RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

quinta-feira, 30 de março de 2017

PREFEITO RIVELINO PRESTA HOMENAGEM EM REDE SOCIAL A PATUENSE MORTO POR ENGANO E CLAMAR AO GOVERNO DO ESTADO POR SEGURANÇA.

O prefeito de Patu, Rivelino Câmara, prestou homenagem ao senhor Zezinho, morto por engano em emboscada, quando estava na ambulância do município, indo para Natal, fazer uma cirurgia. (ver matéria) Via instagram, Rivelino frisou que o senhor Zezinho era um exemplo de cidadão, homem direito, de paz, manso e que foi cruelmente, brutalmente, covardemente atacado. O administrador patuense classificou como "absurda, insuportável e de total descontrole" a falta de segurança no estado. 
O prefeito de Patu disse também, que tem "batido em todas as portas", no intento de propiciar segurança aos seus munícipes como para a região oestana, contudo, não tem recebido resposta de suas solicitações. Câmara também frisou, que não pode-se responsabilizar delegados e/ou comandantes de destacamento, tendo em vista que sabe, estes são comprometidos com seus serviços, entretanto, a ausência de condições de trabalho, de estrutura para que os agentes da lei cumpram melhor suas tarefas, é o pior inimigo que a própria polícia, como os cidadãos têm. Rivelino afirmou veementemente, que o governo do estado não tem feito a sua parte, nesse "guerra" que está instalada no RN e questionou que o governador Robinson Faria não tem dado a atenção necessária a Patu e região. O prefeito patuense afirmou que estará indo a capital potiguar e novamente baterá nas portas de antes, para mostrar mais um exemplo do descaso com a segurança pública. Exemplo esse que cerceou um pai de família, que infelizmente foi mais uma vítima do cenário de terror que vivenciam os potiguares.
Por fim, Rivelino Câmara apresentou suas condolências a família do senhor Zezinho e rogou que DEUS possa dar-lhe o conforto que se faz crucial neste angustiante momento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.