RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

OLHO D'ÁGUA DO BORGES: DEPUTADO BERNARDO AMORIM CELEBRA SUA EMANCIPAÇÃO POLÍTICA.


FRUTUOSO GOMES: COMUNIDADE DO LOGRADOURO RECEBE AÇÃO DO SETEMBRO AMARELO.

Na manhã do dia de ontem, os residentes na comunidade do Logradouro e adjacências, participaram de inúmeras ações pertinentes ao Setembro Amarelo, que visa prevenir a ideia do suicídio.
A psicóloga Emillainy Dantas, em conjunto com as enfermeiras Kellya Paiva e Neucifran Dantas e as técnicas Dávila Gomes e Ilicleia Arruda, além dos agendes de saúde, Iraci Fernandes e Agassi Eugênio, coordenaram todo o trabalho.
O tema, sabemos, é complexo, delicado e cheio de tabus, mas não pode ser ignorado pela sociedade. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 800 mil pessoas morrem todos os anos por atentarem contra a própria vida, o que corresponde a uma morte a cada 40 segundos. A cada morte, pelo menos seis pessoas são impactadas diretamente.
A consequência é alarmante, sendo uma das maiores causas de morte entre jovens de 15 a 29 anos no mundo. Só no Brasil, 32 pessoas cometem suicídio todos os dias.


Diante de tais dados, o Centro de Valorização da Vida (CVV), o Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) se unem no Setembro Amarelo para prevenir o suicídio, lembrado com mais veemência, durante este mês.

MARCELINO VIEIRA CHORA OUTRA TRAGÉDIA. CREDIARISTA COMETE SUICÍDIO EM PERNAMBUCO.

Com pesar, a sociedade vieirense tomou ciência nas primeiras horas de hoje, de mais uma tragédia que assola o município. O jovem crediarista Antônio Gabriel Gabriel de Souza, conhecido popularmente como "Buinha", tirou a própria vida, ao enforcar-se, no município pernambucano de Jatobá, que faz divisa com os estados de Alagoas (Delmiro Gouveia) e Bahia (Paulo Afonso).
As informações são de que o rapaz, que contava com 27 anos de idade, não se sabendo ainda o motivo que  levou a triste decisão.
"Por mais que passemos por dificuldades, temos que nos apegar ainda mais à DEUS, por que é Ele quem nos sustentar, disse uma pessoa muito próxima, que nos repassou a informação.
Buinha é filho do senhor Francisco Gabriel e Francinete Gabriel.

BOLSONARISTAS X LAVAJATISTAS.

A eleição presidencial de 2022, as divergências e o medo de traição colocam em alerta os grupos leais ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro Sergio Moro.

A história começou sob o signo da parceria. Aproveitando-se dos estragos provocados pela Lava-­Jato nos maiores partidos políticos do país, Jair Bolsonaro empunhou a bandeira do combate à corrupção na campanha presidencial. Vencedor da eleição, convidou o então juiz Sergio Moro, símbolo da operação, para comandar o Ministério da Justiça e da Segurança Pública. Com o gesto, o presidente eleito agradou a uma fatia importante do eleitorado e, assim, investiu pesado na própria popularidade. Já Moro, ao aceitar o convite, alegou ter condições de — com a máquina federal nas mãos — ampliar o cerco contra o crime organizado e as quadrilhas de colarinho-­branco. Pelo roteiro traçado, os dois personagens manteriam uma relação de perfeita simbiose. Um fortaleceria o outro. Depois de oito meses de governo, algo fugiu do script, e imperam os atritos, as intrigas e as disputas pelo controle de cargos estratégicos. O motivo é simples: Bolsonaro acha que ele e Moro juntos são imbatíveis nas urnas, mas teme que o ministro, mais popular que o presidente, lance candidatura própria ao Palácio do Planalto em 2022. Por isso a história agora se desenrola sob o signo da desconfiança.
Conhecido por enxergar adversários e conspiradores em todos os cantos, Bolsonaro tem razão para estar preocupado. Pela primeira vez desde que assumiu o mandato, sua base de apoio rachou. De um lado está o bolsonarismo puro, que prega a defesa cega do presidente acima de qualquer coisa, sejam projetos prioritários, sejam bandeiras de campanha. De outro perfilam-se os lavajatistas, para quem o combate à corrupção é mais importante que a figura do presidente. A cizânia ficou explícita em razão da proposta de criação da chamada CPI da Lava-Toga, destinada a investigar o Poder Judiciário. Sob a batuta do guru Olavo de Carvalho, os bolsonaristas puros passaram a pregar contra a CPI, alegando que a comissão poderia prejudicar a governabilidade e a relação entre o Executivo e o Judiciário. “Vamos combater a corrupção? Não. Vamos combater primeiro o comunismo, seus idiotas”, disparou Olavo de Carvalho, com seu estilo habitual, num vídeo divulgado na internet. E acrescentou: “O que tem de fazer agora não é ficar cobrando o Bolsonaro. Você tem de se organizar para apoiá-­lo. A coisa mais urgente no Brasil é uma militância bolsonarista organizada”.
LEIA A MATÉRIA COMPLETA AQUI

Fonte: Daniel Pereira e Laryssa Borges/Veja
Ilustração Caio Borges

MAIS PROBLEMAS: FLOR DE LIS MANTÉM FILHA SEM GUARDA E DOCUMENTOS HÁ SEIS ANOS.

Apesar das declarações da deputada, especialistas garantem que Justiça não concede a guarda de um menor sem determinar a expedição de uma certidão.

A deputada federal Flordelis dos Santos (PSD) mantém em sua casa uma adolescente, tratada como filha, em situação irregular. A jovem está na família há seis anos, nunca foi adotada e a parlamentar sequer possui a guarda legal da jovem.
Em discurso em fevereiro deste ano, na Câmara dos Deputados, Flordelis citou a filha, alegando que possuía a sua guarda e tentava conseguir um registro de nascimento para a jovem, já que ela não possui o documento. Especialistas ouvidos pelo Extra, no entanto, garantem que a Justiça não concede a guarda de um menor sem determinar a expedição de uma certidão de nascimento no mesmo processo, ainda que com dados presumidos.
Procurada, a assessoria de imprensa de Flordelis se negou a fornecer o número do processo de guarda que a deputada alega possuir e também o termo de guarda da adolescente. No discurso na Câmara em que cita a menina, Flordelis admite que conseguiu, mesmo sem a certidão, matriculá-la numa escola, “mesmo que de forma ilegal ”. Flordelis foi eleita deputada federal no fim do ano passado, com quase 200 mil votos. Uma de suas principais bandeiras foi a desburocratização da adoção no Brasil.
"Há seis anos eu luto para que minha filha tenha um registro de nascimento. Eu tenho a guarda legal da minha filha. Essa guarda tem sido renovada tempo a tempo. Minha filha hoje só frequenta uma escola porque eu tive que ir lá implorar para minha filha entrar naquela escola, mesmo que de forma ilegal", afirmou Flordelis em seu discurso, que foi gravado e consta em vídeo obtido pelo Extra. Nessa quinta-feira (19), questionada sobre a situação irregular da adolescente, a assessoria de imprensa de Flordelis afirmou que a posição da deputada é “exatamente” o que ela diz na gravação.
A guarda citada pela parlamentar é a provisória, que é necessário renovar periodicamente. A advogada Silvana do Monte Moreira, presidente da Comissão Nacional de Adoção do Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFAM) e da Comissão de Direitos da Criança e do Adolescente (CDCA) da OAB/RJ explica que a certidão de nascimento é um documento extremamente necessário para a vida da criança. É direito previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) a regularização do registro civil dos menores.
"Não existe guarda sem a expedição da certidão de nascimento. É a certidão que torna a criança um sujeito de direitos, é um documento necessário para a vida dela. No processo de guarda, o juiz manda expedir a certidão. Uma criança sobre a qual não se conheça os dados, as informações (da certidão) serão presumidas", explica a advogada, que foi uma das palestrantes do “Cruzada da Adoção”, evento realizado na Câmara dos Deputados, em maio deste ano, e liderado por Flordelis. Silvana atua há 26 anos na área da Infância e Juventude.
Em outro pronunciamento este ano, durante uma sessão na Comissão de Seguridade Social e Família na Câmara dos Deputados, Flordelis voltou a citar a filha. A parlamentar contou que a menina chegou em sua casa com um nome que seria de batismo, mas desejava ter outro. O EXTRA apurou que na família da parlamentar, pouco se sabe sobre a origem e história da adolescente. Há dúvidas, inclusive, sobre sua verdadeira idade. Flordelis chegou a relatar que a garota foi deixada por uma das avós dela na igreja fundada e dirigida pela parlamentar.
LEIA MATÉRIA COMPLETA AQUI

Fonte: Último Segundo - iG
Foto: Reprodução 

MARCELINO VIEIRA: COMOÇÃO E TRISTEZA MARCAM SEPULTAMENTO DE ADVOGADO.

Uma grande multidão acompanhou no dia de ontem, o velório e sepultamento do jovem advogado Samuel Dirceu de Lima, que faleceu na última quarta-feira, vitimado por um infarto.
Colegas advogados, profissionais do meio jurídico e outros, lamentavam tamanha perca para a sociedade vieirense e da região Oeste. O cortejo percorreu as principais ruas da cidade, com passagem pela Igreja de Santo Antônio e em seguida para o cemitério local.
Samuel Dirceu tinha 37 anos completado no último dia 2 de setembro e goza de grande respeito, pela forma discreta e séria de ser.
Nas redes sociais, foram centenas de manifestações pela morte do causídico.
A OAB/RN Seccional de Pau dos Ferros, a qual Samuel Dirceu era associado, emitiu nota de pesar:
A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Rio Grande do Norte, externa seu pesar pelo falecimento do advogado Samuel Dirceu de Lima Barros. Inscrito na Subseção de Pau dos Ferros, Samuel Dirceu de Lima Barros teve uma história de relevantes serviços prestados à advocacia da Região Oeste e do RN. A OAB/RN se soma a seus amigos e familiares e transmite a todos sua solidariedade neste momento de profunda tristeza e dor.

Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional RN

ADVOGADO DE LÍDER DO GOVERNO APONTA RETALIAÇÃO E CITA MORO.

André Luís Callegari, defensor de Fernando Bezerra Coelho (MDB), afirma que militância contra a CPI da Lava Toga e defesa da interferência no Coaf 'desagrada a determinados setores'.

O advogado criminalista André Callegari, coordenador da defesa do líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), classificou a operação policial realizada nesta quinta-feira, 19, nos gabinetes do senador, como uma retaliação pela atuação do parlamentar contra abusos de órgãos de investigação.
“Primeiro, teve uma declaração dele sobre o Moro ser esquecido. Mas, enfim, é uma retaliação no contexto político de tudo que está acontecendo”, disse Callegari. A frase a que o advogado fez referência foi dita por Bezerra Coelho ao Estado no início do mês.
Como exemplos, o advogado disse que “senador tem defendido à não abertura da CPI da Lava Toga, tem na realidade se colocado contrário a algumas posições que ferem direitos e garantias fundamentais, tem sido incisivo em alguns pontos relativos a investigações sem uma prova robusta, a interferência entre Receita, Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), etc. Eu acho que isso desagrada a determinados setores”.
O defensor, em seguida, disse que não enxerga uma retaliação direcionada por uma autoridade. “Não estou dizendo pessoa específica. O que me chama atenção é uma medida desse porte, que não guarda relação. Nem a resposta do ministro Luís Roberto Barroso me convence”, disse.
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso, em nota à imprensa, disse que a decisão autorizadora da operação policial é “técnica e republicana, baseada em relevante quantidade de indícios da prática de delitos”.
Barroso defendeu as competências da Polícia Federal para investigar fatos criminosos e do Supremo para a supervisão de inquéritos. “Não constituem quebra ao princípio da separação de Poderes, mas puro cumprimento da Constituição”, afirmou.
A reportagem procurou o ministro Sergio Moro, por meio da assessoria de imprensa, mas ainda não obteve uma resposta.

Fonte: Breno Pires/Estadão
Foto: Circle Lab Photo & Films

OPERAÇÃO "HOMEM QUE AMA, RESPEITA": IDOSA DE 77 ANOS É PRESA ACUSADA DE PROMOVER PROSTITUIÇÃO INFANTIL EM MOSSORÓ.

A Delegacia Especializada em Atendimento a Mulher (DEAM) de Mossoró deflagrou, na manhã desta quinta-feira (19), a Operação “Homem que ama, respeita”, que resultou na prisão de três homens e uma mulher, pela prática dos crimes de descumprimento de medida protetiva e de violência sexual.
A operação foi realizada com apoio da 2ª Delegacia Regional de Polícia (DRP), da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENAC), da 1ª e 2ª Delegacias de Polícia, da Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações (DEFD), todas de Mossoró.
Durante a operação, foram presos: Francisca Maria Matilde da Silva, 77 anos, em cumprimento a um mandado de prisão decorrente de sentença condenatória, em regime fechado. De acordo com as investigações, ela costumava receber um pagamento em dinheiro, realizado por homem idoso, pelo abuso sexual de uma adolescente. Contra este homem havia um mandado de prisão, também decorrente de sentença condenatória, mas, durante o cumprimento, a Polícia Civil tomou conhecimento de sua morte.
Antônio Ferreira Lopes foi preso em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, pela prática dos crimes de: ameaça furto e lesão corporal.
Antônio Wellington da Silva foi preso em cumprimento a um mandado de prisão preventiva por descumprimento de medida protetiva.
Francisco Basílio Nogueira, 41 anos, foi preso por descumprimento de medidas protetivas. Segundo a delegada titular da DEAM/Mossoró, Cristiane Magalhães, a operação foi de grande êxito e todos os alvos foram presos.
A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS/O Câmera

PROJETO QUER PROTEGER MUNICÍPIOS DE RETENÇÃO INTEGRAL DO FPM PARA PAGAR PRECATÓRIOS.

Pela proposta, o limite para retenção dos recursos será de até 30%.

O senador Styvenson Valentim (Pode-RN) apresentou nesta quarta-feira (18) o projeto de lei 5.137/2019 que irá proteger os municípios de descontos exacerbados do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) para pagar precatórios vencidos e a vencer, estimados hoje em R$ 40 bilhões. Pela proposta, o limite para retenção dos recursos será de até 30% da cota do FPM.
“Comecei a cogitar uma solução depois de ver o caos no município de Bento Fernandes que teve quase todo seu recurso bloqueado. Servidores municipais ameaçados de ficar sem salários, escolas sem aulas, repartições sem atendimento, atraso com fornecedores. O próximo passo seria um dano a toda a economia local. Não dá para deixar uma cidade inteira em paralisação financeira. É uma infinidade de prejuízo social”, esclareceu o parlamentar potiguar.
O projeto também trata de limitar a retenção de parcelas relativas à participação no produto da arrecadação do imposto sobre operações relativas à circulação de mercadorias e sobre prestações de serviços de transportes interestadual, intermunicipal e de comunicação, também repassadas aos municípios.
“Já existem despesas constitucionais das quais o município não pode escapar. De repente surge uma determinação do Poder Judiciário sobre eventual cobrança, imediata, de débitos de precatórios. Tem casos em que não sobra nada para custeio, que dirá para investimento”, justificou o senador.
Se a proposta de Styvenson Valentim estivesse em vigor, a cota bloqueada de Bento Fernandes, que em setembro foi em torno de R$ 258.000,00, o bloqueio seria, no máximo, de R$ 77.400,00 por cota e não de forma imediata como ocorreu. O bloqueio foi determinado pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte para honrar o pagamento de precatórios, num total de R$ 3,8 mi, emitidos em administrações anteriores.
Desde o mês de abril deste ano, a autorização de bloqueio, que deve durar até 2024, é de R$ 73.708,41 mensais, dos quais R$ 400.000,00 foram cobrados imediatamente. Há duas semanas, a juíza Ana Lúcia Andrade recebeu a equipe do senador Styvenson em nome do ministro presidente do STJ, desembargador João Otávio de Noronha, para tratar de possíveis soluções para o município.

Fonte: Portal no Ar
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

SÃO MIGUEL/RN: IDOSA MORRE CARBONIZADA.

Uma idosa de 84 anos foi encontrada carbonizada em sua residência, na comunidade de Cachoeira, zona rural de São Miguel, no Oeste potiguar. 
Apesar de residir com familiares, segundo informou um blog do município, estes somente teriam percebido a tragédia, nas primeiras horas do amanhecer, por volta de 4h. 
A senhora Maria Gonçalves de Carvalho insistia em manter uma vela acessa, ao dormir. Isso fatalmente foi a causa do incêndio que à vitimou.
Policiares foram chamados e acionaram o ITEP que esteve no local para realização da perícia.
A investigação ficará à cargo da polícia civil daquela cidade.

Foto: Blog São Miguel em Alta


DEPUTADO DIZ QUE GOVERNO DO ESTADO SUBDIMENSIONOU GRAVIDADE DE INCÊNDIO EM SERRA DO LIMA.

O deputado Dr. Bernardo (Avante) disse, no plenário da Assembleia da Legislativa nesta quinta-feira (19), que o Governo do Estado subdimensionou a gravidade do incêndio em Serra do Lima, iniciado na última segunda-feira (16). De acordo com o parlamentar, o incêndio tinha grandes proporções e os responsáveis em resolver subestimaram a situação.
“Falei com o secretário de Segurança do Estado e sugeri o uso de uma aeronave com bolsa de água para apagar o fogo via aérea. Fui informado que existia a possibilidade, mas logo em seguida fiquei sabendo que o piloto não tinha preparo técnico para a operação”, disse Dr. Bernardo.
O parlamentar destacou que o fogo foi estabilizado, mas na terça-feira (17) a noite voltou a se alastrar por causa do vento e quase atingia o Santuário do Lima. “O problema é que durante o dia não se vê o fogo. Parabenizo o Corpo de Bombeiros, voluntários e envolvidos na ação, mas acredito que seja necessária uma intervenção federal para solucionar o problema”, finalizou o deputado.

Fonte: Heitor Gregório

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

1º SEMINÁRIO "ELEIÇÕES 2020" JÁ ESTÁ COM TODAS AS VAGAS PREENCHIDAS.

O 1º Seminário referente as eleições 2020 que realizar-se no Oeste potiguar, promovido pela LOGOS - Assessoria & Pesquisa de Gestão, em parceria com o site Novo Eleitoral, está com todas as suas inscrições preenchidas.
Ao todo foram destinadas 60 vagas, que tem como público-alvo, candidatos a vereador e prefeito, advogados, contadores, assessores de comunicação e marqueteiros, que terão uma grande chance de está atento as mudanças na Lei Eleitoral, como Propaganda Eleitoral Antecipada, Propaganda na Internet, Fake News, Coligações, Partidos Políticos, Fundo de Campanha
Ministrado pelo Juiz de Direito e Presidente da Associação dos Magistrados do Rio Grande do Norte, Dr. José Herval Sampaio Júnior e pelo Professor Márcio Oliveira, o evento ocorrerá no dia 29 de setembro do ano em curso, na escola Estadual Sete de Novembro, em Alexandria/RN.
Abaixo, relação dos inscritos até o momento, restando sete vagas abertas:
01 - Pedro Jorge Soares Pereira
02 - Mário Rômulo Alves Monteiro
03 - José Alcimar de Sousa
04 - Francisco Aldejones Abrantes Ferreira
05 - Paulo César Ferreira Batista
06 - Antônio Freire Filho
07 - Antônio Cipriano de Almeida
08 - Thalio Rosado de Sá Xavier
09 - Hilderlan de Sá Valdemar da Silva
10 - Antônio Marcelo Neves da Silva
11 - Deocleciano Ernesto Neto
12 - Francisco Cesário de Oliveira Júnior
13 - Francisco Romano Júnior
14 - Iana Karla Marques Costa Alves
15 - Lairton do Nascimento Lima.
16 - Ítalo Marques Costa
17 - Prefeitura de Venha-Ver
18 - Prefeitura de Venha-Ver
19 - Prefeitura de Venha-Ver
20 - Gigliola Edézia Diógenes de Freitas Chaves
21 - Geska Rayssa Cavalcante de Oliveira
22 - Jovito José de Oliveira Neto
23 - Prefeitura de Antônio Martins
24 - Laiane Kelly Martins de Queiroz
25 - José Valentim vieira
26 - Paula Alexsandra de Andrade
27 - Elizangela Torres S. Diniz
28 - Ozanildo Almeida de Mesquita
29 - Francisco Teixeira de Figueiredo
30 - Igor Ramon Silva
31 - Talles Arquimedes Almeida e Sousa
32 - Geraldo Dantas Rocha Neto
33 - José Alves Pontes Filho
34 - Leyna Lycia Cordeiro Evangelista
35 - Rafael Nunes Chavantes
36 - Marcos Aurélio de Paiva Rego
37 - Cláudio Uberlane de Sá
38 - Márcio Wagner Tavares da Silva
39 - Cláudio de Oliveira Costa
40 - Charly de Medeiros Dias
41 - Hugo Inocêncio Wanderley Maia
42 - João Patrício Vieira Alves
43 - João Paulo Vieira de Oliveira
44 - Joaquim Daniel Júnior
45 - Jorge Bandeira da Silva
46 - Lauro Adolfo Maia Serafim
47 - Larissa Suzana de Almeida Lima
48 - Ligiane Vírginia Filgueira Saldanha
49 - Ricardo Carlos Maia
50 - Sílvio Julierme Paiva Sousa
51 - Cícero Heder Gadelha Martins
52 - José Carlos de Menezes Júnior
53 - Evaldo Solano de Andrade Filho
54 - Francisco Josimar de Freitas
55 - Hércules Carlos de Brito
56 - Henrique Carlos de Brito
57 - Aurivones Alves do Nascimento
58 - Wilamy Marcelino Bezerra
59 - Wilmar Alves Diniz Filho
60 - Promotoria
EXTRAS 
(diante da capacidade do local, foram disponibilizadas somente mais 10 vagas)
LOTADAS
61 - Heleneide Pinheiro de Amorim
62 - Sabino Nogueira da Costa Neto
63 - Gualberto César de Oliveira
64 - Prefeitura de Messias Targino
65 - Prefeitura de Messias Targino
66 - Prefeitura de Messias Targino
67 - Prefeitura de Messias Targino
68 - Gerlando da Silva Lima
69 - Lygia Raaby Juvêncio de Araújo
70 - Francisco Eudes Dantas
MAIS DEZ VAGAS DISPONIBILIZADAS
(Com a concordância da direção do educandário onde será realizado o evento)
71 - Francisco Hermeson Dantas Amaral
72 - *
73 - *
74 - Câmara de Rafael Fernandes
75 - Câmara de Rafael Fernandes
76 - Câmara de Rafael Fernandes
77 - Câmara de Rafael Fernandes
78 - Câmara de Rafael Fernandes
79 - Câmara de Rafael Fernandes
80 - Câmara de Rafael Fernandes

JERICÓ/PB: PESQUISA MEDIU CORRIDA ELEITORAL 2020.

Pesquisa realizada no dia de hoje, em Jericó, no sertão paraibano, procurou aferir os índices de aprovação/rejeição do prefeito, governo do estado e presidente da República. 
A população das zonas rurais e urbanas, opinaram, além destes três quesitos, quais suas intenções de voto de momento, visando o embate para o executivo e legislativo, em pleito que ocorrerá em outubro do ano vindouro. Três nomes foram postos a apreciação dos entrevistados, em questão estimulativa para o cargo de prefeito: Kadson Monteiro, Neto Alves e Rallison. Utilizando-se destes mesmos nomes, na mesma ordem alfabética, mediu-se os índices de rejeição aos nomes em tela.
Ressaltar vale, que também verificou-se o desejo dos ouvidos, no quesito espontâneo.
Para a vereança, questionou-se somente de forma espontânea.
Ao todo, foram entrevistadas 344 pessoas, o que equivale a 5,64% dos contingente eleitoral, que é de 6.096 eleitores.



LÍDER DE BOLSONARO É ALVO DA PF.

A PF realiza operação no Congresso Nacional.
O alvo é o líder do governo de Jair Bolsonaro no Senado, Fernando Bezerra Coelho, codinome Novilho (ou Charada).

Fonte: O Antagonista

POLÍCIA PRENDE PRINCIPAL SUSPEITO DE CONSTRUIR E VENDER PRÉDIOS QUE CAÍRAM NA MUZEMA.

A prisão de José Bezerra de Lira, conhecido como Zé do Rolo, aconteceu na noite desta quarta-feira (18), em Pernambuco.

Policiais da Operação Malhas da Lei do 23°BPM de Pernambuco prenderam nesta quarta-feira (17) José Bezerra de Lira, conhecido como Zé do Rolo. Ele é apontado como o líder do grupo responsável por vender apartamentos de dois prédios que caíram na Muzema, Zona Oeste do Rio, no dia 12 de abril, matando 24 moradores.
Zé do Rolo foi encontrado em um sítio na região de Afogados da Ingazeira, no Alto Pajeú, no Sertão de Pernambuco. Assim que foi capturado, o suspeito disse aos policiais que estava fugindo com medo de represálias da milícia à qual era ligado no Rio de Janeiro. Ele não resistiu à prisão. Com ele, foram encontradas duas espingardas e munições.
Segundo a delegada Adriana Belém, responsável pelas investigações, a transferencia de Zé do Rolo para o Rio de Janeiro ainda não tem data para acontecer, mas os trâmites necessários já estão sendo realizados.
Em abril, José Bezerra de Lira; Renato Siqueira Ribeiro; e Rafael Gomes da Costa tiveram a prisão temporária de 30 dias decretada pela Justiça. Os três foram indiciados por homicídio com dolo eventual, quando se assume o risco de matar.
Rafael foi preso em maio, quando se entregou na delegacia do Leblon e foi levado para a 16ª delegacia, na Barra da Tijuca, responsável pela investigação.
Segundo a polícia, Zé do Rolo, Rafael e Renato vão responder por homicídio doloso qualificado. Os investigadores dizem que, ao vender os apartamentos nos prédios que desabaram, eles assumiram o risco de matar alguém.
Eles também deverão responder pelas 24 mortes e serão investigados por organização criminosa e lavagem de dinheiro.
Além dos prédios na Muzema, a polícia investiga se apartamentos em outras regiões do Rio e até em estados do Nordeste também pertencem aos integrantes dessa milícia.
Construções irregulares
Os dois prédios da Muzema, comunidade localizada no Itanhangá, Zona Oeste do Rio, desabaram na manhã do dia 12 de abril – quatro dias depois que a chuva mais intensa dos últimos 22 anos atingiu vários pontos da cidade e provocou a morte de 10 pessoas. Cada um dos edifícios tinha cinco andares.
Segundo a Prefeitura do Rio, os imóveis eram construções irregulares e chegaram a ser interditados duas vezes nos últimos meses.

Fonte: G1
Fotos: Divulgação e Rede Globo