RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

quinta-feira, 27 de abril de 2017

ANTÔNIO MARTINS: PRISÃO POR AGRESSÃO A IDOSA DE 77 ANOS.

No dia de ontem, a guarnição da polícia militar de Antônio Martins, foi acionada para atender uma ocorrência de violência doméstica, na qual o maior imputável CLEBSON DE MESQUITA LIRA (18 anos), agrediu fisicamente sua avó, a idosa de 77 anos chamada Creusa Elisa de Mesquita, causando na mesma lesões corporais comprovadas através de exame de corpo de delito.
Segundo apurado, o fato ocorreu no interior da residência da vítima, onde o acusado também residia com sua mãe e a vítima, tendo ele agredido a vítima com socos na face, causando na mesma hematomas oculares nos dois olhos.
Apurou-se também que o acusado é reincidente, ou seja, há muito vinha agredindo a idosa, inclusive, no início do ano foi internado, por Determinação Judicial, no CEDUC de Natal, já em decorrência das agressões à vítima.
CLEBSON DE MESQUITA LIRA foi autuado em flagrante de delito pelo Bel. Aroldo Sales Chaves Junior, delegado de polícia de Antônio Martins, como incurso nas penalidades do Art. 129, § 9º do CP (lesão corporal em violência doméstica) concomitante com a Lei 11.340/06 (Lei Maria da Penha), tendo sua fiança criminal indeferida pela autoridade policial haja vista a gravidade das agressões e a fragilidade da vítima.
O acusado será recambiado ao CDP – Centro de Detenção Provisória de Patu-RN, onde aguardará deliberação judicial e poderá ter assistência de familiares e advogado.
Segundo o Dr. Aroldo Chaves, autoridade policial de Antônio Martins, fatos como estes não devem ser ignorados pela sociedade e nem acobertados pela família nem pelas vítimas, pois as agressões só tendem a aumentar, culminando, por vezes, em tragédias maiores, como a morte das vítimas. Desta forma, a Polícia Civil estará sempre pronta a atender a sociedade e atuar firmemente para coibir quaisquer atos atentatórios aos direitos das vítimas, principalmente aquelas que tem menos capacidade de se defenderem como o caso dessa senhora, arrematou a autoridade policial.

Fonte: Assessoria de Comunicação Delegacia de Polícia Cívil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.