RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

LETÍCIA ÁDRIA MELO NORONHA: "SER MÉDICA É UM SONHO DE CRIANÇA".

Tenho cursado todo o ensino médio, na Escola Estadual Sebastião Gurgel, na cidade oestana de Caraúbas, prestou o Exame Nacional de Ensino Médio por duas oportunidades. Sendo a primeira por experiência e a segunda, onde não alcançou a meta de cursar medicina. Outros cursos que seriam possíveis diante da média obtida, não lhe interessava. 
Mas o sonho não parou por aí. Aliás, estava somente começando. Inclusive, transpor obstáculos nunca foi dificuldade para uma jovem com a coragem que tem. Outros e grandes desafios estavam por vir.
O objetivo da jovem Letícia Adriã de Melo Noronha, filha de Adamy e Solimar, que nasceu e cresceu na Rua Milton de Oliveira Fernandes, em Caraúbas, interior do Rio Grande do Norte, era ser médica.
Afinal é um sonho de criança e "lutar para isso", como ela mesma afirmou em uma conversa com o blog, seria sua meta.
E veio a notícia de que duas meninas de Mossoró, desejam ir residir na Argentina, onde lá já havia uma conhecida destas. Juntando-se a
Juliana Raiane e Ana Júlia, que são irmãs, cujos pais são técnica em enfermagem e mecânico, Letícia começa a desenhar seu futuro. A jovem que em Rosário, terras argentinas, já estuda, tratou de repassar as informações para que as três meninas pudessem iniciara realizar seus sonhos. Quais os trâmites legais, documentação e toda a parte burocrática.
Dia 26 de janeiro, o trio de futuras médicas, partiram rumo a cidade de rosário, onde realizam os cursos necessários para adentrar a faculdade de medicina. Atualmente, estão estudando numa escola centenária e que está entre as 50 melhores da América Latina. Inclusive, melhor que muitas escolas federais do Brasil.
Ressalta-se que não se faz necessário o vestibular. Entretanto cursa-se o MIU - Módulo de Inclusão Universitário, que tem duração de 2 meses, com duas aulas semanais. Aprende-se muito sobre Direitos Humanos, Saúde e educação, principalmente. Quanto a frequência, necessário que se tenha 75% de presença registrada, tanto nas aulas, como em palestras, seminários e atividades em grupo. Uma forma inteiramente diversificada, interativa de estudo.
Um médico faz um acompanhamento de cada estudante, por um período de 16h. Analisando-as, constrói um relatório sobre o ingressante Ao estudante, cabe compor uma espécie de diário de bordo, na Argentina conhecido por "observação em terreno". Tanto o diário, como o relatório do médico acompanhante, são apresentados a instituição educacional. Após esta etapa, o ingressante está apto a cursar a faculdade.
Lá, fazem o curso de admissão em espanhol, que credencia-as a obter o certificado B-2, que equivale ao intermediário, em termos de fala. Curso este, que poderia ser feito no nosso pais.
Porém, sabendo que o espanhol utilizado lá, difere em muito do que aqui se estuda, Letícia resolveu que faria tal disciplina na própria Argentina. No Brasil, ensina-se o espanhol tradicional. Lá, leciona-se o "castellano", com pronúncia "castexano".
Este ano, as aulas têm início no final de março.
"Muitos brasileiros e potiguares aqui encontrei. Conterrâneos de Mossoró, Apodi e Olho d'água do Borges, estudam no mesmo educandário. Isso tem minimizado a saudade de casa", diz Letícia.
Quanto a permanência em terras argentinas, Letícia assegura: "A participação de minha família, foi decisiva. Todos acreditam em meu sonho. Mesmo que muitos tenham afirmado que eu não iria conseguir sair do seio familiar, para estudar tão longe. Porém, minha vontade de ver-me como médica, falta mais alto.
Preciso firmar-me, ajudar no futuro, aqueles que tanto ajudaram-me e ajudam-me hoje. É o mínimo que posso fazer, quando tiver meu desejo de criança, oficializa", disse Letícia.
Quando contactada pelo blog, Letícia afirmou o que significava a divulgação de sua saga em busca do sonho: "Acho que será uma matéria bastante importante, não somente por mim, mas pelo fato de muitas pessoas que têm vontade de estudar fora, inclusive varias pessoas me procuraram pra esclarecer dúvidas a respeito disso, e possa ser que essa matéria sirva pra muitos outros jovens", afirmou.
Para finalizar, Letícia acrescentou: "Caraúbas, me aguardem. Amigos, colegas e principalmente familiares. Estou de volta em breve, com o título que será orgulho para muitos e para mim. Meus pais, irmãos, minha tia Socorro Melo, que é maravilhosa e de quem sou fã. Meu muito obrigado."
Hoje, 12 de fevereiro, é aniversário da pequena sonhadora, que ver seu futuro começando. O sonho da menina Letícia Adriã de Melo Noronha, começa a alçar voo.

Um comentário:

  1. Que legal!!!
    Serve de inspiração e incentivo para aqueles que em alguns momentos se acham incapazes e acabam desistindo fácil de realizar o seu sonho.
    Parabéns pra ela������

    ResponderExcluir

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.