RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

sexta-feira, 27 de maio de 2022

ANTÔNIO MARTINS: ACUSADO DE FEMINICÍDIO É PRESO APÓS MAIS DE 5 ANOS FORAGIDO

No dia 24 de abril de 2019, a polícia civil de Alexandria, realizou operação com o intento de cumprir mandado de prisão, expedido pela Comarca de São Paulo, em desfavor de Abraão Caboclo Vieira, acusado de ter matado sua ex-companheira, Luzileia Queiroz dos Santos, com um tiro na cabeça, em 18 de junho de 2018. 


A investida deu-se na localidade rural de Tamanduá, no município potiguar de Antônio Martins. Com a chegada da polícia, Abraão conseguiu escapar e evadiu-se no município de Antônio Martins.

Na época, ele vivia com Rita de Cássia, que foi denunciada por posse de arma de fogo, tendo em vista que foram encontradas duas espingardas na residência da mesma. Ver matéria AQUI

O crime, à época, teve uma grande repercussão no país, sendo inclusive matéria de programas de televisão e veiculado em site de amplitude nacioanl, como o R&, por exemplo. Ver matéria AQUI

Recentemente, após pouco mais de 3 anos, o foragido da justiça paulista, voltou a comunidade rural daquele município potiguar, desta feita, para morar na casa da mãe.

Hoje, por volta de 5h da manhã, o delegado Aroldo Chaves, juntamente com sua equipe e os policiais do GTO, conseguiram prender Abraão Caboclo Vieira, na citada residência, após levantamento detalhado.

Abraão Caboclo Vieira matou a ex-companheira, na frente de uma filha de 17 anos. Luzileia Queiroz dos Santos, deixou sete filhos, sendo os dois mais novos, filho de assassino, que no tempo do feminicídio tinham 2 e 5 anos.

DELEGADO AROLDO CHAVES, AO BLOG RN POLITICA EM DIA, NAS PRIMEIRAS HORAS DE HOJE

"Mais uma prisão da qual faz anos vínhamos monitorando. Um acusado de feminicídio, que havia se evadido em 2019, mas que hoje, começará a acertar suas contas com a justiça. Estou deixando a delegacia de Alexandria, com a certeza do dever cumprido. Dia 02 encerro minhas atividades aqui nesta cidade que tão bem me acolheu, deixando muitos anos que comungam com a lei e o direito. Nomeado para ocupar o cargo de delegado regional da delegacia de Santa cruz e sua circunscrição, procurarei fazer o mesmo serviço, justo e reto, para atender os anseios da população", disse ao REN POLÍTICA EM DIA, o delegado Aroldo Chaves.

3 comentários:

  1. Se for investigar de quem era a arma ainda podem prender mais que forneceu a arma que se diz amigo . Por causa de amizades tá aí pagando agora pelo crime bem feito

    ResponderExcluir
  2. Detalhe o cara q emprestou a arma para ele já tinha sido preso por homicídio dizem q tinha matado um ex cunhado

    ResponderExcluir
  3. Tinha q apodrecer na prisão pra deixar de ser babaca.

    ResponderExcluir

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.