RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

terça-feira, 30 de maio de 2017

BARAÚNA: CARNE É TRANSPORTADA EM CARROÇA DE BURRO.

No dia de ontem, o ex-vice-prefeito Edson Barbosa, denunciou nas redes sociais o transporte clandestino de carne bovina, do matadouro público de Baraúna para os frigoríficos e similares do município. O produto foi visto transportado em uma carroça e exposta a moscas, sem nenhum tipo de obediência as normas da vigilância e legislação sanitária, em um total desconhecimento e respeito às normas de higiene. É este produto, transportado desta forma, um vetor de doenças e infecções alimentares.
A carne bovina comercializada no município de Baraúna, chegou, neste caso, à mesa da população local sem qualquer condição de higiene. A cidade conta com um abatedouro, que segundo informações, é "imundo", como cita o empresário Edson Barbosa em postagem no facebook.
Conforme o flagrante, a carne é transportada em carroça de burro, sem a mínima condição de higiene. O descaso administrativo, pelo menos neste caso, é nítido, claro e transparente. Onde estão, além da vigilância sanitária, a secretaria de saúde do município, que não proíbe o tal transporte via carroça de burro?
Muitas vezes, porém não sei se é este caso, a administração pública, cito o prefeito de inúmeras cidades, são penalizados por irresponsabilidade de seus auxiliares diretos, no caso secretários e figuras de primeiro escalão. Ao menos que seja do conhecimento da gestora municipal e não tenha sido tomado nenhuma atitude para resolver...
Necessário se faz averiguar, com que permissão esta carne saiu do matadouro público, para ser transportado da forma que o foi. Se faz necessário que se acione o órgão competente e/ou o profissional responsável pela liberação deste produto, deste o interior do matadouro, até a ordem de transporte propriamente dita. Falhou a inspeção ou não há alguém que seja responsável por essa área?
Deveria ter sido autorizada a inutilização de toda carne, pela vigilância sanitária do município.
Enquanto isso só nos resta aguardar o Ministério Público e a vigilância sanitária se manifestarem.
Com a palavra os envolvidos diretos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.