RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

quarta-feira, 31 de maio de 2017

SUPERINTENDÊNCIA DO IBAMA NO RN REBATE DENÚNCIA E AFIRMA QUE REALIZA APURAÇÃO ADMINISTRATIVA.

A Superintendência do Ibama no Rio Grande do Norte, se pronunciou, na tarde desta quarta-feira (31), sobre denúncias publicadas no blog O eco, de que servidores apontam desmonte. Segundo o blog, a atual administração vem recebendo uma série de críticas, que vai de interferência em decisões técnicas dos analistas a uso particular do carro do Ibama. Procurada pelo portaldaabelhinha.com, a superintendência pronunciou-se sobre as denúncias publicadas no blog, que destacou as seguintes questões: 1. A matéria em referência, veiculada pelo site "O Eco" não traduz a realidade dos fatos veiculados. Trata a mesma de denúncias feitas por um pequeno grupo de servidores, que em nenhum momento se conformaram com a mudança de administração do Ibama/RN. 2. Nada dos questionamentos formulados por aquele site tem o mínimo de sustentabilidade, uma vez que administrativamente o Ibama tem as comprovações e justificativas para as ações tomadas; 3. As denúncias feitas não representam o pensamento de 70% dos servidores do Ibama, que apoiam e participam dos propósitos desenvolvimentistas e nada policialescos da atual administração; 4. A Associação dos Servidores está tomando posição sobre a questão e lançará nota oficial contestando as denúncias feitas e se contrapondo à falsa representatividade dos servidores que encaminharam as inverdades àquela mídia; 5. As questões apontadas nas denúncias estão sendo alvo de apurações no âmbito administrativo deste Órgão. Porém, dado o caráter reservado de tais apurações, ainda não é possível nos posicionarmos publicamente sobre tal. 6. Após a conclusão das apurações administrativas em curso, a Superintendência local do Ibama convocará todos os meios de informação para elucidar os fatos apontados.

Fonte: Portal da Abelhinha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.