RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

quarta-feira, 31 de maio de 2017

JANDUÍS: A SECRETÁRIA JENNIFER GURGEL É ENTREVISTA PELO BLOG. PARTE 1.

Jennifer Gurgel, secretaria de Meio Ambiente, Urbanização e Turismo da cidade de Janduís, foi entrevistada no dia de ontem, pelo rnpoliticaemdia. Dentre diversos temas, a titular da pasta fez ampla explanação sobre como encontrou a secretaria, os obstáculos que atrasam a aquisição de verbas e quais os projetos emergenciais desenvolvidos.
Haveremos de postar por partes.
PARTE 1

COMO VOCÊ ENCONTROU A SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE, AO ASSUMIR?
Ao tomar posse, na verdade encontrei uma secretaria sem nenhuma estrutura. Pastas empoeiradas e pouquíssimas pastas com documentos, arquivos da gestão passada e um amontoado de móveis quebrados. Inclusive um computador e uma impressora, sem nenhuma condição de uso. Ainda estamos enfrentando as dificuldades pela falta de informações. Não há registros, apenas ofícios solicitando equipamentos de informática e um número imenso de autorização para retiradas de árvores, que deixa nítido a falta de interesse para com as questões ambientais. Nem mesmo informações sobre o plano de saneamento básico do município, que seria de suma importância para nossa administração. Nós fomos notificados pela FUNASA exatamente pelo descaso da gestão anterior com a questão ligada ao saneamento básico. Nem mesmo informações sobre o lixo hospitalar, que é um grande problema, devido aos lixões, existe. Assim como não temos informações, sobre o convênio de resíduos sólidos, já tão falado em todo o mundo.
Necessário se faz frisar, que encontramos um município totalmente bloqueado, no que se respeito a ter a viabilidade de convênios com o Ministério do Turismo, o que impossibilita recebermos recursos. Mas estamos lutando para que em 2018 possamos está sendo agraciados com verbas para nossos eventos e ações.
Para se ter uma ideia de como Janduís encontrava-se nesta área de meio ambiente, urbanização e turismo, não estávamos inseridos em nenhum programa oficial.

DIANTE DESSE CENÁRIO, PODERÍAMOS AFIRMAR QUE SERIA COMO COMEÇAR DO ZERO?
Exatamente. A situação era caótica. Sabe quando você encontra algo sem nenhum alicerce? Isso resume a minha resposta a sua pergunta.

VOCÊ CITOU QUE ESTAVAM TODAS AS POSSIBILIDADES DE VERBAS, TRAVADAS. O QUE ESTÁ SENDO FEITO POR SUA PASTA, PARA RESOLVER ESSAS PENDÊNCIAS?
Quando me refiro a bloqueios de convênio, é pertinente ao Ministério do Turismo. Janduís está impossibilitado de participar de chamadas publicas, já que não faz parte do mapa do turismo, devido erros passados. Só no começo deste ano, quanto do edital que contemplou cidades destinando algo em torno de R$ 300.000,00 para realização de eventos festivos tradicionais ao longo do ano, poderíamos ter Janduís contemplado, porém ficamos de fora. Mas este ano, trabalhamos arduamente para que em 2018 possamos está sendo beneficiados. Caso não conseguíssemos, somente seria possível em 2019, quando abrir um novo processo de atualização de cadastro. Com relação a emendas parlamentares, voltadas ao turismo, também estão bloqueadas. Por que se faz necessário que esteja com o cadastro em dia. Tudo isso, em detrimento de que o município esteja inscrito no mapa do turismo. Há uma série de normas que agora me faz necessário seguir.

HÁ ALGUM VALOR EM CONTA REFERENTE A SECRETÁRIA DE MEIO AMBIENTE, URBANIZAÇÃO E TURISMO?
Sim. Janduís recebeu um convênio com o Ministério do Turismo, na gestão da ex-prefeita Lígia Felix. Tanto é que temos em conta, faz um certo tempo, o valor de R$ 250.000,00 para a construção do pórtico.

NESTES CINCO MESES DE GESTÃO, SUA PASTA JÁ ENCOMENDOU O PROJETO PARA CONSTRUÇÃO DO PÓRTICO, REFERENTE A ESTE VALOR?
Sim. Já estamos providenciando o projeto técnico e arquitetônico, para que possamos viabilizar esta obra, que trará maior visibilidade ao município.

SECRETÁRIA JENNIFER, QUAIS OS PROJETOS EMERGENCIAIS QUE SUA PASTA PRETENDE DESENVOLVER, DIANTE DA ESCASSEZ DE RECURSOS, TAMBÉM POR CAUSA DA NÃO ATUALIZAÇÃO DE CADASTROS CITADOS ANTERIORMENTE?
Estamos desenvolvendo nossas atividades, de acordo com o que é possível. Não temos recursos para eventos e ações que gostaríamos de realizar. Não estamos sendo contemplados com nenhum programa, seja estadual ou federal.
Estamos realizando fiscalização da limpeza pública, Estamos promovendo muitas destas ações com recursos próprios. Quando refiro-me a recursos próprios, não é da prefeitura municipal. É pessoal, na secretária Jennifer, junto a apoiadores.
Nossa preocupação, sem ter recursos suficientes, é fazer uma trabalho de conscientização, para que, como um trabalho de "formiguinha", alertar a todos da necessidade de mudar alguns hábitos.
É nosso intento, trazer um profissional com doutorado na área ambiental, para que façamos um trabalho junto as escolas municipais e estaduais de nossa cidade. Haveremos de desenvolver um trabalho de conscientização sobre educação ambiental nas escolas, é nosso objetivo futuro e que também enalteça os pontos turísticos do nosso município, que podem ser feitos com pouco valor.
Nos festejos de emancipação política, estamos viabilizando uma palestra sobre segurança pública, onde queremos ter a presença dos PM's, Major Brilhante Filho e do Capitão, Aderlan Bezerra, além de estender este convite aos juiz e promotor da comarca de jurisprudência que engloba nosso município.
Também, se faz crucial que a população entenda que existe um código de postura na nossa cidade, que envolve som alto, lixo em terrenos baldios e outras infrações que devem ser coibidas numa sociedade. E essa conscientização foi exatamente para que saibam que antes de procurar punição, devemos deixar as pessoas cientes da existência deste código, e que como temos nossos direitos, temos nossos deveres de cumprir algumas normas.
O município já providenciou a contratação de um empresa para realizar a coleta de lixo hospitalar, que não existia em Janduís.

JÁ NA SUA ADMINISTRAÇÃO, A SECRETARIA REALIZOU UMA TRILHA ECOLÓGICA. QUAL FOI O ÊXITO OBTIDO COM ESSA INICIATIVA?
Foi muito satisfatória. Dia 19 de abril, quando comemoramos o dia do índio, fizemos uma trilha pelo caminho onde os índios da tribo Janduís, que povoaram algumas localidades rurais nas cidades de cidades circunvizinhas e que transitavam por aqui. Foi um sucesso. Saliento, que essa trilha teve somente os gastos quitados por recursos nosso, da secretaria, assim como de patrocinadores que nos ajudam sempre.

QUANDO É TIDO "PRÓPRIO", COMO RECOMENDADO POR VÓS, ENTENDA-SE RECURSOS SEU, DA CIDADÃ JENNIFER GURGEL. NÃO É ESQUISITO?
Não sei se esquisito. Mas promovo eventos por que é de mim, ajudar sempre. Sabemos que devido a crise que assola os municípios e o país como inteiro, vejo que não é por escassez de recursos, que tenho que ficar parada, esperando chegar valores. Se posso solicitar a amigos empresários, parceiros, apoios, patrocínios e similares, arregaço as mangas e vou para luta.E, no que for possível, não vejo por que não ajudar, também com o que é meu. A festa de emancipação política é um exemplo. Todos os secretários municipais estão engajados em trabalhar em conjunto, junto com parcerias privadas, para celebrarmos mais um ano de nossa Janduís.

2ª PARTE DA ENTREVISTA SERÁ POSTADA AMANHÃ





Um comentário:

  1. Salomao Gurgel Pinheiro3 de junho de 2017 16:39

    Que todos os Secretários façam o mesmo, esclarecendo o povo!

    ResponderExcluir

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.