RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

sábado, 13 de janeiro de 2018

JULGAMENTO DE LULA É "FATO POLÍTICO" CONTRA SUA CANDIDATURA, DIZ GLEISI.

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), presidente do PT, disse neste sábado (13) em Porto Alegre que o Poder Judiciário quis "criar um fato político" ao marcar o julgamento da apelação do chamado caso do tríplex, no qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é réu, para o dia 24. O PT e a defesa de Lula criticaram a suposta rapidez com que o julgamento foi marcado.
"Na realidade, o Judiciário pretendia, em marcando [o julgamento] para o dia 24, criar um fato político, que era dizer que Lula não poderia ser candidato, e espalhar isso na sociedade brasileira", afirmou a senadora a jornalistas antes de ato público no Parque da Redenção.
Lula será julgado em segunda instância pela 8ª Turma do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), sediado em Porto Alegre. Uma condenação no tribunal pode torná-lo inelegível pelos critérios da Lei da Ficha Limpa e até mesmo levá-lo à prisão. O petista tem liderado pesquisas de intenção de voto para presidente nas eleições deste ano. Na primeira instância, Lula foi condenado pelo juiz Sergio Moro, da Justiça Federal do Paraná, a nove anos e meio de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A defesa do ex-presidente nega que haja provas dos delitos e diz que evidências de sua inocência foram ignoradas. O UOL procurou a assessoria de imprensa do TRF-4 para saber se algum representante do tribunal comentaria as declarações de Gleisi, mas não recebeu resposta até o momento da publicação deste texto.
AQUI VOCÊ LER A MATÉRIA COMPLETA

Fonte: Bernardo Barbosa/UOL
Foto: Jefferson Bernardes/AFP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.