RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

quinta-feira, 15 de junho de 2017

GOVERNO FEDERAL LIBERA 150 MILHÕES DE REAIS PARA O GOVERNO DO RN APLICAR NA SAÚDE.

O governo federal acaba de liberar 150 milhões de reais para o Governo do Rio Grande do Norte.

O valor, que será repassado em 3 parcelas, será destinado à Saúde e foi resultado do decreto de calamidade no setor, assinado pelo governador Robinson Faria, que contou com a participação da bancada federal.
“Excelente notícia para o nosso Estado que está em calamidade pública na Saúde. Buscamos e conseguimos esses recursos que chegam para atender todo o RN e para ajudar a salvar vidas de quem depende do serviço público”, comentou o deputado federal Fábio Faria (PSD), que se uniu à bancada e ao próprio governador, acompanhando-o em audiências.
“Lutamos em Brasília por esses recursos nas várias audiências que fui com o governador Robinson Faria, o secretário George Antunes e parlamentares da bancada do RN. Quero agradecer a atenção do ministro da Saúde, Ricardo Barros, do ministro Antonio Imbassahy, do presidente Michel Temer e do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que muito nos ajudaram na realização desse sonho”, reforçou Fábio, lembrando que já destinou esse ano uma emenda 3 milhões para o Hospital Walfredo Gurgel, e em outro período, emenda de 1 milhão para a Liga Contra o Câncer.
Para garantir o dinheiro o Ministério da Saúde publicou a portaria número 1.478 liberando para a Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Norte, o montante de R$ 150 milhões para o serviço de atenção de média e alta complexidade ambulatorial e hospitalar.
O repasse já liberado pelo Fundo Nacional de Saúde em três parcelas mensais, teve a primeira repassada ontem.
O Fundo Nacional de Saúde garantiu que adotará todas as medidas necessárias para a transferência, regular e automática, para o Fundo Estadual de Saúde e para os Fundos Municipais de Saúde no Rio Grande do Norte.

Fonte: Thaísa Galvão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.