RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

quinta-feira, 15 de junho de 2017

MAIS UM POLICIAL É MORTO A TIROS NO RIO GRANDE DO NORTE.

Bandidos que participaram do crime em Areia Branca fogem para Mossoró mas são mortos em favela.

Um soldado da Polícia Militar foi morto a tiros na noite desta quarta-feira (14) ao trocar tiros com bandidos durante um assalto a um bar na cidade de Areia Branca, na Costa Branca potiguar.
Testemunhas relataram que dois homens e duas mulheres teriam participado de tentativa de assalto no centro de Areia Branca. Um homem saiu ferido e também uma menor de idade. Estão presos em Mossoró, após cuidados médicos.
O PM morto foi identificado como Carlos Eduardo Alves. Ele morava em Natal e trabalhava como motorista da Força Tática do 9º Batalhão. De férias, o soldado foi a Areia Branca a passeio e estava no bar participando de uma confraternização com parentes e amigos.
Assaltantes mortos
Já na madrugada desta quinta (15), dois homens identificados como Afonso Rafael Arruda da Silva e Anderson Silva de Melo, o “Andinho”, morreram após trocar tiros com policiais militares do 12º BPM na Favela do Velho, região do bairro Dom Jaime Câmara e Nova Vida (antigo Malvinas) em Mossoró.
Com essas mortes, Mossoró chega a 119 homicídios este ano.
De acordo com a PM, os dois homens suspeitos de matar um policial Militar na cidade de Areia Branca na noite de quarta feira (14), durante um assalto, fugiram para Mossoró e estavam escondidos na Favela do Velho.
Depois de receberem informações sobre o paradeiro dos suspeitos, os policiais saíram em diligências no sentido de localizar e prendê-los, mas ao chegarem à favela e ao se depararem com os indivíduos, as equipes policiais foram recebidas à bala.
12º policial morto
Houve confronto e os dois suspeitos foram baleados e socorridos pela própria PM para o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), mas não resistiram e morreram ao chegar na Unidade Hospitalar.
A PM apreendeu várias armas, dentre elas uma escopeta 12, um veículo tipo Fiat Uno de cor vermelha, usado no assalto que terminou com a morte do PM e recuperou a pistola dele levada pelos bandidos.
O soldado Carlos Eduardo foi o segundo PM assassinado esta semana no RN. Na terça-feira (13), a vítima foi o cabo Mário Pinheiro de Lima, de 37 anos, que estava à disposição da Secretaria de Segurança Pública.
Este ano, 12 PMs já foram mortos no Rio Grande do Norte.

Fonte: G1/Fim da Linha/Carlos Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.