RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

segunda-feira, 5 de junho de 2017

MARINA SILVA É INTERNADA EM BRASÍLIA COM "FORTES DORES" ABDOMINAIS, DIZ ASSESSORIA.

Ex-ministra foi internada no último sábado (3), em Brasília, por recomendação médica. Segundo assessoria, causa das dores ainda é apurada e Marina apresenta melhoras.

A assessoria de Marina Silva (Rede) divulgou uma nota na noite desta segunda-feira (5) na qual informou que a ex-ministra do Meio Ambiente foi internada no fim de semana em Brasília após sentir "fortes dores na região abdominal".
Segundo a nota da assessoria, a causa das dores ainda está sendo apurada pela equipe médica e Marina "já apresenta melhoras".
"Durante a última semana, Marina Silva sentiu fortes dores na região abdominal e no sábado, 3 de junho, por recomendação médica, foi internada para realizar exames e monitorar o andamento do seu quadro clínico no Hospital Brasília. O diagnóstico da causa ainda encontra-se em fase de investigação aos cuidados do Dr. Luis Augusto Bianchi", diz a nota.
Ex-senadora, Marina Silva concorreu à Presidência da República em 2014 pelo PSB (ela assumiu a cabeça de chapa após a morte de Eduardo Campos), mas não chegou a disputar o segundo turno, ficando atras à época de Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB).
Leia abaixo a íntegra da nota da assessoria de Marina Silva:
Durante a última semana, Marina Silva sentiu fortes dores na região abdominal e no sábado, 3 de junho, por recomendação médica, foi internada para realizar exames e monitorar o andamento do seu quadro clínico no Hospital Brasília. O diagnóstico da causa ainda encontra-se em fase de investigação aos cuidados do Dr. Luis Augusto Bianchi.
Contamos com o apoio e orações de todos para que sua recuperação aconteça rapidamente. Manteremos todos atualizados sobre o transcorrer dos acontecimentos e informamos que Marina já apresenta melhoras.
Neste dia tão especial, o Dia Mundial do Meio Ambiente, Marina reforça a importância de nos mantermos alertas na defesa do desenvolvimento sustentável, do pleno funcionamento das instituições e da nossa democracia.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.