RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

terça-feira, 16 de agosto de 2016

ESTÃO ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA A 2ª EDIÇÃO DO PROJETO MEDIDA JUSTA.

A segunda edição do projeto Medida Justa, realizado pelo Programa de Qualidade de Vida do Judiciário potiguar (Pró-Vida), está com inscrições abertas a partir desta terça-feira (16). Este período prossegue até o meio-dia de 21 de agosto. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo Portal do Judiciário (www.tjrn.jus.br). O trabalho é realizado em parceria com a Justiça Federal do Rio Grande do Norte, por meio do Núcleo de Gestão de Pessoas, e terá duração de 90 dias.
Clique aqui e acesse o formulário de inscrição.
Todos os inscritos deverão validar suas inscrições comparecendo pessoalmente no dia 22 de agosto, das 09h às 16h, na sala do Pró-Vida (8º andar) do Fórum Miguel Seabra Fagundes, ou no dia 23 de agosto, das 09h às 16h, na Divisão Médica (andar térreo) do Tribunal de Justiça. Na ocasião, será realizada a avaliação do Índice de Massa Corporal (IMC) e circunferência do braço, o que subsidiará a seleção dos participantes do projeto Medida Justa.
Serão disponibilizadas 42 vagas para a segunda edição do projeto Medida Justa, as quais serão preenchidas conforme critérios estabelecidos pela comissão organizadora. Parágrafo único: Haverá suplência de 20 inscritos para o caso de eventuais substituições.
Os participantes selecionados deverão apresentar atestado de aptidão física, conferido por médico cardiologista, bem como exames laboratoriais de rotina solicitados previamente pela coordenação do Medida Justa. Também passarão por avaliação antropométrica (a) peso; b) estatura; c) IMC e classificação; d) circunferência da cintura e classificação; e) aferição de dobras cutâneas), que subsidiará a escolha dos participantes do Medida Justa.
Primeira Edição
O Medida Justa teve a sua realização inicial em 2014, com 26 servidores da Justiça Estadual conseguindo alcançar a etapa final do projeto, na qual em conjunto perderam 134 centímetros de cinturas, 181 de quadril e 150 em quilos. A solenidade de encerramento aconteceu em 17 de julho daquele ano, no Tribunal do Júri, Fórum Miguel Seabra Fagundes.
Entre os participantes, destacou-se sempre a unidade entre as equipes. "Foram cinco grupos distintos numa competição literalmente saudável. O prêmio maior é a conquista de uma disciplina e de uma melhor qualidade de vida", avalia Zeca Santos, coordenador do programa Medida Justa.
A assistente jurídica Polyanna Rebouças, da 3ª Vara da Infância e Juventude de Natal, sagrou-se a campeã geral do evento, com a marca de 12 quilos perdidos no período do projeto, o que lhe conferiu o maior percentual de massa corpórea perdido ao longo dos três meses e meio de atividades, cerca de 15% do seu peso.

Fonte: TJRN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.