RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

sexta-feira, 19 de maio de 2017

ACUSADA DE CHEFIAR ESQUEMAS QUE DESVIOU R$ 45 MILHÕES, EX-PREFEITA É PRESA.

Dárcy Vera foi levada à sede da Polícia Federal na manhã desta sexta-feira (19). Alvo da Operação Sevandija, ex-chefe do Executivo teve liberdade suspensa pelo STJ.

A ex-prefeita de Ribeirão Preto (SP), Dárcy Vera (PSD), foi presa na manhã desta sexta-feira (19) depois de perder no Superior Tribunal de Justiça (STJ) uma liminar que garantia sua liberdade provisória.
Acusada de envolvimento no maior esquema de corrupção da história da cidade na Operação Sevandija, Dárcy foi detida em sua casa, no bairro Ribeirânia, por volta das 6h por agentes da Polícia Federal e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).
Ela foi colocada dentro de uma viatura e levada para a sede da PF, que buscará uma vaga no sistema prisional. Antes de ser presa, ela deve ser levada ao Instituto Médico Legal (IML).
Ela tinha sido presa em dezembro do ano passado na segunda fase da Operação Sevandija, mas obteve um habeas corpus nove dias depois.
Dárcy é acusada de chefiar um esquema que desviou R$ 45 milhões dos cofres públicos por meio de fraude nos pagamentos de honorários advocatícios no chamado "acordo dos 28%", resultante de uma ação movida por servidores municipais contra a Prefeitura, referente às perdas salariais do Plano Collor.
Segundo o ex-presidente do Sindicato dos Servidores Municipais Wagner Rodrigues, delator do esquema, Dárcy recebeu R$ 7 milhões em propina.
Por quatro votos a um, os ministros da 6ª Turma do STJ decidiram restabelecer a prisão preventiva da ex-prefeita, o que significa que ela deverá permanecer presa até o julgamento do caso.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.