RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

domingo, 2 de julho de 2017

ROBINSON DUELA COM NÚMEROS E DIZ QUE BAIXOU CRIMINALIDADE.

O governador Robinson Faria (PSD) desembarcou no final de semana em Mossoró para programação administrativa e política entre sexta-feira ( 30) e sábado (1º).
Passeou pela área do “Mossoró Cidade Junina”, posou para fotos ao lado de outros políticos e povão, participou de entrevistas e “metralhou” números que atestam – segundo ele – que a Segurança Pública em sua gestão vai muito bem.
Garantiu que há redução drástica em índices de violência no Rio Grande do Norte e Mossoró, graças às ações de seu governo. “Aqui em Mossoró tivemos redução de 28% de homicídios”, chegou a afirmar. O comparativo, salientou, comparando junho em relação a maio deste ano.
Não é o que diz a ciência. O professor Thadeu Brandão, do Observatório da Violência Letal Intencional do Rio Grande do Norte (Obvio), que levanta dados sobre crimes de homicídio no estado, aponta deslize grosseiro no discurso do governador. Ele brinca com a ciência e duela contra números.
OBVIO contesta governador
Thadeu Brandão elenca alguns pontos que derrubam o raciocínio de Robinson Faria:
- Redução dentro do mesmo ano sem um período de aferição de 3 meses, é considerado variação e não redução;
- Pode se dar a fatores como festas, chuvas e outras sazonalidades, que podem ter levado a esse resultado;
- Medição científica e correta de CVLIs (Crimes de Violência Letal Intencional), como em dezenas de estatísticas e fenômenos, só é valida no comparativo com 12 meses anteriores;
- No caso, só se pode comparar ano a ano ou variações dentro desses blocos temporais.
Nos primeiros seis meses de 2017, 1.202 pessoas foram vítimas de homicídio no RN. Em igual período, ano passado, foram 982.
O professor Thadeu Brandão,dos quadros da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA), disse ainda que esta semana publicaremos o Boletim Mensal OBVIO/UFERSA mês de Julho (referente a dados até junho). Dados auditados e sem jabá”.

Fonte: Carlos Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.