RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

sexta-feira, 26 de maio de 2017

DOIS DIAS ANTES DA FUGA EM MASSA, PRESÍDIO DO RN FOI INTERDITADO POR SUPERLOTAÇÃO E TUBERCULOSE.

A Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP), localizada na região metropolitana de Natal, foi interditada pela Justiça por superlotação e surto de tuberculose dois dias antes da maior fuga registrada no sistema prisional do Rio Grande do Norte, ocorrida na madrugada desta quinta-feira (25). A interdição foi determinada na terça-feira (23) pelo juiz José Ricardo Dahbar Arbex, da 1ª Vara Criminal de Parnamirim.
Às 20h05 desta quinta, a Sejuc (Secretaria de Justiça e Cidadania) corrigiu o número de fugitivos para 88 após uma nova recontagem de presos. Até o fim da noite desta quinta, apenas nove deles haviam sido recapturados. A PEP tem capacidade para 382 presos e tinha 589 presos sob custódia.
Os presos fugiram por um túnel de cerca de 30 m de extensão aberto dentro do pavilhão 1 e com acesso à área externa após pular o muro da unidade prisional. Segundo a Polícia Militar, os presos tiveram apoio de três veículos ainda não identificados. Todos os fugitivos são integrantes da facção criminosa Sindicato do Crime do RN.
Desde julho do ano passado, os internos da PEP estavam soltos nos pavilhões depois que quebraram as grades das celas durante uma série de rebeliões em protesto contra instalação de bloqueadores de sinal de telefonia celular. Na época, também houve uma série de ataques criminosos a ônibus, carros e até pontos turísticos de Natal, ações que teriam sido ordenadas pelos presos de Parnamirim.
VEJA NA ÍNTEGRA ESA MATÉRIA CLICANDO AQUI

Fonte: Aliny Gama/UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.