RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

BERGUINHO: BARAÚNA PRECISA DE UM GRANDE PROJETO ESTRUTURANTE.

CLAUDEMBERG DANTAS, UM DOS ÍCONES DO PSDB BARAUNENSE, FALA DA ATUAL GESTÃO MUNICIPAL DE BARAÚNA; SE HÁ MÁGOAS DA SITUAÇÃO; SE EXISTE POSSIBILIDADE DE REAPROXIMAÇÃO COM O GRUPO SITUACIONISTA E O SEU FUTURO POLÍTICO.










VOCÊ ESTÁ NO PSDB. QUAL A POSIÇÃO DO PARTIDO NO TOCANTE AO PLEITO 2012?
O PSDB é um partido forte em Baraúna e encontra-se no bloco oposicionista.

VOCÊ NUNCA EXECEU CARGO ELETIVO. ESSE É O MOMENTO DE ADENTRAR NA POLÍTICA?
O exercício do cargo eletivo é uma grande responsabilidade. Minha concepção de política é oportunizar melhorias para os cidadãos. Entrarei na política com esse pensamento, o momento dependerá de variáveis e circunstâncias que o tempo dirá.

ESTAS "VARIÁVEIS" SÃO REFERENTES AO CARGO AO QUAL VOCÊ PODERÁ DISPUTAR?
Me refiro ao fato do partido ouvir suas bases e apontar nomes e cargos pleiteados. O PSDB a cada dia encontra-se mais unido e forte. Em todas as reuniões saímos confiantes que o PSDB será a "peça-chave" que decidirá o pleito 2012 em Baraúna.

NO CASO, O FIEL DA BALANÇA?
Sim. Não tirando o prestígio dos outros partidos da oposição, mas o PSDB é o mais organizado, concentrado, unido e com um número de candidaturas proporcionais mais significante, até o presente momento. O trabalho que o professor Valdeci dos Santos Júnior fez na presidência do partido foi determinante para que a legenda se consolidasse como a agremiação partidária tão importante no cenário atual.

ESTANDO NA OPOSIÇÃO, APOIARÁ A PRÉ-CANDIDATURA DE LUCIANA OLIVEIRA. OU EXISTE AINDA ALGUMA POSSIBILIDADE DE VIR À SER UM OUTRO NOME?
O PSDB está na oposição. Por isso, norteando-se e pautando-se por tendências de suas bases, o partido, hoje, apoia a pré-candidatura de Luciana Oliveira, que é do partido aliado PMDB. No cenário atual, existe uma grande tendência de aliança das duas principais legendas da oposição PMDB e PSDB se unirem em torno de uma grande composição partidária que também contempla o PT, PDT, PRB e PTB.

EXISTE ALGUMA POSSIBILIDADE DE UM OUTRO NOME QUE NÃO SEJA O DE LUCIANA OLIVEIRA PARA DISPUTA DA MAJORITÁRIA?
Na oposição, o PSDB é parceiro do PMDB. Essa parceria passa por um grande projeto de governo. Hoje, o nome que se desempenha com maior performance para disputa majoritária na oposição é o da pré-candidata Luciana Oliveira (PMDB). Se continuar as afinidades entre essas duas legendas, dificilmente ocorrerá mudanças. O DEM ensaia uma candidatura do ex-prefeito José Araújo Dias, que tem uma história política na cidade que deve ser respeitada por todos nós. Contudo, o DEM ainda não se pronunciou de forma mais efetiva sobre essa possibilidade. Mas não podemos subestimar a importância de nenhum operador político, cada um tem seu grau de importância e devido respeito.

VOCÊ TRABALHOU POR UM BOM TEMPO, NA ADMINISTAÇÃO DO PREFEITO ALDIVON NASCIMENTO. QUAL O BALANÇO QUE VOCÊ FAZ DESTE PERÍODO?
Tenho uma relação de grande respeito às pessoas. Sempre separei trabalho e política. Contribuo com a atividade pública em Baraúna há aproximadamente 20 anos, época do ex-prefeito José Araújo (DEM), passando também a ser auxiliar do ex-prefeito Gilson Professor(PMDB) e por fim, secretariando o atual prefeito Aldivon Nascimento (PR). Tenho um enorme respeito a todos. São pessoas públicas e deram suas parcelas de contribuições para Baraúna. Como a política se renova, estamos começando a assistir novos ciclos aparecendo e isso é muito salutar. Durante o período que estive ao lado do atual prefeito Aldivon Nascimento(PR) buscamos desenvolver Baraúna juntos. Fico lisonjeado por ter contribuído com a melhoria de nossa cidade.

SABENDO QUE A POLÍTICA É DINÂMICA, MUTÁVEL, ALGUMA CHANCE DE REAPROXIMAÇÃO COM O ATUAL PREFEITO, POR MENOR QUE SEJA, NÃO?
É interessante essa pergunta. Mas para respondê-la temos que retroagir às eleições passadas. Para quem não sabe, hoje o que é oposição e situação, em 2004 e 2008 era um grupo só. Todos estavámos em um mesmo barco. Contudo, divergências e desentendimentos ensejaram na separação de uns e conjunção de outros. Eu sigo as orientações e decisões do PSDB. Para onde o PSDB for, estarei indo junto. O meu norte, portanto, é o PSDB.

DIGAMOS ENTÃO QUE VOCÊ CANSOU DE SER A AZEITONA DA EMPADA?
Sou consciente que fiz minha parte como secretário de todos os governos que administrou Baraúna nos últimos 20 anos. Não por querer ser a empada. mas me acho preparado para esse desafio, especialmente com a sensibilidade social que os cargos de prefeito ou vice se investe.

QUAL SUA ANÁLISE SOBRE O GOVERNO ALDIVON NASCIMENTO?
Um governo que poderia ter feito mais pelas pessoas. Faltou mais sensibilidade social, mesmo sendo fato alguns importantes avanços. Sob o aspecto administrativo, época que estive à frente da secretaria de gestão, o município conseguiu estruturar e otimizar a operacionalização da máquina, o que é muito importante para uma gestão responsável. Costumo dizer que governar um município é ter coração para sentir as necessidades de seu povo e ser responsável para aplicar os recursos públicos com probidade obedecendo todo o arcabouço legal do direito público.

E QUAIS AS MAIORES DEFICIÊNCIAS DO GOVERNO ALDIVON NASCIMENTO?
Talvez não sejam as deficiências do governo Aldivon Nascimento e sim as deficiências de Baraúna. É um grande desafio administrar Baraúna. Não vejo que seja um problema pessoal do prefeito, mas sim, de qualquer um que venha a sentar na cadeira de Prefeito apartir de 2013. Baraúna é uma cidade rica mas ao mesmo tempo muito pobre. É uma cidade em franco desenvolvimento, porém com problemas sociais alarmentes. As deficiências de Baraúna não serão resolvidas apenas por um prefeito. A cidade carece de um grande projeto estruturante.

NOTORIAMENTE, NA LINHA SUCESSÓRIA DE ALDIVON SIMÃO, HAVIAM DOIS NOMES. O SEU E O DO HOJE, PRÉ-CANDIDATO ISOARES MARTINS. DIANTE DA ESCOLHA DE ISOARES PARA SER O CANDIDATO DA SITUAÇÃO, FICOU ALGUMA MÁGOA DA SUA PARTE?
Não guardo mágoas. Quando estive secretário sabia de minha responsabilidade e inclusive consciente que eu poderia vir a ser candidato a prefeito pela situação. Mas em política há os encontros e desencontros. Os momentos e circunstâncias separam as pessoas, mas muitas vezes, o tempo as unem. Aconteceu assim em 2004 e 2008. O prefeito Aldivon Nascimento(PR) por ser líder da situação tinha, à época, todo o direito de escolher seu candidato. Devemos respeitar e cada um acompanhar seus pré-candidatos por suas propostas e ideologias. Assim é a nossa democracia.

AO SEU VER, O PV DE BARAÚNA TEM TENTANDO EMPLACAR UMA VAGA NA MAJORITÁRIA OU APENAS SE CONTENTA COM UMA CADEIRA NO LEGISLATIVO?
O PV, comandado em Baraúna pelo brilhante vereador Edson Barbosa, é um partido que aglutina nomes de peso como o do próprio vereador e do ex-vice-prefeito Ailton Lopes. O partido encontra-se na situação bem acomodado e alinha-se de forma afinada ao projeto do pré-candidato situacionista Isoares Martins(PR). Ao meu ver, o PV tem vaga garantida no legislativo. Temos que respeitar o desejo do partido e são movimentos normais na política.

COMO VOCÊ DEFINIRIA POLITICAMENTE, OS NOMES:

ALDIVON NASCIMENTO: Um habilidoso político.
BERGUINHO: Sensibilidade social e administração com eficiência, juntas.
EDSON BARBOSA: Desempenhou bem seu papel como vereador. Admiro-o.
GILSON PROFESSOR: Anotou seu nome na história política da cidade.
ISOARES MARTINS: Engenheiro dos melhores. Tem meu respeito no campo político e pessoal.
JOSÉ ARAÚJO: Simplicidade e honestidade são suas marcas. Tenho muito a aprender com sua experiência.
LUCIANA OLIVEIRA: Tem uma sensibilidade social afinada. Coração maior que ela.

EM QUEM VOCÊ NÃO VOTARIA POR HIPÓTESE NENHUMA, EM BARAÚNA?
Não tenho objeção a nenhum nome. Não sou contra as pessoas e sim aos comportamentos e atos que julgo reprováveis.

QUAL A MENSAGEM QUE VOCÊ DEIXA PARA A POPULAÇÃO DE BARAÚNA?
Baraúna está entre as cidades que mais se desenvolvem no RN. Os nossos diferenciais naturais sustentam o nosso povo. Mas é preciso que a população entenda que as mudanças que queremos fazer e o futuro de nossos jovens e filhos dependem de pessoas que atuam na política com responsabilidade e que oportunize as obras estruturantes que a cidade tanto carece. Não podemos achar que alguém irá salvar Baraúna do caos, mas podemos ter a consciência que alguém pode melhorar as condições de vida de nosso povo, portanto, sabendo discernir o que faz bem à população e o que causa danos irreparáveis. Pensar Baraúna para o futuro é a máxima que todos devemos priorizar. Capacidade de administrar e sensibilidade social.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.