RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

domingo, 9 de julho de 2017

EM MENSAGEM À TRIBUNAL, MORO CITA ESQUEMA CRIMINOSO DO PT COM PROVAS MATERIAIS.

Sérgio Moro pediu ao TRF-4 que ex-tesoureiro do PT não seja solto em hipótese nenhuma.

O Juiz Sérgio Moro envia ofício para desembargador sobre caso de petista.( Foto: Reprodução) Juiz Sérgio Moro envia ofício para desembargador sobre caso de petista.( Foto: Reprodução)
O juiz federal Sérgio Moro enviou um ofício, nesta quinta-feira (06), para o desembargador João Pedro Gebran Neto, do Tribunal Regional Federal da 4° Região que trouxe informações preciosas para que o ex-tesoureiro do #PT, João Vaccari Neto, continue preso.
Moro fez uma explicação sobre um mal entendido dentro do tribunal em relação ao processo de Vaccari. O TRF-4 absolveu em uma ação penal o ex-tesoureiro por não acharem provas suficientes contra ele. O juiz decidiu nesse ofício explicar detalhes importantes sobre a importância de Vaccari não ter a prisão preventiva revogada.
O magistrado, responsável pela Operação Lava Jato [VIDEO], confirmou que Vaccari não aumentou seu patrimônio pessoal com os desvios da estatal petrolífera, porque, na verdade, o dinheiro que ele roubava não ia para contas particulares dele, mas sim, para o Partido dos Trabalhadores.
Provas suficientes
O TRF-4 absolveu o petista vendo que não tinha provas que comprovassem grande quantidade de valores movimentados em sua conta. Se for por esse lado, o tribunal agiu certo, mas a questão era outra. Sérgio Moro tem provas materiais suficientes que mostram um esquema criminoso do ex-tesoureiro em retirar valores indevidos da Petrobras e repassar para o PT. Na concepção do juiz, Vaccari não pode ser solto em hipótese nenhuma, pois ele era uma das peças-chave da corrupção do PT.
Moro resumiu todas as condenações de Vaccari em quatro ações penais, totalizando trinta anos de prisão. O juiz também ressaltou e lembrou ao desembargador que Vaccari ainda responde por mais três processos na Justiça Federal de Curitiba.
Sentença
Antes de dar a sentença no caso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o juiz Sérgio Moro parece tentar arrumar a casa para dificultar qualquer recurso do ex-presidente contra a sua possível condenação.
Investigadores que acompanham de perto os trabalhos de Moro sabem que ele precisa juntar todas as provas necessárias e ser bem rígido e cauteloso em sua decisão para não dar chance de Lula se defender e conseguir se livrar de suas punições.
Moro tem em mãos bastante informações e antes de chegar até Lula, ele vai passando por figuras importantes do PT, como é o caso do ex-tesoureiro, Vaccari.
Ainda pode demorar alguns dias para vir a sentença de Lula e moro tenta de todas as formas mostrar ao tribunal sua visão dos fatos e a importância de manter preso os supostos envolvidos no esquema criminoso que "massacrou" a Petrobras.

Fonte: Blastingnews.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.