RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

quinta-feira, 4 de maio de 2017

TSE DECIDE MANTER CASSAÇÃO DO GOVERNADOR DE AMAZONAS.

Tribunal julgou recurso da defesa de José Melo, que já havia sido cassado em 2016 por decisão da primeira instância. TSE determinou cumprimento imediato da ordem.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta quinta-feira (4), por 5 votos a 2, manter a cassação do governador de Amazonas, José Melo (PROS), e do vice, Henrique Oliveira (SD), por compra de votos nas eleições de 2014. O tribunal também determinou a execução imediata da ordem. Ainda cabem recursos.
Além da cassação do governador e do vice, o tribunal decidiu pela realização de eleições diretas no estado em janeiro de 2016. A expectativa é que isso ocorra entre 20 e 40 dias.
A cassação já havia sido determinado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas. A decisão do TSE foi tomada na análise de um recurso movido pela defesa do governador, que contestava a primeira instância.
Histórico
A ação de cassação do governado e do vice foi proposta pela coligação adversária "Renovação e Experiência", que tinha como candidato o atual senador Eduardo Braga (PMDB), derrotado no segundo turno.
Mesmo após cassados, em 2016, Melo e Oliveira permaneceram nos cargos por decisão do próprio Tribunal Regional Eleitoral. Em março, o TRE negou o recurso da Coligação "Renovação e Experiência" que pedia a posse imediata de Eduardo Braga como governador e de Rebecca Garcia como vice.

Fonte: Renan Ramalho/G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.