RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

quinta-feira, 27 de julho de 2017

POLICIAL FAZ CAMPANHA PARA ARRECADAR DOAÇÕES PARA FAMÍLIA EM SITUAÇÃO PRECÁRIA.

Uma casa de madeira, com chão de terra batida, uma cama e dois sofás velhos. Dentro dela, moram dez pessoas: a mãe e nove filhos. Impressionado com a situação de uma família de Barra de Piraí, no Sul Fluminense, o policial civil Iuri Arenari decidiu descrever o cenário precário em que as as crianças estavam em uma publicação em sua rede social para arrecadar roupas e alimentos para eles.
Arenari estava a trabalho cumprindo um mandado de prisão no mesmo bairro quando conheceu as crianças. A mãe deles não estava em casa no momento — estava no hospital da cidade aguardando uma cirurgia. Ao se deparar com a situação precária, questionou se as crianças precisavam de alguma coisa.
"Bati um papo com a galerinha e percebi que estavam necessitando de roupas, agasalhos e mantimentos. A menina de 15 quando eu perguntei se estaria precisando de algo, meio que tímida, falava que não. De uma educação fantástica. Mas acabou no final dizendo que eles estavam sem roupas e que se eu poderia arrumar uma cesta básica que já ajudaria. Queria pedir a quem puder ajudar...roupas pras respectivas idades e alguns mantimentos", escreveu em sua rede social.
Das nove crianças, seis são meninos (4, 5, 12 e 16 anos) e três meninas (2, 8 e 15 anos). Com a repercussão da publicação, o policial ainda sugeriu, além de arrecadar roupas, alimentos e brinquedos, fazer um mutirão para reforma ou uma possível construção de uma nova casa para a família.

Por conta da repercussão, o policial recebeu mensagens de pessoas de outras cidades e estados oferecendo doações.
"Muito bom o gesto de todos e fico feliz em ter sido usado por Deus para pedir por essas crianças. Mas gostaria de fazer uma sugestão, como não estou pegando dinheiro, apenas doações em mantimentos e roupas, queria sugerir para que as pessoas que morem mais distantes e se solidarizaram com a causa, mas que ficaria inviável trazer ajuda, que ajudem famílias que também estão vivendo nas mesma condições próximo à vocês," finalizou.

Fonte: Extra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.