RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

sexta-feira, 23 de junho de 2017

CONTROLE EXTERNO REALIZA REUNIÃO PARA APRESENTAR AUDITORIA SOBRE A GESTÃO DE IMÓVEIS DO ESTADO.

A Secretaria de Controle Externo do Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) realizou nesta sexta-feira (23) uma reunião com representantes do Governo do Estado para apresentar os primeiros resultados da auditoria operacional realizada na gestão do patrimônio imobiliário do Estado. A comissão nomeada para atuar na auditoria apresentou um diagnóstico acerca da forma com o Estado do RN gere os seus imóveis.
A reunião teve a presença do presidente do TCE, conselheiro Gilberto Jales, do conselheiro Francisco Potiguar Cavalcanti Junior, que é o relator da auditoria operacional, da secretária de Controle Externo do TCE, Anne Costa Carvalho, além do secretário estadual de Administração, Cristiano Feitosa, do controlador do Estado, Alexandre Pinto Varela, do procurador do Patrimônio, Nivaldo Brum, entre outros representantes do Executivo estadual.
Um dos objetivos do encontro foi colher sugestões dos jurisdicionados para elaborar as recomendações que serão incluídas no relatório da auditoria operacional. O trabalho conjunto entre o controle externo e o jurisdicionado é um dos aspectos mais relevantes da metodologia deste tipo de trabalho. “Este é mais um trabalho que reflete um novo tempo no controle externo, dentro dos parâmetros utilizados no Brasil e no mundo. O diagnóstico é realizado dentro de um trabalho conjunto com todos os atores”, frisou o presidente.
O auditoria está em fase de execução e deve emitir o seu relatório nos próximos meses. Estão sendo analisados a estrutura, processos de trabalho, normatização e controle financeiro relativos à gestão do patrimônio imobiliário na Administração Direta do RN. Após o relatório inicial, abre-se um prazo para que os gestores possam dar a sua contribuição e só então é produzido o relatório final. As recomendações presentes no relatório terão sua execução acompanhada pelo Tribunal de Contas.

Fonte: TCE - RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.