, diz o dirigente na carta.
Na mensagem aos colegas de partido, Albuquerque cita a “a imensa frustração política no campo ético, causada pelos principais e maiores partidos”. Mencionando o discurso de Campos, morto em um acidente aéreo durante a campanha presidencial, Albuquerque ataca a “velha política” e se apresenta como possibilidade de representar o “novo” na eleição presidencial.
“Como dizia Eduardo Campos, vamos colocar na oposição as velhas e manjadas raposas da política! Também dizia, não é hora de ter medo, é hora de ter coragem!”, afirma.
O ex-deputado destaca ainda que ao menos 10 candidatos aos governos estaduais pelo partido são considerados competitivos e que uma candidatura própria à Presidência ajudará nestes palanques regionais. “Trata-se, sobretudo, de um projeto coletivo, não individual ou personalista”, alfineta o ex-deputado, em uma crítica indireta à possível candidatura de Joaquim Barbosa.
O ex-vice de Marina Silva ressalta que este é o momento do partido retomar seu espaço no cenário político. “É muito importante ocupar o espaço no espectro político e social brasileiro neste ano, o que também ajudará bastante na eleição de senadores, deputados estaduais e federais do nosso partido”, justifica.
Além da possibilidade de lançar o ex-ministro do STF à Presidência da República, o PSB tem também como opção o ex-ministro dos governos Lula e Dilma Rousseff, Aldo Rebelo, que deixou recentemente o PCdoB.

Fonte: Estadão Conteúdo/Exame
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

JUSTIÇA CASSA MANDATO DE PREFEITA E VICE DE SANTA CRUZ E DEIXA DEPUTADO INELEGÍVEL.

Fernanda Bezerra também foi sentenciada à pena de inelegibilidade até outubro de 2024. Deputado estadual Tomba Farias também está inelegível.

O Ministério Público Eleitoral (MPE), por meio da Promotoria Eleitoral de Santa Cruz, obteve na Justiça Eleitoral a cassação da prefeita da cidade, Fernanda Costa Bezerra. A sentença favorável na Ação de Investigação Eleitoral se deu por abuso de poder econômico durante as eleições de 2016. O vice-prefeito, Ivanildo Ferreira Lima Filho, e o deputado estadual Luiz Antônio Lourenço de Farias, o Tomba, também foram condenados.
A Justiça Eleitoral julgou procedentes os pedidos formulados pelo MPE para cassar os diplomas da prefeita Fernanda Costa Bezerra e do vice-prefeito, Ivanildo Ferreira Lima Filho. Na mesma sentença, além dos gestores municipais, também foram condenados Francisca Suelange de Lima Bulhões e o deputado estadual Tomba Farias, ambos à pena de inelegibilidade pelo prazo de oito anos.
Na sentença, a Justiça Eleitoral declarou a nulidade dos votos conferidos à chapa formada pelos investigados, que obteve o total de 66,29% dos votos válidos. A decisão também determina o afastamento dos cargos eletivos e assunção pelo seguinte na linha sucessória. Após o trânsito em julgado, deve ser realizada uma nova eleição, em respeito ao Código Eleitoral, a ser marcada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), no prazo de 20 a 40 dias. Para visualizar a peça condenatória, clique aqui.
A ação do MPE se baseou em informações escritas, encaminhadas à Promotoria Eleitoral por meio do Sistema Pardal da Justiça Eleitoral, que indicavam um passeio custeado pela Prefeitura Municipal de Santa Cruz, por meio da Secretaria de Assistência Social, para a praia de Pirangi, na casa de propriedade de Luiz Antônio Lourenço de Farias e Fernanda Costa Bezerra.
Na oportunidade, a candidata ao cargo de prefeita de Santa Cruz e o deputado Tomba, marido dela, disponibilizaram a casa particular de praia em plena campanha eleitoral, faltando apenas 20 dias para a votação. No local, entregaram benesses a eleitores, desequilibrando a igualdade entre os candidatos e afetando a liberdade de sufrágio. Cabe recurso à sentença no Tribunal Regional Eleitoral.

Fonte: Blog do VT

CAMPO GRANDE: MELHORES DO ANO" 2017 NA ÁREA DE AUTOMOTIVOS.

Chegamos a 8ª e última categoria. AUTOMOTIVOS.
Em consulta realizada junto a população de Campo Grande, os "MELHORES DO ANO" 2017 escolheu-se os segmentos comerciais e profissionais de melhor desempenho no ano de 2017.
Conheça agora os 6 agraciados na categoria.
Os homenageados deverão está presentes na festa de entrega da Comenda que ocorre em 03 de março, na Casa de Show Arco Verde, tendo como atração musical Caroline Melo e Banda.
A festa/cerimônia será um evento restrito aos homenageados e seus convidados.
Conheça os indicados por categorias.
Melhores Alimentícios e Similares
Melhores na Área de Saúde
Melhores Automotores
Melhores Comércios e Serviços
Melhores Funcionários Públicos
Melhores Lojas
Melhores Professores
Melhores Profissionais Liberais
Nos próximos dias, as pesquisas nas cidades de Janduís e Upanema serão realizadas e posteriormente divulgadas neste blog.
8ª CATEGORIA
MELHORES NA ÁREA DE AUTOMOTIVOS:


CHAPA COM FÁBIO DANTAS PARA O GOVERNO E TIÃO COUTO PARA VICE TEM SIMPATIA DE GRUPO DE EMPRESÁRIOS.

Uma articulação de um grupo de deputados, para que o governador Robinson Faria (PSD) renuncie ao mandato, dando lugar ao vice Fábio Dantas (ainda no PCdoB), para que Fábio seja candidato à reeleição, tem a simpatia do grupo de empresários que discute um modelo novo de gestão para o Rio Grande do Norte.
Sim…
Mas e o projeto desse grupo?
Sem um pingo de vontade de apoiar as possíveis candidaturas ao Governo do prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT) e da senadora Fátima Bezerra (PT), e sem ainda viabilizar uma candidatura própria, os empresários tem demonstrado simpatia ao nome de Fábio, e o desejo de indicar um vice.
Seria, por exemplo, uma chapa que teria Fábio Dantas como candidato a governador e o empresário Tião Couto (ainda no PSDB), como vice.
Maaasss, a discussão que coloca a Assembleia literalmente dividida – com 12 deputados favoráveis e 12 contra – teria que passar pelo governador Robinson Faria.

Fonte: Thaísa Galvão

APÓS SER HOSTILIZADO EM VOO, GILMAR USA AVIÃO DA FAB PARA RETORNAR DE CUIABÁ.

Após ser hostilizado em um voo comercial durante o final de semana, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, utilizou um avião da Força Aérea Brasileira (FAB), na última segunda-feira, 29, para viajar de Cuiabá (MT) a São Paulo (SP).
Nos registros da FAB, o deslocamento consta como “à disposição do Ministério da Defesa Transporte do Presidente do TSE”. Segundo as informações públicas, ele saiu da capital do Mato Grosso às 13h05 e chegou a São Paulo às 17h30. O motivo, porém, não foi informado, embora em outros casos sejam apresentadas justificativas padronizadas como “serviço”, “serviço/segurança” e “residência”.
Segundo a assessoria de imprensa de Gilmar, ele precisou utilizar o avião da FAB para cumprir compromisso oficial no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em São Paulo, que ocorreria a partir das 17h de segunda-feira. A companhia aérea Latam, no entanto, possui um voo diário que sairia às 13h37 e chegaria antes deste horário, às 16h50 – o horário de chegada previsto pela companhia também ocorreria 40 minutos antes do horário de pouso registrado pela FAB.
A assessoria de Gilmar negou que ele tenha optado por viajar num avião da FAB por questões de segurança e destacou que no dia seguinte, terça-feira, ele utilizou um voo comercial para retornar a Brasília. Procurada, a assessoria de imprensa do Ministério da Defesa não se manifestou até a publicação deste texto.
No sábado, 27, passageiros de um voo de Brasília a Cuiabá gritaram “fora, Gilmar, fora, Gilmar”. Ele foi questionado se iria “soltar o Lula, também” – o ex-presidente foi condenado a 12 anos e um mês de prisão em regime fechado na Lava Jato, mas pode recorrer em liberdade. O ministro não respondeu às vaias e provocações.

Fonte: Estadão Conteúdo/IstoÉ

CAMPO GRANDE: MUNICÍPIO NÃO ANGARIA RECURSOS PARA PAGAR ILUMINAÇÃO PÚBLICA.

Nas redes sociais, muito se fala na escuridão que tornou-se habitual, em algumas ruas e avenidas da cidade de Campo Grande, no Oeste potiguar. Na verdade, 98,80% dos municípios do Rio Grande do Norte, cobram a famosa taxa de iluminação pública. Porém, dois municípios não recolhem dos seus moradores, esta taxa. E um destes é exatamente Campo Grande.Mesmo tendo uma resolução no município, que trata do assunto.
E, para ser verdadeiramente posta em prática e assim ser determinação de efeito, preciso é, alterar o então projeto existente, em um único termo. Onde há "taxa", deve existir a denominação "Contribuição", passando à ser Contribuição de Iluminação Pública (CIP). Só assim, terá o município, autoridade suficiente para a cobrança.
Não é aceitável que ruas permaneçam na escuridão, entretanto, é necessário que se faça justiça e que chegue ao conhecimento de todos, a não cobrança desta contribuição.
Hoje, em contato com integrante da prefeitura, soubemos que as medidas já estão sendo adotadas, para que as artérias onde é precária da iluminação pública, com ou sem a famigerada CIP, receba a iluminação adequada.
Aguardemos.


CAMPO GRANDE: DOS 167 MUNÍCIPIOS DO RN, SOMENTE DOIS NÃO COBRAM TAXA DE ILUMINAÇÃO.

Hoje, no rnpoliticaemdia. Campo Grande é um deles.

DOIS VEREADORES DO ASSU GANHAM QUASE R$ 4 MIL DA SAÚDE SEM TRABALHAR.

A funcionária e apadrinhada do prefeito e do deputado do PR, recebe sem trabalhar R$ 1.712.22 por mês.
Enquanto o prefeito do Assú Gustavo Soares, do PR, procura camuflar sua perseguição política contra o vereador Xavier Enfermeiro, alegando que a Unidade de Saúde do Panon, precisa dos seus serviços para justificar a sua transferência do seu Centro Clínico na cidade para a zona rural, os vereadores aliados do governo, Elisângela Albano e João Paulo, não aparecem para dar expediente na Secretaria de Saúde e os dois ganham dos cofres do município, quase R$ 4 mil para não trabalharem.
Apesar da despesa com a vereadora Elisângela Albano, funcionária da vigilância na Saúde ( R$ 1.712.22) e do vereador João Paulo, no cargo de motorista de ambulância (R$ 2.052.30), graças a proteção política do deputado estadual do PR, George Soares, o seu irmão e prefeito Gustavo Soares, não toma nenhuma medida para forçar os dois vereadores da sua tropa de choque a trabalhar no atendimento a população, na Secretaria de Saúde.
Funcionário da Prefeitura, vereador João Paulo, recebe por mês no cargo de motorista de ambulância (R$ 2.052.30) sem trabalhar.
No total, a Prefeitura do Assú, está gastando mensalmente com os dois vereadores que ganham sem trabalhar e sem dar um prego numa barra de sabão, quase R$ 4 mil. Por ano, isso representa uma despesa no valor de R$ 48 mil e durante até o final do mandato do prefeito Gustavo Soares, eles vão embolsar a quantia de R$ 192 mil, por pura proteção política.

Fonte: Blog do VT

GOVERNO DO RN SUSPENDE CONCURSO DA POLÍCIA MILITAR.

O Governo do RN suspendeu o concurso da Polícia Militar. A decisão se deu após a Justiça determinar a correção e republicação do edital. A suspensão do edital foi publicada no Diário Oficial do Estado desta terça (30). O DOE não traz a informação sobre quando o processo será retomado.
O edital do concurso da PM foi publicado no dia 16 de janeiro. As inscrições começaram em 17 de janeiro e seguiriam até 8 de fevereiro. A prova objetiva estava prevista para 4 de março.
O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) apontou irregularidades no edital do concurso e entrou com um mandado de segurança pedindo alterações e a republicação do edital em caráter de urgência. O juiz Francisco Seráphico da Nóbrega Coutinho, da 6ª Vara da Fazenda Pública de Natal, acatou o pedido e determinou a republicação do edital.
Segundo o MP, o edital apresenta irregularidades no que se refere ao requisitos para investidura no cargo, infringindo a Lei Complementar nº 613, de 3 de janeiro de 2018, que entrará em vigor no próximo dia 4 de abril, data em que o concurso público ainda não estará encerrado.
Outra irregularidade encontrada no edital do concurso da PM é relativa às fases do certame. Composto de cinco etapas (prova objetiva, exame de saúde, investigação social, exame de avaliação do condicionamento físico e curso de formação), a seleção não conta com avaliação psicológica, já prevista na nova lei. O mandado de segurança também requer a inclusão desse requisito.

Fonte: Tribuna de Notícias

GILMAR MENDES PEDIRÁ À PF QUE INVESTIGUE QUEM O XINGOU EM VOO.

O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), enviará representação à Polícia Federal para que ela investigue quem o xingou em um voo no sábado (27). O ministro foi chamado, entre outras coisas, de "cagão" e "bosta".
HORTA
Gilmar Mendes pediu abertura de inquérito também para que a PF investigue um homem que lidera o grupo Tomataço e que ofereceu R$ 300 para quem acertasse um tomate no magistrado.

Fonte: Mônica Bergamo/Folha de São Paulo

PRAZO DE INSCRIÇÃO NO SIMPLES NACIONAL TERMINA HOJE.

Empresas que quiserem entrar no Simples Nacional, regime tributário que unifica impostos federais, estaduais e municipais, precisam fazer a solicitação até essa quarta-feira (31). Saiba se você pode se inscrever:
Para as empresas já está operando, a solicitação poderá ser feita apenas em janeiro, até esta quarta-feira (31). Se for aceita, a opção pelo regime tributário vai retroagir até o início do mês. A inscrição é feita no site do Simples.
As empresas que estão apenas começando seus negócios têm até 30 dias para solicitar a entrada no Simples a partir do dia de obtenção de sua inscrição, estadual ou municipal. Isso desde que não tenha se passado 180 dias desde a abertura da empresa, caso contrário, a opção só ficará disponível no mês de janeiro do ano seguinte.
Apenas as microempresas ou as empresas de pequeno porte podem entrar no Simples Nacional. Neste ano, uma novidade: entra em vigor a lei Crescer Sem Medo, que eleva o teto de faturamento necessário para entrar no Simples de R$ 3,6 milhões a R$ 4,8 milhões para as empresas de pequeno porte e de R$ 60 mil para R$ 81 mil para o microempreendedor individual (MEI).

Fonte: Edenevaldo Alves

MARCELINO VIEIRA: PALESTRA SOBRE REFORMA TRABALHISTA.

Empresários dos setores de Beleza, Motomecânica e Moda e Acessórios, atendidos pelo programa Empreender RN no município de Marcelino Vieira, participaram na noite desta terça-feira, 30/01, na câmara municipal de vereadores da palestra "Reforma trabalhista e as principais mudanças para o empresário", tendo com ministrantes o advogado Aurivones Nascimento e Thaisa Lemos. O consultor Erinaldo Souza em nome da FACERN e do SEBRAE agradece aos escritórios de advocacia pela parceria, aos participantes pela honrosa presença, bem como, a equipe da câmara municipal de vereadores de Marcelino Vieira pela atenção com a classe empresarial. Nosso muito obrigado.

SOBE PARA 81 O NÚMERO DE MORTES POR FEBRE AMARELA NO BRASIL.

O Brasil registrou 213 casos de febre amarela, com 81 mortes, no período de 1º de julho de 2017 a 30 de janeiro deste ano, segundo o Ministério da Saúde. O número de óbitos quadruplicou em quinze dias, quando o órgão contabilizava 35 casos da doença e 20 mortes. Considerando a última semana, que apontava 130 confirmações da doença, o aumento no total de casos foi de 64%. Ao todo, desde 1º de julho de 2017, foram notificados 1.080 casos suspeitos, sendo que 432 foram descartados e 435 permanecem em investigação. Entre julho de 2016 e 30 janeiro de 2017, foram confirmados 468 casos e 147 mortes.
É importante informar que a febre amarela é transmitida por meio de vetor (mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes no ambiente silvestre). O último caso de febre amarela urbana foi registrado no Brasil em 1942, e todos os casos confirmados desde então decorrem do ciclo silvestre de transmissão. São Paulo lidera no número de casos e mortes Com 108 casos confirmados e 43 mortes, São Paulo é o Estado mais afetado pela doença. Mas os dados do Ministério apresentam uma pequena defasagem em relação ao balanço da Secretaria Estadual da Saúde, que apontam 134 casos confirmados no Estado e 52 mortes. Minas Gerais (77 casos confirmados e 30 mortes) é o segundo Estado mais atingido pelo vírus, seguido do Rio de Janeiro (27 casos confirmados e 7 mortes). Foi confirmado também um caso com óbito no Distrito Federal. Há casos da doença em investigação no Pará (10), em Tocantins (3), Bahia (8), Pernambuco (1), Piauí (2), Goiás (10), Mato Grosso (1), Mato Grosso do Sul (2), Espírito Santo (2), Paraná (4), Rio Grande do Sul (7) e Santa Catarina (6).

Fonte: UOL

DATAFOLHA: APÓS CONDENAÇÃO, LULA MANTÉM ENTRE 34% E 37% DAS INTENÇÕES DE VOTO.

Após ter a condenação por corrupção e lavagem de dinheiro confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva manteve os índices de intenção de voto na corrida presidencial que tinha em dezembro, segundo pesquisa do Instituto Datafolha divulgada na madrugada desta quarta-feira, 31, pela Folha de S.Paulo. O petista lidera os cinco cenários em que é incluído, com entre 34% e 37% da preferência do eleitorado – mesma faixa do levantamento de dezembro. O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) vem em segundo lugar, com 15% a 18% das intenções de voto – no mês passado, o parlamentar tinha entre 17% e 18%.
A pesquisa foi feita na segunda-feira, 29, e na terça-feira, 30 – após, portanto, o julgamento no TRF-4, que ocorreu na quarta-feira, 24, e que pode tirar Lula da disputa por causa da Lei da Ficha Limpa.
Nos cinco cenários que incluem Lula, o terceiro lugar apresenta empate técnico. Na primeira simulação, Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes (PDT) têm 7% e Joaquim Barbosa (sem partido), 5%. No segundo cenário, Alckmin e Ciro mantêm os 7%, e Alvaro Dias (Podemos) tem 4%.
Na terceira simulação, Marina Silva (Rede) aparece com 8% e Luciano Huck (sem partido) tem 6% – mesmo porcentual de Alckmin e Ciro. Numa quarta hipótese, Marina tem 10%, Ciro, 7%, Dias, 4%, e João Doria (PSDB), 4%.
Um quinto cenário apresenta Marina com 7%, Alckmin e Ciro com 6%, Huck com 5%, Barbosa e Dias com 3% – neste caso, o presidente Michel Temer, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, ficam com 1% cada.
No segundo turno, Lula venceria Alckmin (49% a 30%) e Marina (47% a 32%) e Bolsonaro (49% a 32%).

Fonte: Estadão Conteúdo/IstoÉ

STJ NEGA HABEAS CORPUS PEDIDO PELA DEFESA DE LULA PARA EVITAR PRISÃO.

Ministro Humberto Martins argumenta que liminar só em caso de risco de prisão ilegal.

O ministro Humberto Martins, vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou nesta terça-feira habeas corpus ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para evitar que ele seja preso depois que se esgotarem os recursos no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) contra a condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A orientação do Supremo Tribunal Federal (STF) é de que as penas comecem a ser cumpridas depois de confirmada a condenação por um tribunal de segunda instância, como o TRF-4.
Na decisão, o ministro afirmou que o STJ tem entendimento no sentido de que “o habeas corpus preventivo tem cabimento quando, de fato, houver ameaça à liberdade de locomoção, isto é, sempre que fundado for o receio de o paciente ser preso ilegalmente. E tal receio haverá de resultar de ameaça concreta de iminente prisão”. Para Martins, não há possibilidade imediata de prisão no caso concreto.
A liminar foi negada pelo vice-presidente porque, durante o recesso do tribunal, ele é o responsável pelas decisões urgentes. A partir de quinta-feira, quando as atividades do STJ forem retomadas, o caso seguirá para o gabinete do ministro Félix Fischer, relator da Lava-Jato no STJ. O mais provável é que ele mantenha a decisão do colega, porque é conhecido pela rigidez. Fischer deverá levar o caso para julgamento na Quinta Turma do tribunal.
LEIA AQUI MATÉRIA COMPLETA

Fonte: Carolina Brígido

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

HERDEIRAS DA GUERRA DO PARAGUAI.

O ministro Dyogo Oliveira contou hoje num evento promovido pelo GLOBO que há ainda cinco pensões pagas a familiares de militares que lutaram a Guerra do Paraguai, cujo término, vale ressaltar, deu-se há 148 anos.
A propósito da Previdência, disse o ministro:
— A Previdência é o maior mecanismo de concentração de renda do Brasil.

Fonte: Lauro Jardim/O Globo
Foto: Givaldo Barbosa/Agência O Globo

PROCURADOR DA AGU É AUTOR DO PEDIDO QUE REVELOU AUXÍLIO-MORADIA DE BRETAS.

O pedido de informação ao TRF-RJ que revelou pagamento de auxílio-moradia ao juiz Marcelo Bretas, relator da Lava Jato no Rio de Janeiro, e sua mulher, Simone de Fátima Diniz Bretas, partiu do procurador da Advocacia-Geral da União Carlos André Studart Pereira. A AGU tem como prerrogativa fazer a defesa da União.

O procurador disse à Coluna do Estadão que resolveu solicitar a informação depois de assistir a uma entrevista de Bretas no programa Conversa com Bial, da TV Globo. Ele afirmou que ficou curioso quando soube que a mulher de Bretas também era juíza. “Não é nada pessoal, mas essas pessoas acabam servindo de exemplo”, contou.
O pedido do procurador foi exclusivo sobre o juiz da Lava Jato e a mulher dele, não se estendendo aos demais juízes casados com juízas.
Studart já foi filiado ao Partido Novo. Saiu depois que a sigla decidiu apoiar a reforma da Previdência. “Não sou contra da reforma. Sou contra as mentiras que contam para aprová-la”, diz. Em 2016, apoiou o colega procurador Fredy Bezerra, candidato pelo PSDB a vereador em Fortaleza, que saiu derrotado da disputa.
O procurador também já foi atrás de pagamentos ao juiz Sérgio Moro. Studart fez um levantamento de indenizações pagas ao relator da Lava Jato em Curitiba.
Em 2015, também Studart ingressou na Justiça pedindo para receber auxílio-moradia. Teve o benefício negado. O caso dele é diferente de Bretas porque o juíz da Lava Jato recorreu ao Judiciário para receber o benefício ao mesmo tempo que sua mulher.
Em nota, explicou sua motivação: “Alguma pessoa em sã consciência acreditou um dia que algum juiz nessa face da terra iria acolher um pedido como esse? Tanto é verdade que o pleito foi julgado totalmente improcedente. Tratou-se de uma provocação semelhante àquela da Defensoria Pública da União, que ingressou com uma ação para obter auxílio-moradia para os moradores de rua.”
AQUI VOCÊ VER A MATÉRIA NA ÍNTEGRA

Fonte: Andreza Matais/Estadão
Foto: Facebook


CAMPO GRANDE: MELHORES DO ANO" 2017 NA ÁREA DE ALIMENTÍCIOS E AFINS.

Em pesquisa de opinião pública na cidade de Campo Grande, a população indicou os "MELHORES DO ANO" 2017, em diversas áreas. Chegamos a 7ª e penúltima categoria: ALIMENTÍCIOS E AFINS.
São nove indicados nesta categoria.
Os homenageados deverão está presentes na festa de entrega da Comenda que ocorre em 03 de março, na Casa de Show Arco Verde, tendo como atração musical Caroline Melo e Banda.
A festa/cerimônia será um evento restrito aos homenageados e seus convidados.
Conheça os indicados por categorias.
Melhores Alimentícios e Similares
Melhores na Área de Saúde
Melhores Automotores
Melhores Comércios e Serviços
Melhores Funcionários Públicos
Melhores Lojas
Melhores Professores
Melhores Profissionais Liberais
Nos próximos dias, as pesquisas nas cidades de Janduís e Upanema serão realizadas e posteriormente divulgadas neste blog.
7ª CATEGORIA
MELHORES NA ÁREA DE FUNCIONALISMO PÚBLICO:


DEFENSOR PÚBLICO DIZ QUE MULHER DE MINISSAIA "ESTÁ DANDO OPORTUNIDADE" PARA ASSÉDIO.

O Defensor Público Geral de Pernambuco, Manoel Jerônimo afirmou que a vestimenta de uma mulher é parte de um simbolismo que “diz muito para fins de processo, para fins de condenação ou absolvição no campo criminal“. A declaração foi feita em 11 de janeiro, em uma entrevista à Rádio Recife, quando o defensor comentava sobre casos de assédio e estupro.
Na entrevista, Jerônimo – que também é vice-presidente do Colégio Nacional de Defensores Gerais – declarou que “um local de muita movimentação, uma mulher estar de minissaia, a mulher fica sujeita a uma pessoa interpretar que ela está seduzindo ou por ventura dando oportunidade para uma paquera, um namoro e quem sabe até algo mais sério“.
De acordo com o defensor, seria importante então que a mulher demonstrasse “de forma simbólica, que não está ali para nenhum tipo de paquera e as vestes demonstram muito isso”.
Repúdio
Após a entrevista, a Rede Nacional de Advogadas e Advogados Populares manifestou-se, em nota, repudiando as declarações do Defensor. “Diferentemente do que afirma o Defensor Público ao declarar que as vestes servem como ‘simbolismo’ da vontade da mulher – anulando a autonomia e capacidade das mulheres falarem –, é fundamental que se ensine aos meninos e homens que não há outra forma para se saber sobre a vontade da mulher além da afirmação positiva, consciente e sóbria sobre seus desejos e suas vontades. Não é não e a ausência de sim também é não”, diz a nota.
VEJA MATÉRIA COMPLETA AQUI

Fonte: Justificando/Carta Capital

DEPUTADO JARI BOLSONARO PEDE AO TSE SUSPENSÃO DE PESQUISA ELEITORAL DO INSTITUTO DATAFOLHA.

Político alega que questionamentos apresentados seriam tendenciosos.

A defesa do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) protocolou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta terça-feira (30), representação que pede a concessão de tutela de urgência para impedir a divulgação do resultado da pesquisa eleitoral promovida pelo jornal Folha da Manhã e realizada pelo instituto Datafolha. Solicita ainda, no mérito, que a pesquisa registrada no Tribunal sob o número BR-05351/2018 seja impedida de circular em definitivo.
Os advogados do político afirmam que a pesquisa, além de pretender aferir a intenção de voto para as eleições presidenciais de 2018, contém questionamentos sobre a opinião dos potenciais eleitores, acerca de circunstâncias atuais da política nacional e dos seus protagonistas.
“Nesse ponto, os questionamentos apresentados se revelam tendenciosos, com nítido objetivo de manipular, não apenas o eleitor consultado, mas também aqueles que do seu conteúdo tiverem conhecimento, tudo isso em benefício de uma determinada candidatura, cujo registro perante o TSE é natimorto. De outro lado, ao candidato ora representante, a “pesquisa” reserva tratamento difamatório, baseado em premissa reconhecidamente falsa”, diz a defesa de Bolsonaro.
Em razão do recesso forense, que somente terminará dia 1º de fevereiro, a análise do pedido de cautelar deverá ser feito pela Presidência da Corte.

Fonte: TSE

SEM LULA, QUADRO ELEITORAL "FICARÁ MAIS PULVERIZADO", AFIRMA MAIA.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, que a ausência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na eleição deste ano vai estimular candidaturas ao Planalto.

O sr. será candidato?
Alguns amigos, partidos, acham que eu poderia colocar meu nome. Eu acho que, se ao longo do tempo essa hipótese virar em algum apoio de fato na sociedade posso discutir isso mais à frente.
Chegou a dizer que precisava alcançar 7% de intenção de voto para se lançar candidato…
Mas isso foi só um chute. Não é isso, precisa é de um projeto que garanta uma transformação para o País. O mundo está vivendo uma revolução tecnológica e o Brasil não pode ficar fora disso. A gente precisa de um projeto que tenha isso como base, que a gente possa aproveitar toda essa revolução em benefício da sociedade. E acho que isso a gente tem condição de fazer, algum candidato precisa representar isso. E eu quero fazer parte, acho que é um projeto que tem relação com a minha geração. Agora, quem é o nome? Vamos construir um pouco mais na frente, agora é cedo para tratar disso.
Como o sr. avalia a condenação em segunda instância do ex-presidente Lula no cenário eleitoral?
A questão jurídica está decidida, a política é do PT, não é nossa. O presidente Lula tem a força dele, é claro, disputando ou não ele terá um peso importante nas eleições, mas menor na minha avaliação.
Por que menor?
Acho que por falta de uma candidatura de oposição a ele definida – os nomes ainda estão desconhecidos – ele acaba ficando num patamar de intenção de votos maior do que ele terá se for candidato ou terá para transferir. Então, é claro que ele tem muito apoio, mas acho que esse apoio está distorcido.
A esquerda divida atrapalha Lula?
Acho que sem ele o quadro (eleitoral) ficará mais pulverizado no campo dele ou no outro.
Como responde à reportagem publicada pelo jornal O Globo sobre visita sua à sede da Odebrecht no dia em que seu pai, Cesar Maia, teria recebido doação da empresa?
É um absurdo isso. Ninguém falou que eu tinha ido buscar dinheiro. Inventaram a tese de que fui pegar dinheiro, não tem nada disso, não é verdade. O escritório que eles dizem também que vão não era nosso, não tinha ninguém nosso naquela época. Então são contradições uma atrás da outra.
Mas houve o depósito no dia?
Não. O que estão dizendo é que eu fui na Odebrecht e me deram recursos. Não recebi recurso nenhum da Odebrecht, de caixa 2. O que recebi foi uma doação de duas empresas ligadas à Odebrecht e está tudo registrado. O que foi doado está registrado e não tem nenhuma, nenhum dos delatores, mesmo falando mentiras, falou em nenhum momento que eu fui à Odebrecht tratar disso.
Esse caso pode atrapalhar suas pretensões eleitorais?
Sempre atrapalha, mas acho que as nossas explicações, a nossa transparência e o andar do inquérito vão provar que essas informações são contraditórias, não são verdadeiras e o inquérito vai ser arquivado.
O presidente Temer iniciou ofensiva pela aprovação da reforma da Previdência, concedendo entrevistas a programas populares de rádio e TV. Isso ajuda?
Quanto mais pessoas falando, e o presidente da República, é claro, sempre ajuda a mostrar a importância que a reforma tem, explicando aquilo que está se propondo: criar um sistema igual para o setor público e o setor privado, sem distorções, o que é uma demanda muito grande da sociedade. Então, a participação ativa do governo é fundamental.
O sr. havia colocado como prazo para a aprovação da reforma o fim de fevereiro. Mantém esse prazo? Como está a contabilidade dessa votação?
Agora é que vai começar a parte mais intensa na Câmara, conversando com cada um dos deputados e deputadas. Eu não tenho muita noção do número, mas acho que, trabalhando de forma conjunta com os líderes de partidos, temos chance de chegar lá (aos 308 votos necessários para a aprovação da proposta de emenda constitucional). Vamos chamar um a um, olhar olho no olho, mostrar aos deputados qual vai ser o impacto para a vida do cidadão simples.

Fonte: Jornal O Estado de São Paulo/IstoÉ

REPRESENTANTES DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E IFRN VISITARÃO JUCURUTU VISANDO INSTALAÇÃO DE INSTITUTO TÉCNICO FEDERAL NO MUNICÍPIO.

Em entrevista ao programa Jucurutu Notícias nesta segunda-feira (29), o deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) informou que na próxima quinta-feira (1º de fevereiro) membros do Ministério da Educação (MEC) e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) estarão em Jucurutu para realizar visitas técnicas e vistorias em terrenos e prédios, visando à instalação de um Campus Avançado do IFRN no município que atenderá em torno de 600 alunos de Jucurutu e de municípios circunvizinhos.
A instalação de uma unidade do IFRN em Jucurutu é luta antiga do parlamentar iniciada em conjunto com o então prefeito George Queiroz – que administrou o município entre os anos de 2013 e 2016 – durante o governo da então presidente Dilma Rousseff (PT) e que agora, no governo do atual presidente Michel Temer (MDB), começa a tomar maiores dimensões, principalmente, devido à articulação do senador José Agripino Maia (DEM) junto ao titular do MEC, ministro Mendonça Filho (DEM).
Neste meio tempo, o deputado Nelter Queiroz em parceria com a presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Jucurutu, Paula Torres (PDT), participou de audiências na reitoria do IFRN em Outubro de 2017 e Janeiro deste ano; além de audiências com o senador José Agripino Maia, buscando a concretização deste importante pleito. Outra audiência de grande importância neste sentido, desta vez com o ministro Mendonça Filho, foi protagonizada por Nelter e pelo então prefeito George Queiroz em setembro de 2016, em Brasília/DF.
“Nesta segunda-feira recebi informações vindas do Ministério da Educação que na próxima quinta-feira os técnicos do MEC e do IFRN irão a Jucurutu averiguar terrenos que foram colocados à disposição para doação por dona Ana, avó do ex-secretário Pablo Cassiano, e por doutor Saint-Clair Torres, esposo da vereadora Paula Torrres. Além dos terrenos que estão à disposição para serem doados visando à construção do IFRN, os técnicos também analisarão se as estruturas físicas da Escola Estadual Newman de Queiroz (EENQ) e do Centro Educacional São Miguel [CESM] são aptas a receberem provisoriamente a estrutura do IFRN”, disse Queiroz.

Fonte: Blog do VT

ELEIÇÃO PARA AMARN - ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS DO RIO GRANDE DO NORTE TEM 2 CHAPAS INSCRITAS.

Eleição para AMARN – Associação dos Magistrados do Rio Grande do Norte tem 2 chapas inscritas. Os dois candidatos a presidente são Herval Sampaio e Azevêdo Hamilton.
A votação será dia 16 de março. Veja abaixo as duas chapas:

Fonte: Blog do BG

CAMPO GRANDE: MELHORES DO ANO" 2017 NA ÁREA DE COMÉRCIOS DIVERSOS.

Chegamos a 6ª e antepenúltima categoria. COMÉRCIOS DIVERSOS.
Em consulta a população de Campo Grande, os "MELHORES DO ANO" 2017 nos 6 segmentos comerciais são anunciados. 
Os homenageados deverão está presentes na festa de entrega da Comenda que ocorre em 03 de março, na Casa de Show Arco Verde, tendo como atração musical Caroline Melo e Banda.
A festa/cerimônia será um evento restrito aos homenageados e seus convidados.
Conheça os indicados por categorias.
Melhores Alimentícios e Similares
Melhores na Área de Saúde
Melhores Automotores
Melhores Comércios e Serviços
Melhores Funcionários Públicos
Melhores Lojas
Melhores Professores
Melhores Profissionais Liberais
Nos próximos dias, as pesquisas nas cidades de Janduís e Upanema serão realizadas e posteriormente divulgadas neste blog.
6ª CATEGORIA
MELHORES NA ÁREA DE FUNCIONALISMO PÚBLICO: