RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

sábado, 15 de julho de 2017

VENHA-VER: PESQUISA MOSTRA QUE 52,40% APROVA A GESTÃO CÉLIO PINICAPAU .

Pesquisa de opinião pública avaliou nesta semana, os índices de aceitabilidade e rejeição ao governo municipal de Venha-Ver. Conforme dados, a gestão Célio Pinicapau tem aprovação de 52,40% dos venha-verenses. Este percentual compreende 8,27% como ótimo e 44,13% bom. 
7,57% reprovam a administração do prefeito municipal. Neste índice, soma-se 3,44% que compreendem como ruim e 4,13% como péssimo. 
Dentre os ouvidos, 34,48% entendem que o 1º semestre do governo Célio Pinicapau é considerado regular e 5,51% preferiram não opinar ou não souberam responder.
Outro ponto abordado foi pertinente a possibilidade de voto para governo do estado. 7,58% votaria, caso o pleito fosse hoje, no candidato apoiado pela ala oposicionista. Já 21,37% votaria no postulante apoiado pelo prefeito Célio Pinicapau. Enquanto 40,68% não soubera ou não responderam.
O que impressiona é o percentual de entrevistados que hoje, não votariam em ninguém, para governador do estado do Rio Grande do Norte: 30,34%.
Evidentemente, 
Para deputado estadual, verificou-se o percentual de venha-verenses que votariam no candidato apoiado pelas lideranças municipais. 7,58% acompanhariam a orientação do bloco oposicionista. Já 20,68% apoiariam o candidato escolhido pelo grupo liderado pelo prefeito Célio Pinicapau.
32,41% não pretendem votar em candidatos a deputado estadual, naquele município e 39,31% não souberam ou não responderam ao questionamento.
O governo Robinson Faria, tem a aprovação de 14,47% dos eleitores de Venha-Ver. Já 28,96% reprovam veementemente a gestão estadual e 37,24% avaliam o governo Robinson Faria como regular . O percentual de 19,31% preferiram não responder ou não souberam responder.
A pesquisa foi realizada dia 11 de julho, sendo ouvidas 435 pessoas nas zonas rural e urbana do município.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.